Copa América

Ainda sem empolgar, Argentina contou com gol de Papu Gómez para vencer o Paraguai por 1 a 0

A equipe de Lionel Messi lidera o Grupo A da Copa América com sete pontos em três rodadas

A Argentina adotou uma estratégia clara para disputar a fase de grupos da Copa América: começar em um ritmo mais forte, fazer o primeiro gol, recuar e esperar o tempo passar. Tem dado certo, embora empolgue muito pouco. Nesta segunda-feira, com Papu Gómez colocando seu nome no placar, a vitória por 1 a 0 mantém a equipe na liderança do seu grupo com sete pontos em três rodadas. O Paraguai, que venceu a Bolívia na estreia, tem três pontos em dois jogos.

Argentina diferente

Lionel Scaloni manteve Cristian Romero entre os titulares da zaga, com Germán Pezzella ao seu lado – nas rodadas anteriores, jogaram Nicolás Otamendi e Lucas Martínez Quarta. Tagliafico retornou à lateral esquerda e Nahuel Molina permaneceu na direita. A formação de meio-campo foi inédita também, com Guido Rodríguez e Leandro Paredes dando sustentação a um quarteto mais ofensivo, com Papu Gómez, Lionel Messi, Di María e Sergio Agüero. Eduardo Berizzo fez apenas uma troca em relação ao time que estreou contra a Bolívia. Andrés Cubas entrou no meio-campo na vaga de Mathias Vilasanti.

Papu Gómez abre o placar

Em seu sexto jogo pela Argentina, o terceiro como titular, Papu Gómez marcou seu segundo gol logo aos 10 minutos. Da direita para o meio, Di María fez boa jogada e soltou o passe na medida para deixar o meia-atacante do Sevilla na cara do goleiro Antony Silva. Bastou um toquinho com classe para abrir o placar. O outro tento de Gómez pela seleção havia sido em sua estreia, em junho de 2017, contra Cingapura, em amistoso.

O Paraguai teve mais a posse de bola no primeiro tempo, mas sofreu para criar chances claras de gol. A Argentina não ameaçou muito também, apenas em algumas cobranças de falta, mas quase matou o jogo no último instante da etapa inicial. Di María fez outra jogada da direita para o meio e exigiu boa defesa de Antony Silva. No rebote, cruzamento de Papu Gómez da esquerda, Messi não alcançou na primeira trave e Júnior Alonso mandou contra o próprio patrimônio. No entanto, após longa revisão do assistente de vídeo, o gol foi anulado por impedimento.

Travou

O Paraguai teve ainda mais posse de bola no segundo tempo e também não conseguiu criar muita coisa. A partida ficou pior porque, no outro lado, a Argentina sequer de uma finalização a gol até os 37 minutos – facilmente defendida por Antony Silva. Scaloni até se esforçou para tentar recuperar o meio-campo ao colocar Rodrigo de Paul na vaga de Papu Gómez, voltando às formações anteriores, mas não deu resultado. O Paraguai seguiu se esforçando até o fim. Faltou qualidade para construir e para concretizar as jogadas. E a Argentina segurou a vitória.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo