Brasil

Do sorriso de Dorival a James, São Paulo tem primeiro dia de trabalhos “normal” e se blinda contra crises

Na mira da CBF para a Seleção, Dorival Júnior comanda normalmente a pré-temporada do São Paulo

O primeiro dia de pré-temporada costuma ser apenas de avaliações médicas e físicas e de trabalhos ainda leves em campo. Tudo dentro de uma normalidade que é uma excelente notícia para o São Paulo deste sábado (6) que marcou a apresentação dos jogadores para iniciar oficialmente 2024. Pois o clube deu a largada à temporada com um sorridente Dorival Júnior e um simpático James Rodríguez como sinais para aplacar possíveis crises em seu horizonte.

Especialmente no que diz respeito ao treinador. Na mira do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, para assumir o comando da Seleção após a demissão de Fernando Diniz, o técnico trabalha normalmente para conduzir o dia a dia de trabalhos do clube na pré-temporada. Isso, mesmo que ele tenha uma reunião prevista para a segunda-feira (8) justamente para tratar da seleção brasileira.

O sorridente Dorival Júnior ainda não tem qualquer negociação em andamento com a CBF. O técnico, inclusive, garantiu isso à diretoria – algo que traz tranquilidade para os primeiros dias de trabalho. Ao mesmo tempo, a apreensão também paira sobre o ambiente, porque o treinador nunca escondeu que o seu sonho é treinar a Seleção. Mas esse sonho pode não virar realidade mesmo em caso de proposta de Ednaldo. A instabilidade política da CBF e a maneira com que a saída de Fernando Diniz foi conduzida causam preocupação e insegurança ao comandante.

O nome de Dorival Júnior é o único em pauta na CBF neste momento. Ednaldo já fez um contato inicial com o presidente do São Paulo, Julio Casares, para manifestar seu interesse na contratação do treinador para o cargo de técnico da Seleção. Ouviu que o clube pretende manter o treinador e que a multa rescisória é de três salários, pouco mais de R$ 2 milhões.

São Paulo ainda se preocupa com interesse da CBF

Apesar de uma rotina de aparente normalidade, a procura da CBF por Dorival preocupa (e muito) o São Paulo. Isso, porque o treinador é considerado essencial para o planejamento do clube em 2024. Muitas das expectativas do Tricolor para a temporada em que volta a disputar a Libertadores estão depositadas na permanência do técnico, que tem contrato com o clube até o final do ano.

Não é exagero dizer que o planejamento do São Paulo para esta temporada é todo desenhado ao redor de Dorival. O treinador participa de todas as tomadas de decisões. Desde as contratações dos três reforços para 2024 – Erick, Luiz Gustavo e Bobadilla – até as muitas saídas do elenco. O Tricolor já liberou 11 atletas e prepara ainda mais despedidas, todas com aval do treinador.

Além disso, muito da tranquilidade do clube para buscar apenas reforços pontuais em 2024 está depositado na permanência do treinador por tudo o que ele fez em 2023. O clube entende que inicia a temporada com um time titular pronto – salvo as saídas de Beraldo e Caio Paulista – e com um padrão de jogo bem definido para dar sequência ao sucesso do ano passado.

A relação do técnico com jogadores, diretoria e demais funcionários do CT da Barra Funda também pesa muito. Dorival chegou para mudar o ambiente de trabalhos do clube. O técnico se apega muito e cuida bastante do lado humano. Esta mudança foi essencial para remobilizar um elenco desacreditado e transformá-lo em um elenco campeão em 2024. Por tudo isso, o São Paulo não medirá esforços para garantir a permanência de Dorival ao menos até o fim do contrato.

James também é boa notícia

Um simpático James Rodríguez também foi boa notícia da apresentação do elenco para iniciar a pré-temporada. O colombiano chegou a dar um tom de incerteza sobre seu futuro durante uma entrevista concedida ao portal ge em dezembro passado. A declaração em bom português foi suficiente para municiar um sentimento de dúvida sobre a a sua permanência no São Paulo para 2024.

Mas nos bastidores do São Paulo esse sentimento de incerteza nunca existiu. Conforme apurado pela Trivela, o São Paulo sempre tratou como certa a permanência de James e sequer cogitou algo diferente disso. Até porque o meia tem contrato com o Tricolor até o final da temporada, e o clube confia (e muito) que o colombiano dará a resposta esperada a partir da próxima temporada, já adaptado ao Brasil.

São Paulo inicia ano com três reforços e à espera de Ferreira

O São Paulo iniciou o ano com três reforços anunciados para a próxima temporada. E todos eles estavam no CT da Barra Funda neste sábado para abrir os trabalhos da pré-temporada. A última contratação oficializada foi a do volante Damián Bobadilla. O paraguaio do Cerro Porteño assinou contrato com o clube por quatro temporadas e desembarcou em São Paulo na última semana para já se apresentar aos trabalhos.

Antes disso, o Tricolor havia oficializado as contratações do volante Luiz Gustavo e de Erick. O atacante que estava no Ceará já havia assinado um pré-contrato para atuar no Morumbi na metade do ano. O vínculo vai até o fim de 2027.

O quarto reforço do clube deve ser anunciado nos próximos dias. O São Paulo venceu a concorrência do Bahia e chegou a um acordo com Ferreira. O clube pagará 1,5 milhão de euros (R$ 8 milhões) ao Grêmio por 35% dos direitos do jogador.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo