Copa América 2024

Por que o São Paulo foi o maior beneficiado no jogo entre Colômbia e Paraguai

Cafeteiros estreiam com o pé direito e prometem brigar pela liderança em grupo do Brasil na Copa América

Na noite desta segunda-feira (24), a Colômbia venceu o Paraguai por 2 a 1, em jogo válido pela 1ª rodada do Grupo D da Copa América.

James Rodríguez, com duas assistências, foi o grande nome da partida no NGR Stadium, Houston.

O meio-campista é o primeiro jogador colombiano com dois passes para gol em uma partida de Copa América desde 2007, quando David Ferreira conseguiu o feito contra a Argentina.

Escanteado no elenco do São Paulo, James quer usar a Copa América para mostrar que ainda pode fazer a diferença em campo.

E isso é tudo que a diretoria tricolor também deseja. Mas não para aproveitá-lo no plantel. Muito pelo contrário…

Quais os planos do São Paulo para James Rodríguez?

O contrato de James Rodríguez com o São Paulo vai até o meio de 2025. A expectativa da alta cúpula tricolor é que o camisa 10 da Colômbia tenha um bom desempenho na Copa América. Na visão dos dirigentes, só assim propostas pelo meia chegarão nesta janela.

Independente do desempenho do jogador nos Estados Unidos, ambos os lados não enxergam com bons olhos um retorno ao clube paulista após o término da competição de seleções.

Em virtude da idade avançada, 32 anos, a diretoria do São Paulo admite que dificilmente conseguirá ‘fazer caixa’ com James. Restarão 11 meses de contrato, e a tendência é que nenhum clube apresente uma boa oferta de compra.

Dito isso, a esperança tricolor consiste em torcer para que interessados apareçam e o colombiano aceite ser liberado. Em troca, o clube do MorumBIS seria agraciado com uma redução no valor da dívida que tem com o jogador — cerca de R$ 10 milhões.

Dentro desse contexto, um bom desempenho na Copa América com certeza ajudará o São Paulo a encontrar um novo destino para o meia. É por isso que o Tricolor comemora a vitória da Colômbia com show de seu principal jogador.

Contratado em julho de 2023, James tem apenas oito jogos disputados e um gol anotado na atual temporada pelo São Paulo. Ao todo, soma 22 partidas, dois tentos e quatro assistências com a camisa tricolor.

James Rodríguez em ação pelo São Paulo (Foto: Icon Sport)

Como foi o jogo entre Colômbia x Paraguai?

Desde o pontapé inicial, a Colômbia tentou fazer valer sua superioridade técnica. Com o luxuoso quarteto ofensivo Jhon Arias, James Rodríguez, Luis Díaz e Borré, os Cafeteiros ditaram o ritmo da partida e controlaram as ações.

O Paraguai, por sua vez, fez aquilo que já era esperado: impôs marcação agressiva, compactou suas linhas e jogou no erro dos colombianos.

Apesar do volume ofensivo, a Colômbia não conseguia furar o bloqueio defensivo dos paraguaios. Até que James Rodríguez decidiu agir. Aos 31′, o camisa 10 foi acionado por Arias no lado esquerdo e cruzou na cabeça de Muñoz, que testou consciente e venceu Morínigo.

Após início ruim, o Paraguai foi gostando da partida e incomodando os colombianos. Melhor jogador da Albirroja, Enciso esbanjou categoria e deu trabalho à defesa colombiana.

O gol de Muñoz, entretanto, freou a reação dos paraguaios, que claramente acusaram ao golpe. Melhor para James. Em cobrança de falta precisa, o meio-campista do São Paulo achou Lerma entre os defensores. O camisa 16 desviou no cantinho e matou Morínigo.

Jogadores colombianos celebram gol diante do Paraguai (Foto: Icon Sport)

Veio o 2º tempo, e o Paraguai esboçou uma reação. De primeira, Enciso completou cruzamento de Ramón Sosa e diminuiu o prejuízo. Mas foi só. A defesa colombiana segurou o ímpeto ofensivo do adversário e garantiu os três pontos.

Vitória merecida de uma seleção que promete dar trabalho nesta Copa América. No dia 2 de julho, às 22h (horário de Brasília), a Colômbia enfrenta o Brasil, no Levi’s Stadium, em Santa Clara.

Próximos jogos da Colômbia

  • Colômbia x Costa Rica – 28/06 – 19h
  • Brasil x Colômbia – 02/07 – 22h 

Próximos jogos do Paraguai

  • Paraguai x Brasil – 28/06 – 22h
  • Costa Rica x Paraguai – 02/07 – 22h
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo