Brasil

Diego Costa tem lesão confirmada e pode desfalcar Grêmio nas oitavas da Libertadores

Com lesão muscular de grau 3 no muscular adutor da coxa esquerda, centroavante precisa de recuperação similar a de Soteldo para encarar o Flu na competição continental

O empate em 1 a 1 com o Estudiantes, no último sábado (8), no encerramento da fase de grupos da Libertadores, trouxe uma baixa significativa para o Grêmio. Aos sete minutos do segundo tempo, Diego Costa caiu no gramado do Couto Pereira, em Curitiba, e precisou ser substituído por João Pedro Galvão.

Após realização de exames de imagem, na manhã desta terça-feira (11) o Grêmio informou que Diego Costa teve constatada lesão de grau três no músculo adutor longo da coxa esquerda. Curiosamente, é o mesmo problema que Soteldo teve no início do ano, mas na perna direita.

Grêmio precisa que recuperação de Diego Costa seja tão rápida quanto a de Soteldo

O atacante venezuelano se machucou na vitória por 1 a 0 sobre o Juventude, no dia 31 de janeiro, pelo Campeonato Gaúcho. Ele voltou a atuar no jogo de volta da semifinal do estadual, na vitória por 3 a 2 sobre o Caxias, em 26 de março — 55 dias depois.

Soteldo sofreu a mesma lesão de Diego Costa, mas na perna direita, no final de janeiro. Foto: Maxi Franzoi/IconSport

A recuperação de Soteldo foi consideravelmente mais rápida do que o previsto para esse tipo de lesão. Por exemplo, no ano passado, Ferreira, hoje no São Paulo, teve problema idêntico e levou 98 dias para voltar a jogar pelo Grêmio.

O Tricolor Gaúcho precisa que a recuperação de Diego Costa seja bem mais próxima da de Soteldo do que da de Ferreira. Afinal, os jogos das oitavas de final da Libertadores, em que o Grêmio enfrenta o Fluminense, estão previstos para acontecer nas semanas dos dias 14 e 21 de agosto — daqui a pouco mais de dois meses.

Fundamental para o Grêmio, Diego Costa não tem substituto à altura

A eventual ausência de Diego Costa nos confrontos com o Tricolor Carioca, para além de partidas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, seria muito sentida pelo Tricolor Gaúcho. Com sete gols e três assistências em 13 jogos pelo Grêmio até aqui, o centroavante de 35 anos foi decisivo para o heptacampeonato gaúcho e para a classificação às oitavas de final da Libertadores.

Mais do que isso, Diego não conta com substituto à altura no elenco gremista. Com André Henrique lesionado, atualmente o contestado João Pedro Galvão é a única alternativa à disposição de Renato para a posição.

Por conta disso, o Grêmio poderá ir ao mercado na janela de transferências do meio do ano para contratar um centroavante. Nos últimos dias, o nome do gaúcho Pedro Raul, sem espaço no Corinthians, foi especulado.

Diego Costa pelo Grêmio

  • 13 jogos (13 como titular)
  • 978 minutos
  • 7 gols
  • 139 minutos p/fazer gol
  • 3 assistências
  • 326 p/dar assistência
  • 97 minutos p/participar de gol
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo