Brasil

Larcamón precisa usar semana para definir Cruzeiro que lutará por título do Campeonato Mineiro

Sem compromissos no meio da semana, o treinador Nicolás Larcamón terá precioso tempo de trabalho após sequência pesada do Cruzeiro

O Cruzeiro se classificou antecipadamente para às semifinais do Campeonato Mineiro ao bater o Pouso Alegre por 2 a 0, nesse domingo (25), no Parque do Sabiá, em Uberlândia. A vitória, que teve gols de William e Dinenno, serviu também para colocar o time celeste na liderança geral do estadual que, se mantida, confere vantagens de jogar por dois empates ou derrota e vitória pelo mesmo saldo de gols, e a possibilidade de definir seus confrontos de mata-mata atuando em casa.

Restando apenas uma rodada da fase de grupos do estadual, o time celeste depende só de si para manter a liderança geral da competição e, por isso, só a vitória interessa contra o Uberlândia, adversário da oitava rodada, que vem até o Mineirão, no sábado (2), às 16h30 (horário de Brasília).

E mais que vencer sua partida, Nicolás Larcamón, treinador do Cruzeiro precisa aparar algumas arestas e definir qual será o time que entrará no mata-mata. Mesmo consolidando a melhor campanha do estadual, o time celeste terá três adversários fortes na disputa pelo título. Os rivais Atlético-MG e América-MG e, provavelmente, o Tombense. Nenhuma destas equipes irá perdoar eventuais descuidos.

Sendo assim, se torna primordial que Nico Larcamón utilize a semana cheia de treinamentos para acertar o time e definir qual será a equipe que irá buscar o título do Campeonato Mineiro, que não vem para a Raposa desde 2019 e seria uma grande injeção de ânimo e confiança no torcedor cruzeirense, ressabiado após a precoce e traumática eliminação na primeira fase da Copa do Brasil. Foram oito jogos oficiais na temporada, sete pelo estadual, e agora o período de testes precisa acabar. O Mineiro de 2024 tem um peso que há muito não tinha para o Cruzeiro.

Nico Larcamón não tem uma semana sem jogos desde a vitória no clássico contra o Atlético-MG. O Cruzeiro bateu o rival alvinegro no dia 3 de fevereiro e voltou a atuar somente no dia 9. Depois disso, houve uma maratona de jogos com partidas nos meios e fins de semana. Foram cinco partidas em 16 dias.

O que Nico Larcamón precisa definir no Cruzeiro?

O primeiro ponto a ser definido por Nicolás Larcamón é o esquema base do Cruzeiro. Ainda que exista a possibilidade de mudanças de acordo com o adversário, é preciso saber se a Raposa jogará com dois ou três zagueiros. E aí entram outros pontos que necessitam de fixação. Quem jogará ao lado de Zé Ivaldo? Será João Marcelo, que ganhou a titularidade no último jogo? Neris, que vinha atuando? O reforço Lucas Villalba? Isso depende muito da formação, mas hoje, apenas Zé pode ser considerado titular absoluto da equipe.

Se o esquema utilizado for com um trio na defesa, como atuarão os ótimos William e Marlon? E Álvaro Barreal, nova contratação, terá condições de jogo rapidamente?

E por falar em reforços, José Cifuentes será a dupla de Lucas Romero no meio de campo ou Lucas Silva, que não vive grande momento, continua? O garoto Japa, outro cotado, se lesionou, e terá que esperar para brigar por seu espaço. Também é preciso saber se “El Perro” pegará um gancho grande pela expulsão contra o América-MG. Tanto Cifuentes, quanto Villalba, não tiveram a oportunidade de realizar muitos treinos com o elenco principal da Raposa, envolvido em longas viagens nos últimos dias.

Na frente, antes que Barreal seja regularizado, uma posição parece em disputa. No último jogo, Rafael Elias Papagaio foi o companheiro do trio Matheus Pereira, Arthur Gomes e Juan Dinenno. Robert entrou no segundo tempo, pela esquerda, e foi bem. João Pedro foi afastado por indisciplina e perdeu espaço. Gabriel Veron não deve voltar a tempo.

É compreensível que ainda existam tantas dúvidas, por se tratar de um início de temporada, e pelo fato do Cruzeiro ainda estar trabalhando para fechar seu elenco. Mas mesmo que o Mineiro não seja a prioridade máxima da Raposa, a reta final da competição pode ditar como o time celeste chegará para o restante do ano. E mesmo que já classificado, a equipe de Larcamón precisa encarar a partida de sábado (2), contra o Uberlândia, como uma final. Vencer o Campeonato Mineiro não será fácil, mas a primeira colocação geral é um passo a mais rumo a este objetivo.

Foto de Maic Costa

Maic CostaSetorista

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo