Copa do Brasil

Carrinho de Bustos no aquecimento tira Enner Valencia da estreia do Internacional na Copa do Brasil

Entrada de Bustos no aquecimento do Gre-Nal por pouco não tirou Enner Valencia do clássico, mas persistência das dores no tornozelo direito farão o equatoriano ser desfalque do Internacional na estreia na Copa do Brasil

O Internacional terá uma baixa importante para a estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (28), às 20h, contra o ASA, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, o Fumeirão, em Arapiraca/AL. Com dores no tornozelo direito, Enner Valencia ficou de fora da viagem para o nordeste brasileiro. O curioso é que a lesão do atacante equatoriano ocorreu após entrada perigosa de um companheiro, Bustos, no aquecimento do clássico Gre-Nal do último domingo (25), pelo Campeonato Gaúcho, que teve vitória colorada por 3 a 2.

Durante a atividade de manutenção da posse de bola no gramado do Beira-Rio, Bustos deu carrinho por cima em disputa com Valencia. Imediatamente, o atacante sentiu o tornozelo direito e ficou longo tempo agachado no gramado. Após conversa com o departamento médico, saiu mancando em direção ao vestiário. Alario e Lucca chegaram a intensificar o aquecimento. Mas, para alívio da torcida colorada, o camisa 13 teve o nome anunciado na escalação e foi para o jogo.

Logo com um minuto de jogo, Valencia deu amostra de estar recuperado ao receber no lado direito da grande área e finalizar a primeira bola a gol da partida. Ao longo do clássico, o atacante equatoriano brigou muito com Kannemann, com diversos lances de agarra-agarra e disputas intensas por espaço. O camisa 13 colorado deixou o campo aos 29 minutos do segundo tempo para a entrada de Bruno Gomes — Alario já havia ingressado no lugar de Bruno Henrique, em substituição que deixou o Inter mais ofensivo e levou a equipe ao segundo gol de empate.

— Por um momento senti que necessitávamos um pouco mais de perna, quando Enner pediu a troca, porque sentiu dor no tornozelo — revelou o técnico Eduardo Coudet após a partida.

Passada a adrenalina do Gre-Nal, Valencia não participou do treinamento no campo nas duas atividades subsequentes ao clássico. Ele permaneceu na parte interna do CT Parque Gigante realizando tratamento e mantendo a parte física. Por isso, ficou de fora da viagem para Alagoas, a qual o Inter iniciou na tarde desta terça-feira (27).

Em alta após gol no Gre-Nal, Alario deve ser o substituto de Valencia

Sem Valencia, a entrada de Alario na equipe soa natural. Em seu primeiro toque na bola ao entrar no Gre-Nal, após passe de Maurício, o centroavante argentino girou e chutou cruzado, no canto esquerdo baixo de Marchesín, para empatar o jogo. O camisa 31 parece cada vez mais ambientado e com ritmo de jogo depois de longo período sem atuar no Eintracht Frankfurt por conta de uma lesão no joelho.

A contratação de Alario, assim como a de Borré, que ainda não desembarcou em Porto Alegre, partiu justamente da ideia da direção colorada de oferecer a Coudet reposição de melhor qualidade a Valencia. Até porque o equatoriano pode ficar de fora de cerca de 10 jogos do Inter na metade do ano, devido à disputa da Copa América, que não paralisará as competições da CBF.

Além disso, o início de 2024 também tem sido marcado pelo crescimento de Lucca. O atacante de 20 anos, formado no Celeiro de Ases, ganhou moral depois dos dois gols marcados na vitória sobre o Caxias — um deles, de bicicleta. Dessa forma, Luiz Adriano, que era alternativa imediata a Valencia na temporada passada, foi para o final da fila.

Mudança forçada no ataque deve ser a única em relação ao Gre-Nal

Além de Valencia, o Inter seguirá sem poder contar com outros dois titulares na estreia da Copa do Brasil contra o ASA. O goleiro Rochet ainda se recupera de desconforto na região torácica, por conta da qual ainda não jogou em 2024, e o zagueiro Gabriel Mercado de dores no joelho esquerdo, que o tiraram do Gre-Nal.

Em comparação ao time que iniciou o clássico, Alario no lugar de Valencia deve ser a única mudança no time de Coudet. No 4-1-3-2, a provável escalação colorada para enfrentar o ASA tem Anthoni; Bustos, Vitão, Robert Renan e Renê; Aránguiz; Maurício, Bruno Henrique e Wanderson; Alan Patrick e Alario.

Valencia x Alario pelo Internacional em 2024

  • Jogos (como titular): 8 (7) x 9 (4)
  • Minutos em campo: 603 x 425
  • Gols: 3 x 2
  • Minutos para fazer gol: 201 x 212
  • Assistências: 2 x 0
  • Minutos para partipar de gol: 120 x 212

 

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo