Brasil

Dinenno e William se entendem e surgem como grandes armas do Cruzeiro

O lateral-direito William já acumula três assistências para gols de Juan Dinenno neste início de temporada do Cruzeiro

O Cruzeiro venceu o Pouso Alegre, nesse domingo (25), por 2 a 0, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. A partida foi disputada no Parque do Sabiá, em Uberlândia, e contou com a reedição de uma parceria que tem sido mortal em 2024: William e Dinenno. Assim como em outras duas ocasiões na temporada, o camisa 9 marcou após cruzamento do lateral-direito.

A primeira vez que a dobradinha William/Dinenno aconteceu foi na vitória por 3 a 0 sobre o Patrocinense. O camisa 12 aproveitou cobrança de escanteio ensaiada para, da intermediária, cruzar na cabeça do argentino, que especialista neste tipo de jogada, guardou.

Os dois voltaram a criar um gol na vitória por 3 a 1 sobre o Democrata de Governador Valadares. Apoiando pela direita, William voltou a fazer ótimo cruzamento, finalizado com maestria por Dinenno, que cabeceou no cantinho, fazendo a bola beijar a trave antes de balançar a rede da Pantera.

Por fim, o terceiro ato da dupla aconteceu na vitória sobre o Pouso Alegre, quando William foi lançado em profundidade após bela jogada de Matheus Pereira. O camisa 12 não cruzou tão alto, mas Dinenno se jogou na bola e mandou uma cabeçada que mais parecia um chute para definir o 2 a 0 no placar.

Características de Dinenno e William se completam

A chegada de Juan Dinenno ao Cruzeiro trouxe muito poder de fogo ao clube, mas também ajudou a potencializar alguns jogadores. O camisa 9 é aquilo que faltou ao time celeste em 2023, um atacante de área, finalizador, que cumpre com maestria o papel de um centroavante. Sendo assim, o argentino tem a capacidade de abrir espaços para seus companheiros e ser boa opção no momento do último passe.

Como William é um lateral-direito ofensivo, que gosta de aparecer no ataque tanto para dar a assistência, como para finalizar, ter um nome como Dinenno na área é um acréscimo e tanto. Primeiro, por ter alguém para aproveitar o cruzamento, com uma taxa de sucesso impressionante. Segundo, pela capacidade de segurar um ou dois defensores, o que dá mais opções para quem chega com a bola, que pode escolher entre diversos companheiros para passar a bola ou até mesmo para finalizar.

William também tem cruzado cada vez melhor e isso para Dinenno é algo muito valioso. O camisa 9, como dito anteriormente, é especialista no jogo aéreo e, dos quatro jogos marcados por ele na temporada, três foram de cabeça. São oito jogos na temporada, o que confere uma média de um gol a cada dois jogos para o argentino.

O senso de posicionamento de Dinenno na área impressiona. Seja como for o cruzamento, o jogador está onde a bola vai cair. Pode ser que ele não aproveite o lance, não consiga se desmarcar, mas ele estará lá. Um exemplo disso foi o primeiro gol da Raposa contra o Pouso Alegre, nesse domingo. Marlon cruzou da esquerda, buscando o atacante, após linda bola de Matheus Pereira. O 9 não aproveitou, por estar muito marcado, mas atrapalhou os zagueiros do Pousão, que cortaram mal, e a bola sobrou nos pés de William, e o lateral mandou um chutaço, desviado pela defesa, que morreu no fundo da rede do goleiro Thiago Braga.

Pode até haver questionamentos sobre a força dos adversários enfrentados até o momento, que apesar de válidos, precisam levar em consideração a postura desses times, que na maioria das vezes vão para as partidas focados em se defender. Contra adversários mais fortes, o nível dos marcadores sobe, mas a tendência é que novos espaços apareçam e, dado o senso de posicionamento de Dinenno, e a precisão dos cruzamentos de William, que essa parceria renda ainda mais frutos durante a temporada do Cruzeiro.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo