Liga Europa

Com gol em cobrança de falta ensaiada, Sevilla sai na frente do West Ham nas oitavas

Munir El Haddad marcou o único gol da vitória por 1 a 0 dos donos da casa no Ramón Sánchez Puzjuán

Com uma cobrança de falta ensaiada, o Sevilla venceu um jogo de ida duro contra o West Ham nesta quinta-feira no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, por 1 a 0, e saiu na frente na briga por vaga nas quartas de final da Liga Europa. O gol foi marcado por Munir El Haddad, com um chute de primeira.

Dando importância à competição, o técnico Julen Lopetegui fez apenas duas alterações na sua equipe titular em relação ao time que começou contra o Alavés na última sexta-feira. Uma delas forçada por lesão de Ivan Rakitic no aquecimento. Óliver Torres entrou no meio-campo e Munir ajudou a compor o ataque. O retorno de Declan Rice, doente no fim de semana contra o Liverpool, foi a única mudança de David Moyes.

Foi uma partida controlada e de poucas chances claras de gol, com superioridade do Sevilla, que manteve mais posse de bola e conseguiu ameaçar mais. O West Ham não abdicou de atacar, mas teve dificuldade para manter uma pressão sustentada, o que precisará fazer no Estádio Olímpico de Londres na próxima semana para ter chance de sair vencedor do confronto.

Uma boa combinação entre Torres e Acuña pela esquerda terminou com passe do lateral para Munir, com liberdade na entrada da área do West Ham. Ele bateu de primeira com a perna esquerda, perto da trave. Youssef En-Nesyri era um perigo pelo alto, ganhando quase todas as bolas aéreas, mas pareceu incapaz de cabecear em qualquer direção que não fosse direto às mãos de Alphonse Aréola.

Vlasic exigiu boa defesa de Bono de fora da área em uma das únicas boas chegadas do West Ham no primeiro tempo. En-Nesyri teve outra cabeçada perigosa no começo da etapa final, outra defendida sem problemas por Aréola, mas o Sevilla encontrou o espaço para abrir o placar em uma cobrança de falta ensaiada.

Acuña bateu pela direita, os jogadores do Sevilla se movimentaram dentro da área para deixar Munir livre no lado esquerdo. O atacante chegou batendo de primeira, no canto, e marcou o único gol da partida. Houve uma certa pressão espanhola após o placar ser aberto, com Jesús Corona e Lucas Ocampos tendo boas oportunidades. O West Ham não conseguiu pressionar no fim para tentar levar um resultado melhor a Londres.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo