Brasileirão Série A

Após Data Fifa, São Paulo quer ver James na versão Colômbia para enfim deslanchar

James brilha pela Colômbia contra o Uruguai, e agora São Paulo quer ver o mesmo com a camisa do clube

James Rodríguez domina com estilo, bate com mais estilo ainda e faz um golaço pela Colômbia em duelo com o Uruguai. Em seguida, ele corre desenfreado para comemorar com o dedo indicador da mão direita em riste. Foi assim na Copa do Mundo de 2014, em um gol de Prêmio Puskàs no Maracanã. Foi assim na última Data Fifa. E é assim que o São Paulo quer ver o meia a partir de agora com a camisa do clube.

O colombiano retorna ao Tricolor em alta após defender a sua seleção em dois compromissos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Foi titular e teve bom desempenho nos dois jogos. Especialmente diante da Celeste, com direito ao belo gol que abriu o placar no empate em 2 a 2 em Barranquilha. Contra o Equador, também um empate, mas em 0 a 0.

James deve ser titular de Dorival Júnior no duelo com o Grêmio neste domingo (21), às 18h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pela 28ª rodada do Brasileirão. Ele entrará em campo cercado de expectativa. Os são-paulinos querem ver o James “versão Colômbia” também vestindo as cores do Tricolor.

James foi tão bem contra o Uruguai, que chegou a surpreender o técnico Marcelo Bielsa. O argentino que hoje comanda a Celeste encheu o camisa 10 de elogios. E disse que não esperava que ele estivesse em tão boa forma física para liderar a seleção colombiana como aconteceu em Barranquilha.

– Sinceramente, eu acreditava que sua forma física atual, considerando que não joga regularmente no São Paulo, não era a que ele mostrou na partida. Ele se destacou, o que não é uma surpresa pela sua hierarquia como atleta. Mas surpreende por estar retomando a possibilidade de jogar com regularidade, e isso é indispensável para adquirir uma melhor forma para mostrar suas virtudes – afirmou o treinador, na entrevista coletiva após a partida.

Data Fifa reverte expectativas

James volta ao São Paulo em alta, mas o curioso é que Dorival Júnior previa um efeito contrário para o meia com a Data Fifa. O treinador disse ainda antes da pausa no calendário que as convocações, apesar de merecidas, também tinham o efeito colateral de atrapalhar a evolução do jogador para chegar aos níveis físicos e de intensidade ideais.

Como o colombiano viaja para se apresentar a sua seleção, ele perde dias de treino e retorna com carga de atividades mais baixas. Foi assim nesta semana. James participou apenas da atividade desta sexta-feira (20), enquanto fez trabalhos regenerativos no dia anterior. Isso atrasa tanto a sua melhora física quanto o entrosamento com os companheiros.

– Eu acho que temos algumas possibilidades, treinarmos nessa semana e semana que vem mais 10 dias. Isso vai ser muito importante. O duro é que perdemos alguns jogadores. O James, por exemplo, chegou, pouco treinou com a gente, e nos momentos em que poderíamos acelerar o processo, ele sai. É natural. É meritocracia. Mas seria importante ele estar com a gente, porque quando volta não tem a mesma carga. É o que estamos lutando. Estamos trabalhando com isso – disse Dorival.

James pelo São Paulo
  • 9 jogos
  • 1 gol
  • 1 assistência
  • 446 minutos em campo

Por que James ainda não deslanchou?

Até agora, James foi opção de Dorival Júnior no banco de reservas para os jogos mais importantes da temporada, a ponto de ser campeão da Copa do Brasil sem sequer entrar em campo. O motivo para isso é que a comissão técnica ainda entende que o colombiano precisa evoluir para brigar por titularidade. Mas a tendência é de que esse quadro mude, com mais chances para o jogador até o final do ano.

Das decisões que o São Paulo teve no ano, James só entrou em campo no duelo com a LDU, pelas quartas de final da Sul-Americana. Na ocasião, o São Paulo precisava se lançar ao ataque para buscar ao menos um gol. O meia deu a assistência para Arboleda marcar o gol que levou a decisão para os pênaltis, mas desperdiçou a cobrança que resultou na eliminação da equipe.

– Acho que estou me preparando bem, pronto para ajudar o time, ajudar os companheiros. Acho que já estou com uma idade, para fazer 33 anos, e preciso ajudar meus companheiros dentro e fora do campo. Estou preparado psicologicamente para fazer tudo isso – disse o jogador na festa do título da Copa do Brasil.

O meia chegou ao clube em agosto, vindo de um longo período de quatro meses sem atuar, desde que rescindiu com o Olympiacos, da Grécia, em abril. A avaliação da comissão técnica à época era de que o atleta estava em níveis físicos e de intensidade bem abaixo do ideal. Algo encarado com total naturalidade, justamente por conta do tempo sem jogar.

Desde então, Dorival e os demais profissionais do departamento de futebol prepararam um cronograma especial para “acelerar” o processo de recondicionamento para que o meia chegasse o quanto antes aos parâmetros ideais. Uma das estratégias para isso foi dar minutos em campo nas partidas pelo Brasileirão, para que o meia adquirisse ritmo de jogo.

Com James como provável titular, o São Paulo enfrenta o Grêmio neste sábado (21), às 18h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pela 28ª rodada do Brasileirão. O Tricolor paulista é 11º colocado, com 35 pontos. Tem cinco pontos de vantagem para o primeiro integrante do Z4, o Santos.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo