Games

SEMANA ULTIMATE: Daniel Alves retorna ao Ultimate em grande estilo no FUT Birthday

Brasileiro recebe uma versão especial que lidera o segundo time do evento

As comemorações de aniversário do Ultimate ainda não pararam e trouxeram um time ainda melhor para a segunda parte do evento. Com quatro jogadores valendo na casa do milhão e mais de metade do time acima de 90 de overall, Daniel Alves é a grande novidade do time, além de ser um dos jogadores com a classificação máxima de 93. Além dele, Manuel Neuer e Paulo Dybala também ostentam a melhor nota e tornam-se cartas competitivas em uma temporada em que ainda não foram destaques.

FutBirthday do FUT (reprodução)

Daniel Alves voltou para o FIFA. Como o Campeonato Brasileiro não é licenciado no simulador, os jogadores que atuam no país são invisibilizados digitalmente. Como se transferiu para o Barcelona, o brasileiro recebeu sua primeira versão competitiva de overall 93. A carta é muito completa e, sinceramente, pode atuar em qualquer posição de linha – até porque tem 5 de drible e 5 de perna ruim. Como lateral é um construtor desde a linha defensiva, mas pode ser um sonho como lateral. O melhor entrosamento para a carta é o “Âncora”.

Grande referência da Série A nesta temporada, Paulo Dybala é uma carta meta no jogo. Ágil, rápido, venenoso e com a bola grudada no pé, o argentino deve ser o centro das suas fases ofensivas. Nesta versão 93, Dybala torna-se um jogador de potencial para todo o restante do jogo e, caso consiga encaixar no time, deve ser valorizado como tal. O único ponto de atenção da carta é a baixa agressividade, que pode fazer dele um jogador “que não coloca o pé em divididas”. O melhor entrosamento para a carta é o “Caçador”.

Finalmente, Roberto Firmino chegou ao FIFA 22. Bobby é um jogador com potencial muito grande de ser meta no jogo, mas que neste ano devia em velocidade e agilidade até o momento. Em sua nova versão 92, ele sanou esses problemas e otimizou seus pontos fortes, sendo um dos jogadores de ataque mais versáteis do jogo. Podendo ser utilizado na armação, como segundo atacante, falso nove ou centroavante, Firmino é uma ótima adição para qualquer time. O melhor entrosamento para a carta é o “Caçador”.

Lucas Paquetá, do Lyon (OLIVIER CHASSIGNOLE/AFP via Getty Images)

Lucas Paquetá é uma sensação na temporada europeia, na Seleção Brasileira e também no FUT. É uma carta de overall 90 que é extremamente equilibrada, podendo atuar desde primeiro volante até centroavante, até porque tem 5 de drible e de uso da perna ruim. Em suas versões anteriores, o jogador do Lyon é muito físico nos embates individuais e intenso em todas as fases do jogo. Se precisar de um jogador dentro da meta para dar ritmo, conte com esta carta. O melhor entrosamento é o “Sombra”.

Disponibilizado em uma versão 87 por DME no início da temporada, Nabil Fekir recebe agora uma carta de classificação 90. O francês é uma das cartas mais técnicas desta temporada, podendo executar finalizações, passes, cruzamentos e movimentos como qualquer outra carta meta. Idealmente, Fekir é um jogador para estar na faixa central próxima ao gol, mas também trará muita qualidade jogando pela ponta com seus passes acima da média da posição. O melhor entrosamento para a carta é o “Caçador”.

De Vrij chega como uma das melhores cartas de zagueiro do FIFA 22

Jogador Disponível por DME: Stefan De Vrij

Que zagueiro incrível acaba de chegar por Desafio de Montagem de elenco – e por um preço bem justo! Stefan de Vrij, da Internazionale, recebe a versão FUT Birthday com overall 90 e ótimos números para a posição. Com velocidade e imposição física, o holandês tem tudo para ser um zagueiro que vai até o final do jogo e, caso consiga encaixar no time, pode investir sem medo. O único ponto de atenção na carta é a agilidade, mas que para a função não deve gerar nenhum incômodo. O melhor entrosamento para a carta é o “Sombra”.

Lamela: nova versão pode ser útil em qualquer posição do ataque

Jogador Disponível por Objetivo: Erik Lamela

Erik Lamela, do Sevilla, chega gratuitamente na versão FUT Birthday que pode ser adquirida realizando objetivos. Deixando para trás sua carta ouro comum de overall 78, o argentino agora está representado em uma interessante versão 87. Com 4 de dribles, 5 de perna ruim e especialidade na batida de chapa, ele torna-se um jogador ofensivo perigoso, que pode ser utilizado como ponta, armador, segundo atacante e centroavante. O ponto de atenção é que ele é um jogador alto, com 1,84 metro, o que pode gerar desconforto em relação à meta do jogo. O melhor entrosamento para a carta é o “Motorzinho”.

Mostrar mais

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo