Brasileirão Série A

Fluminense deixa escapar pontos no Brasileirão, mas desempenho é luz no fim do túnel

Desempenho melhora após passagem do Fluminense pelo Espírito Santo, mas pontos ficam pelo caminho no Brasileirão

O Fluminense mais uma vez saiu na frente do placar, mas não conseguiu segurar a vantagem no Campeonato Brasileiro. O empate por 2 a 2 com o Atlético Mineiro no sábado, em Cariacica, teve gosto de derrota, mas o desempenho, que melhorou, pode ser a luz no fim do túnel que o Tricolor precisava.

Foi a quarta vez em cinco rodadas que o Flu abriu o placar — apenas na derrota para o Corinthians, por 3 a 0, que a equipe não esteve à frente do marcador — mas conquistou apenas uma vitória, no clássico contra o Vasco. Manter-se em vantagem nas partidas costumava ser um ponto forte do time de Fernando Diniz nos últimos anos, mas não tem sido assim no Brasileirão em 2024.

O Tricolor tinha a faca e o queijo na mão para conquistar pontos contra Red Bull Bragantino, Bahia e Atlético Mineiro, mas acabou cedendo gols na defesa. A passagem pelo Espírito Santo, pelo menos, serviu para a equipe mostrar uma evolução no seu desempenho. O Fluminense não foi brilhante, mas fez bons jogos na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro.

 — Hoje a gente perdeu dois pontos, e não ganhou um — resumiu Fernando Diniz.

Fluminense melhora e recupera peças importantes

A recuperação de peças importantes para o elenco foi outro ponto importante dos últimos jogos. Reforços mais badalados para a temporada, Renato Augusto e Douglas Costa tiveram saldo positivo. O meia marcou seu primeiro gol pelo Fluminense contra o Atlético-MG, e o ponta fez duas boas partidas em boa dupla com Marquinhos pela direita.

O jovem de 20 anos começa escalado como lateral-direito, mas, na prática, funciona como mais um ponta.

As primeiras tentativas de atuar com os dois atacantes pela direita precisou de ajustes. Isso porque o corredor não era tão aproveitado em profundidade já que ambos são canhotos. Nos jogos no Espírito Santo, entretanto, a dobradinha funcionou. A opção ganha força com os desfalques de Samuel Xavier e Keno, ainda lesionados.

Alexsander é outra boa notícia para o Fluminense. O jovem de 20 anos não fazia boa temporada e ainda foi afastado por indisciplina nas últimas semanas. Reintegrado, entrou no segundo tempo nos dois jogos em Cariacica e foi bem. O volante deu assistência para Renato Augusto contra o Atlético Mineiro.

Fluminense terá decisões em maio

O próximo jogo do Fluminense é contra o Colo-Colo, na quinta (9), às 21h, em Santiago, no Chile. Líder do grupo A da Libertadores com cinco pontos, o Tricolor volta ao Maracanã para as duas últimas rodadas da fase de grupos contra Cerro Porteño (16/05) e Alianza Lima (29/05).

Entre os jogos pela competição internacional, decide a terceira fase da Copa do Brasil contra o Sampaio Corrêa, no Maracanã. O Flu tem a vantagem de 2 a 0 construída no jogo de ida no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, onde o mando era dos maranhenses.

Próximos jogos do Fluminense

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Colo-Colo x Fluminense — Libertadores — quinta-feira, 9 de maio — 21h (horário de Brasília);
  • São Paulo x Fluminense — Campeonato Brasileiro — segunda-feira, 13 de maio — 19h (horário de Brasília);
  • Fluminense x Cerro Porteño — Libertadores — quinta-feira, 16 de maio — 19h (horário de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo