Brasileirão Série A

Bastidores: Diniz se emociona em reunião com o Fluminense e despedida no CT

Demitido, treinador não contém as lágrimas em reunião, relembra bons momentos e se despede de jogadores e funcionários no CT

O Fluminense demitiu Fernando Diniz após a sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro. Mas como em toda história de amor, o fim foi de muita emoção. Na reunião que selou sua saída do clube, o técnico não conteve as lágrimas.

A Trivela apurou bastidores da conversa do treinador com o presidente Mário Bittencourt e os diretores Fred e Paulo Angioni.

O encontro durou algumas horas na manhã desta segunda (24). A conversa foi em tom franco e começou direta: Mário informou que precisaria fazer uma mudança no comando da equipe.

Como foi a conversa entre Diniz e o Fluminense

Diniz foi contactado pela direção do Fluminense bem cedo. O presidente Mário Bittencourt conhece os hábitos do treinador, entre eles, o de dormir poucas horas após os jogos. Os dois marcaram um encontro junto de Fred e Angioni, que também o contactaria.

Últimos dias de Fernando Diniz no Fluminense não condizem com passagem marcante pelo clube - Foto: Icon sport
Últimos dias de Fernando Diniz no Fluminense não condizem com passagem marcante pelo clube – Foto: Icon sport

Fernando Diniz goza de excelente relação com a diretoria. Os embates em reuniões eram vistos com normalidade pelo treinador. Paulo Angioni foi seu diretor ainda nos tempos de jogador. Fred, por outro lado, seu companheiro ainda jovem, no Cruzeiro, e comandado no fim da carreira, no Flu.

Por isso, também, o técnico foi compreensivo ao receber a notícia. Na conversa, relembrou a mensagem que enviara a Mário Bittencourt, revelada pelo presidente à ESPN em 2023. O texto afirmava que “algo do além, espiritual” lhe dizia que Fernando se preparou “para voltar ao Fluminense e fazer um grande trabalho”.

Fred e Fernando Diniz foram companheiros no Cruzeiro, e ídolo encerrou carreira no Fluminense com técnico como comandante - Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC
Fred  encerrou carreira no Fluminense com Fernando Diniz como comandante – Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC

Nesse momento foi difícil conter as lágrimas. A conversa relembrou outros grandes momentos da segunda passagem de Diniz pelo Tricolor, e foi em tom amigável. Não houve discordâncias sobre a rescisão ou qualquer outro assunto.

Diniz se despede de elenco e funcionários do Fluminense

O técnico só fez um pedido, prontamente aceito, de ir ao CT Carlos Castilho nesta segunda-feira (24) para se despedir de funcionários e atletas.

Fernando Diniz chegou pouco menos de uma hora antes do horário marcado para o treino. Das recepcionistas aos jogadores, cumprimentou cada um, agradeceu pela oportunidade e conversou por mais tempo com o elenco e a comissão técnica permanente.

A despedida, claro, também teve seus momentos de emoção. Querido por todos, Diniz deu mais um adeus com cara de até logo ao Fluminense. O técnico encerra sua segunda passagem no clube com 146 jogos, 74 vitórias, 30 empates e 42 derrotas. Ele conquistou o Campeonato Carioca e a Libertadores, em 2023, além da Recopa Sul-Americana, em 2024.

Como está o Fluminense em 2024

Próximos jogos do Fluminense

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Fluminense x Vitória — Campeonato Brasileiro — quinta, 27 de junho — 19h (de Brasília);
  • Grêmio x Fluminense — Campeonato Brasileiro — domingo, 30 de junho — 16h (de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio BloisSetorista

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo