Brasil

Mercado da bola: quem o Cruzeiro contratou?

Veja neste artigo quais jogadores o Cruzeiro já contratou

Neste artigo você vai ver quem o Cruzeiro contratou ou pretende contratar para a temporada 2024 do futebol brasileiro. Os reforços do Cruzeiro para 2024 visam a disputa do Campeonato Mineiro, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. O time celeste visa melhorar seu elenco para que tenha uma temporada mais tranquila e vitoriosa que a de 2023. Esse texto será sempre atualizado quando o Cruzeiro anunciar interesse ou contratação de algum atleta.

Quem o Cruzeiro contratou para 2024?

  • Zé Ivaldo (zagueiro) chega após deixar o Athletico-PR;
  • Nicolás Larcamón (treinador) chega após ser demitido do Léon (MEX);
  • Rafa Silva (atacante) chega após deixar o Jeonbuk (COR);
  • Léo Aragão (goleiro) chega após deixar o RB Bragantino;
  • Gabriel Veron (ponta) chega emprestado pelo Porto (POR);
  • Juan Dinenno (atacante) chega após deixar o Pumas (MEX);
  • Lucas Romero (volante) chega após deixar o León (MEX);
  • José Cifuentes (volante) chega após deixar o Rangers (ESC);
  • Lucas Villalba (zagueiro) chega após deixar o Argentinos Juniors (ARG).

Saiba mais sobre os reforços do Cruzeiro

Zé Ivaldo – O zagueiro Zé Ivaldo foi contratado ainda durante o Brasileirão 2023. O jogador de 26 anos chegou sem custos após seu vínculo com o Athletico-PR entrar nos seis meses finais e ele assinar um pré-contrato com o Cruzeiro. O Furacão liberou o atleta de forma antecipada e ele já vinha treinando na Toca da Raposa 2 nos últimos meses.

Nicolás Larcamón – O treinador argentino Nicolás Larcamón chega ao Cruzeiro depois ser demitido pelo León, do México, por causa da eliminação precoce no Mundial de Clubes. Antes disso, porém, o técnico de 39 anos conquistou a Copa dos Campeões da CONCACAF com seu ex-clube, que está longe de ser um dos mais fortes do campeonato.

Rafa Silva – O Cruzeiro anunciou o atacante Rafa Silva, de 31 anos, importante na campanha do título da Raposa na Série B de 2022. O jogador chega sem custos, após rescindir seu contrato com o Jeonbuk (COR), com contrato até o final de 2024. O ano de 2023 do atleta não foi dos melhores, com três gols e duas assistências em 25 jogos. A expectativa é que ele se recupere e volte a desempenhar o futebol de sua primeira passagem por Belo Horizonte.

Léo Aragão – O goleiro de 21 anos e 1,92m foi contratado para ser o reserva de Rafael Cabral, junto de Anderson, que já estava no clube. O jogador pertencia ao RB Bragantino, mas esteve no elenco do Ituano que disputou a Série B de 2023, não chegando a entrar em campo.

Gabriel Veron – O Cruzeiro anunciou a contratação do ponta Gabriel Veron, de 21 anos, que chega ao clube celeste emprestado pelo Porto, de Portugal, até o fim de 2024, com uma cláusula de opção de compra no valor de 10 milhões de euros (R$ 53,6 milhões na cotação atual). O garoto não obteve sucesso ao deixar o Palmeiras rumo ao futebol europeu, em 2022, e busca retomar sua carreira.

Juan Dinenno – Ídolo do Pumas, do México, o centroavante argentino Juan Dinenno, de 29 anos, chega ao Cruzeiro por cerca de 1 milhão de dólares (aproximadamente R$ 5,5 milhões na cotação atual). A expectativa é que o atacante, conhecido pelo faro de gols e poder de decisão, resolva o problema do ataque da Raposa, inoperante em 2023. Jogador assinou por três anos.

Lucas Romero – O volante argentino Lucas Romero, de 29 anos, chegou ao Cruzeiro sob muita festa da torcida, que tem no aguerrido jogador um ídolo que remete a grandes momentos da equipe celeste. Além de agregar na parte anímica, o atleta reforça uma posição carente e tem tudo para ser titular absoluto de Nicolás Larcamón, com que trabalhou no León, do México. Para contar com “El Perro”, a Raposa desembolsou, no total, cerca de R$ 5 milhões. Ele assinou contrato até o final de 2025.

José Cifuentes – Volante da Seleção Equatoriana, José Cifuentes, chegou ao Cruzeiro para subir o patamar do meio de campo da equipe. O jogador de 24 anos chegou à Toca da Raposa 2 emprestado pelo Rangers, da Escócia, até o final de 2024, com opção de compra. O atleta se destaca pela força física e pelas boas chegadas à área adversária.

Lucas Villalba – O Cruzeiro acertou a contratação do zagueiro argentino Lucas Villalba, de 29 anos, do Argentinos Juniors. Canhoto, o defensor de 1,77m chega por empréstimo até o final do ano com opção de compra. O  clube mineiro desembolsou R$ 2 milhões pela cessão e terá que pagar mais R$ 4 milhões se quiser ficar com o jogador, que se destaca pela raça e qualidade na saída de bola, em definitivo.

Os alvos do Cruzeiro no mercado da bola

  • Emmanuel Martínez (volante): O Cruzeiro fez propostas pelo volante argentino Emmanuel Martínez, de 29 anos, que disputou o Brasileirão pelo América-MG. As primeiras investidas celeste foram recusadas pelo Coelho, que entendeu que os valores oferecidos pela Raposa eram baixo. É uma negociação difícil e o clube alviverde faz jogo duríssimo.
  • Álvaro Barreal (ponta): O Cruzeiro se aproxima do ponta que também pode atuar como ala argentino Álvaro Barreal, do FC Cincinatti, dos Estados Unidos. O jovem de 23 anos chegaria por empréstimo com opção de compra.

Como foi a temporada do Cruzeiro em 2023?

O Cruzeiro teve um ano de 2023 muito difícil. Voltando da Série B após três anos, o time celeste chegou para a temporada atual sem expectativa de grandes conquistas, mas o sufoco foi maior do que os torcedores esperavam. A Raposa foi eliminada precocemente das competições de mata-mata — Campeonato Mineiro e Copa do Brasil — e lutou para não cair até o fim do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, o final da temporada foi alívio, com o clube mineiro se mantendo na Série A e garantindo uma vaga para a Copa Sul-Americana.

No Campeonato Mineiro, ainda comandado pelo uruguaio Paulo Pezzolano, o Cruzeiro fez campanha instável e quase não se classificou para a fase final. Chegando lá, foi eliminado pelo rival América-MG na semifinal, não conseguindo disputar a decisão da competição. Pezzolano deixou o cargo ao fim do torneio.

Na Copa do Brasil, já sob ordens do português Pepa, o Cruzeiro eliminou o Náutico na terceira fase — por ter sido campeão da Série B, o clube mineiro entrou na competição em um estágio mais avançado —, mas caiu para o Grêmio, nas oitavas de final, após empatar fora de casa e perder no Mineirão.

Depois um bom início no Brasileirão, com Pepa, o Cruzeiro viu seu rendimento cair até o treinador ser demitido, no final de agosto. Para seu lugar, Zé Ricardo foi contratado. O time não engrenou com o novo técnico e passou a ser fortemente ameaçado pelo rebaixamento. Muito próximo do Z4, a diretoria da SAF celeste, de propriedade do ex-jogador Ronaldo Nazário, o Fenômeno, decidiu trocar o comando novamente, no primeiro semestre de novembro.

Diretor técnico do clube, Paulo Autuori assumiu o cargo de treinador interino, juntamente com Fernando Seabra, comandante do time sub-20 do Cruzeiro. A dupla esteve à frente do time celeste por cinco jogos e terminou a série de forma invicta. Foram duas vitórias e três empates.

A Raposa conseguiu escapar do rebaixamento matematicamente na 37ª rodada, ao empatar com o Botafogo, fora de casa, e na 38ª, e última, se garantiu na Copa Sul-Americana, depois de empatar com o Palmeiras e finalizar o Brasileirão no 14º lugar. Dessa forma, em 2024, a equipe mineira irá voltar a uma competição internacional após quatro anos.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo