Brasileirão Série A

Por que Fluminense vê Marcão como substituto ideal de Fernando Diniz

Tricolor demitiu treinador campeão da Libertadores e seguirá com auxiliar permanente como técnico em 2024

O Fluminense demitiu Fernando Diniz após maus resultados em 2024, mas não contratará outro treinador. Conforme adiantado pela Trivela, Marcão será o comandante da equipe na sequência de 2024.

— Até hoje não pensamos em outro treinador, não conversamos com nenhum. A gente tem nossa filosofia de trabalho. A tendência é que o Marcão siga até o final da temporada — afirmou Mário Bittencourt, em coletiva.

A diretoria vê o auxiliar permanente como substituto ideal de Diniz. E a Trivela apurou os motivos pelos quais existe essa crença no CT Carlos Castilho.

Fluminense teme perder tempo com adaptação de novo técnico

Na lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas seis pontos em 11 jogos, o Fluminense não quer perder tempo. A diretoria teve que o período de adaptação de um novo técnico possa ser prejudicial.

A visão do departamento de futebol é que o Flu precisa somar ao menos mais 12 pontos no primeiro turno. Isso significaria um aproveitamento de 50% nas oito rodadas restantes. Marcão tem 53% em suas passagens.

— Em todas as vezes que a gente conversou ele falou: “Minha função é ajudar nos momentos de dificuldade” — disse Mário.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Marcão oliveira (@marcaom5)

Uma conta feita pela cúpula é que o período duraria ao menos cinco rodadas. O Tricolor, por outro lado, não pode arriscar 15 pontos em disputa nesse momento. Marcão, no clube desde 2019, já conhece bem o elenco e o estilo de jogo, e demandaria menos tempo.

— Não significa que vai dar certo sempre, mas a gente tem que minimizar as chances de dar errado. Marcão conhece os 35 jogadores. Se ele quiser jogar de outra forma, ele conhece as outras peças — opinou Mário.

Marcão tem ótima relação com elenco e diretoria do Fluminense

Carismático e querido por todos os funcionários, Marcão goza de ótima relação com os jogadores. E mais ainda com líderes do elenco. Fred e Paulo Angioni, além de Mário Bittencourt, são grandes amigos do ídolo tricolor.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Marcão oliveira (@marcaom5)

Marcelo, que foi seu companheiro como jogador, é muito amigo do auxiliar permanente, assim como Thiago Silva. Ganso, que está no clube desde 2019, é outro que possui relação bem próxima ao treinador, assim como o capitão Felipe Melo.

Marcelo e Marcão, que foram companheiros no início da carreira do lateral no Fluminense, são grandes amigos - Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC
Amigos, Marcelo e Marcão foram companheiros no início da carreira do lateral no Fluminense – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Jovens de Xerém como John Kennedy, Martinelli e Alexsander passaram pelas mãos de Marcão no sub-23 e em outros momentos. Além disso, os reforços contratados para esta temporada também estrearam com o auxiliar que agora será o treinador do Flu na sequência de 2024.

Nomes no mercado não agradam diretoria do Fluminense

A Trivela apurou que a diretoria do Fluminense nem sequer cogitou observar o mercado. Isso porque o clube vê uma ausência de nomes de qualidade para um projeto mais longo neste momento.

Fred, Angioni e Mário Bittencourt concordaram que Marcão é melhor opção para o Fluminense - Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C.
Fred, Angioni e Mário Bittencourt concordaram que Marcão é melhor opção para o Fluminense – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Já que corre contra o tempo no Brasileirão, o Flu preferiu a solução caseira. Essa é a praxe na gestão Mário Bittencourt. Dessa forma, a ideia é que Marcão fique até o fim de 2024, e só aí o Tricolor contrate um novo treinador.

— As coisas podem mudar, mas não é nossa intenção. O time vai voltar a vencer — declarou Mário.

Bons resultados de Marcão no Fluminense reforçam decisão

Na coletiva de imprensa que durou mais de duas horas, Mário Bittencourt também citou alguns números. Isso porque o bom aproveitamento de Marcão reforça a decisão tomada.

— O treinador que assumiu o time é da casa, permanente e que nos entregou em três anos a saída de rebaixamento e duas classificações para a Libertadores. Queria muito que vocês respeitassem. Ele é muito competente — afirmou Mário.

Marcão tem bom aproveitamento como técnico do Fluminense - Foto: LUCAS MERÇON /FLUMINENSE FC
Marcão tem bom aproveitamento como técnico do Fluminense – Foto: LUCAS MERÇON /FLUMINENSE FC

São 66 jogos de Marcão à frente do Fluminense, sendo 60 na gestão atual. Após seis partidas em 2016 na mesma função, o ex-volante voltou ao clube após a eleição de Mário.

Ao todo, foram 29 vitórias, 18 empates e 19 derrotas. O aproveitamento é de 53%, e se for mantido, suficiente para que o Flu tenha um fim de temporada tranquilo.

Marcão salvou o Fluminense do rebaixamento em 2019, substituindo Fernando Diniz. Nos dois anos seguintes, classificou o Tricolor para a Libertadores.

Como está o Fluminense em 2024

Próximos jogos do Fluminense

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Fluminense x Flamengo — Campeonato Brasileiro — domingo, 23 de junho — 16h (de Brasília);
  • Fluminense x Vitória — Campeonato Brasileiro — quinta, 27 de junho — 19h (de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio BloisSetorista

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo