Copa América 2024

Savinho se apresenta ao Brasil e mostra por que seu futuro é no Manchester City

Novidade na equipe de Dorival, Savinho marca e se destaca na goleada da Seleção sobre o Paraguai

Savinho foi a grande novidade de Dorival Júnior na escalação da seleção brasileira que goleou o Paraguai por 4 a 1 nesta sexta-feira (28), em Las Vegas, pela Copa América. O atacante ganhou a vaga de Raphinha na equipe titular. E usou cada um dos 71 minutos em campo para comprovar que merecia — e muito — a oportunidade.

Mais do que isso. Savinho não só marcou um dos gols da vitória maiúscula da Seleção, como se apresentou para o Brasil e mostrou por que seu futuro é no Manchester City.

— Ali, eu fiz o gol e nem estava acreditando. Fui comemorar bastante só depois mesmo. Sobre o VAR, estava confiante de que ia ser gol, porque não estava impedido.. Primeiramente, quero agradecer a Deus por ter me colocado nessa data tão importante na minha vida. Quero dedicar esse gol à minha família. Minha esposa, minha mãe. Creio que eles estão muito orgulhosos — Savinho

Prazer, Savinho!

A atuação diante do Paraguai serve como um cartão de visitas de Savinho aos torcedores brasileiros que não o acompanharam na ótima temporada pelo Girona. Revelado pelo Atlético-MG, o atacante mal teve tempo de atuar pelo clube e mostrar seu futebol no país.

Ele estreou aos 16 anos e somou apenas 35 jogos e 969 minutos com a camisa alvinegra — pouco mais de 10 partidas completas antes de ser vendido ao Grupo City em 2022.

Após entrar bem no empate frustrante em 0 a 0 com a Costa Rica na última segunda-feira (24), Savinho convenceu Dorival Júnior de que merecia uma chance contra o Paraguai. Em campo, só o que ele fez foi provar ao treinador que a escolha foi acertada.

O atacante teve uma atuação consistente. Foi sempre uma boa opção pela direita, ora em lances individuais, ora em triangulações com Rodrygo e Lucas Paquetá.

E ele deu uma característica diferente à posição. Enquanto Raphinha “verticaliza” muito o jogo e busca a linha de fundo, Savinho procurou também jogadas por dentro, na direção do gol.

Foi orientado a entrar na área e colheu os frutos de cumprir este papel. Estava atento ao lance e bem posicionado na pequena área para marcar o segundo gol do Brasil em rebote após finalização de Rodrygo. O pênalti convertido por Paquetá também saiu de uma finalização sua que bateu no braço do defensor.

— Savinho foi uma opção. Eu acho que todos estão muito bem preparados e eu tenho certeza que teremos ainda uma ou outra mexida sempre. Vou procurar tentar colocar todos em condições, jogando, dentro de uma necessidade e apresentando uma possibilidade. Porque são jogadores de alto nível e eles precisam estar sempre estimulados — explicou Dorival Júnior.

Savinho mostra por que encantou Guardiola

Destaque na surpreendente campanha do Girona em La Liga, Savinho pertence ao Grupo City e defenderá o Manchester City a partir da próxima temporada. Em campo pelo Brasil, ele deu mais uma prova de que está pronto para atuar sob o comando de Pep Guardiola.

A situação do Brasil no Grupo D

Com a vitória, o Brasil chega a quatro pontos e encaminha a classificação no Grupo D. Agora, a Seleção precisa vencer a Colômbia no confronto direto da última rodada para encerrar na liderança da chave. Os colombianos ocupam a primeira colocação com seis pontos e 100% de aproveitamento.

O próximo jogo da Seleção na Copa América

  • Brasil x Colômbia — terça-feira, 2 de julho, às 22h (horário de Brasília) — Santa Clara
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo