Brasil

Thiago Carpini estreia pelo São Paulo com Luciano de 10 e à espera de James e outros desfalques

Carpini faz sua primeira partida no comando do São Paulo neste sábado (20) contra o Santo André, na primeira rodada do Campeonato Paulista

Thiago Carpini deixará o vestiário do mandante do MorumBIS para ocupar pela primeira vez a área técnica do São Paulo diante de pelo menos 35 mil almas nas arquibancadas. O técnico faz sua estreia pelo clube neste sábado (20), às 18h (horário de Brasília), contra o Santo André, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. À beira do campo, o treinador começa a colocar em prática as suas ideias para o Tricolor com muito do legado deixado por Dorival Júnior ainda presente.

Ao menos, é o que Carpini indicou no treino que comandou ali mesmo no MorumBIS na última sexta-feira (19), véspera da estreia. O treinador esboçou a sua escalação titular com muitas semelhanças em relação ao que o seu antecessor costumava fazer. Ele armou o time no mesmo 4-2-3-1, com Pablo Maia e Alisson como volantes, Lucas Moura e Wellington Rato abertos e Luciano como um meia/segundo atacante para atuar próximo a Calleri.

O esquema é o mesmo, com algumas mudanças importantes. Especialmente, com Lucas atuando aberto, mesmo diante da preferência de desempenhar uma função mais centralizada. Mas é justamente o posicionamento de Luciano no lugar que costuma atuar que mais chama atenção… Por uma ausência.

James Rodríguez está fora da estreia neste sábado. O meia realizou um trabalho à parte nesta sexta-feira e sequer foi para o MorumBIS com os demais jogadores. Ele não tem lesão, mas trabalha com uma carga específica nesta reta final da pré-temporada. A equipe armada no 4-2-3-1 parece estar apenas esperando o seu retorno para atuar na vaga de Luciano. É ali que ele pode se encaixar, com aproximação dos companheiros e um time que jogue ao seu redor e se beneficie da qualidade de seu passe e das finalizações.

Esse pode ser o São Paulo do futuro sob Thiago Carpini. O do presente ainda terá Luciano. O técnico pretende construir um time que construa o jogo por baixo e tenha muita intensidade na marcação. Os pontas Lucas Moura e Wellington Rato devem dar amplitude ao time, com Welington e Igor Vinicius construindo o jogo por dentro.

– Eu gosto de um jogo mais impositivo. Identifico minhas equipes com um jogo de posse. Eu não gosto de bola longa. Não que não possa bater um tiro de meta. Mas se você gosta de ter controle, a bola não é nem sua, nem do adversário no tiro de meta. E da mesma forma o inverso. Eu não abro mão da competitividade. Eu cobro muito esse encaixe alto na marcação para que a bola chegue mais disputada para a nossa última linha, a compactação. Quero um time que não abra mão de ter a bola, mas com objetividade – afirma Carpini.

James Rodríguez deve desfalcar São Paulo na estreia (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

James é apenas um de muitos desfalques

Além de James, Carpini deve ter ainda mais desfalques. Os laterais Rafinha e Moreira e o meia Michel Araujo e também não se apresentaram com os demais companheiros no MorumBIS. Eles foram direto para o CT e cumpriram um cronograma específico e de controle de carga. Quem também deve ser desfalque é Arboleda. O zagueiro até foi ao estádio com o restante do elenco, mas para realizar um trabalho à parte com a preparação física. Ele é outro jogador que tem cumprido uma rotina específica de controle de carga física neste início de ano.

Escalação provável do São Paulo para a estreia:

Rafael; Igor Vinicius, Diego Costa, Alan Franco e Welington; Pablo Maia e Alisson; Wellington Rato, Luciano e Lucas; Calleri.

Igor Vinicius e Galoppo também são atrações

Provável titular, Igor Vinicius deve viver um momento especial neste sábado. O lateral-direito deve voltar aos gramados um ano depois de sua última partida como profissional. Foi em 19 de janeiro de 2023, na vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre a Ferroviária, partida em que ele inclusive deu uma assistência.

Desde então, o lateral vive uma dramática recuperação de uma lesão no púbis que teimou a persegui-lo ao longo de praticamente toda a temporada passada. A expectativa era de que ele fosse titular absoluto da equipe após um 2022 em que foi destaque do São Paulo. Mas ainda naquele ano, as dores decorrentes da pubalgia já o incomodavam. Ele passou por duas cirurgias ao longo do ano passado e só foi liberado para atuar, de fato, em 2024.

Galoppo, por sua vez, será alternativa no banco de reservas. O argentino rompeu os ligamentos do joelho esquerdo em março de 2023, ainda pelo Paulistão, na eliminação do São Paulo para o Água Santa (comandado por Carpini), nas quartas de final. Ele passou por cirurgia para reconstrução ligamentar ainda em março, no dia 20, na Argentina. Desde então, ele retornou ao Brasil e passou a fazer tratamento fisioterápico no CT da Barra Funda.

O meia ainda teve de passar por uma nova cirurgia, mais simples, em maio, em seu país natal. Galoppo foi submetido a uma artroscopia para retirada de uma fibrose no joelho esquerdo. O procedimento serviu apenas para fazer uma “limpeza” no local. O argentino tem status de reforço para o São Paulo nesta temporada por tudo o que ele fez em campo antes da lesão. O meia era o artilheiro da equipe em 2023, com oito gols marcados em 11 jogos, além de contribuir também com duas assistências.

Regularizados, reforços serão banco na estreia

O São Paulo garantiu a presença de todas as suas novidades em campo para a estreia. Todos os quatro reforços anunciados pelo clube e o técnico Thiago Carpini tiveram seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e estão regularizados para a partida. Os atacantes FerreiraErick e os volantes Damián Bobadilla e Luiz Gustavo têm condições de jogo e ficam à disposição do treinador. Mas todos eles começam no banco de reservas. A tendência é de que eles entrem no decorrer da partida para fazer suas estreias pelo Tricolor.

Estreia do novo uniforme

Além de Carpini e dos reforços, o São Paulo também estreará os novos uniformes da New Balance para esta temporada contra o Santo André. As camisas foram lançadas em evento na última quinta-feira (18). O clube já vendeu 35 mil ingressos para o jogo deste sábado.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo