Brasileirão Série A

Fim do sufoco: duelo contra o Coritiba é o ponto final de uma temporada desastrosa do Corinthians

Nos últimos quatro jogos fora de casa o Corinthians somou nove pontos, que foram essenciais pata a sobrevivência na Série A

A partida desta quarta-feira (06), entre Corinthians e Coritiba, é a última do Campeonato Brasileiro e um alívio para o torcedor corintiano que teve a sensação que a temporada de 2023 nunca chegaria ao fim.

Sem correr riscos de rebaixamento, na 13ª colocação, e somando 47 pontos, o Timão entrará em campo apenas para cumprir a tabela da competição, isso porque mesmo com a derrota para o Internacional, a equipe comandada por Mano Menezes conseguiu sobreviver a pressão do rebaixamento e ainda garantiu uma vaga na Copa Sul-Americana.

Corinthians se deu bem nos últimos jogos fora de casa e vitórias foram essências para sobrevivência a Série A

Se antes o Corinthians era uma grande potência dentro dos seus domínios, nesta temporada, o grande trunfo não funcionou tão bem. Como mandante, o Timão conquistou 28 pontos, com seis vitórias, três empates e 10 empates, já fora de casa, somou 19 pontos, cinco vitórias, quatro empates e nove derrotas.

Nos últimos quatro jogos em Itaquera, o Corinthians perdeu para o Internacional por 2 a 1, foi humilhado pelo Bahia por 5 a 1 e empatou com Atlético-MG por 1 a 1. Longe do seu estádio, o aproveitamento foi melhor, com três conquistas, diante do Vasco por 4 a 2, Grêmio por 1 a 0 e Cuiabá, pelo mesmo placar. A última derrota foi para o Bragantino, ainda no início de novembro. 

As vitórias fora de casa foram essenciais na soma dos pontos – nove, ao todo – que o time precisava para se manter longe do rebaixamento. Por coincidência, dos seis gols marcados nessas partidas, quatro deles foram do Ángel Romero, responsável por 70% do aproveitamento da equipe nas últimas rodadas. Não fossem os resultados como visitante, a realidade seria outra neste jogo no Couto Pereira.

Retrospecto favorece o Corinthians, mas no primeiro turno, Coritiba criou dificuldades

Já com o rebaixamento confirmado, o Coxa vai para o confronto tentando fechar o Campeonato Brasileiro sem marca de pior campanha da história do clube na competição. Ao longo dos anos, as duas equipes se enfrentaram 51 vezes. São 25 vitórias para o Corinthians, 14 para o Coritiba e 12 empates, apesar disso, a equipe paranaense não vence os paulistas há 12 anos, desde 2011, quando triunfou por 1 a 0.

O último jogo entre foi pelo primeiro turno do Brasileirão, em setembro, o Timão venceu de virada por 3 a 1. Apesar do placar, o Coritiba conseguiu impor dificuldades para o Corinthians, principalmente no primeiro tempo, quando saiu ganhando. Depois do intervalo, o Coxa não manteve o mesmo ritmo e deixou a equipe alvinegra crescer e buscar o empate com gols do Gil, Yuri Alberto e Wesley.

Medalhões não viajaram, alguns deles, em fim de contrato

A delegação do Corinthians viajou na manhã de terça-feira (05) para Curitiba, e no desembarque do elenco, foi confirmada a ausência de quatro jogadores, além dos lesionados e suspensos: Cássio, Giuliano, Maycon e Renato Augusto, segundo informado pelo clube, por opção do treinador Mano Menezes.

Com exceção de Cássio, os outros três estão às vésperas de encerrar o contrato com o Corinthians, e por enquanto apenas Maycon foi procurado para iniciar conversas de uma possível renovação. Além deles, Gil, Bruno Mendez, Cantillo e Ruan Oliveria também tem vinculo somente até 31 de dezembro e ainda não tiveram nenhuma sinalização da diretoria alvinegra.

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância, paixão que se tornou profissão. Além do futebol me mantenho por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhei como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo