Eurocopa 2024

Euro: insatisfeito, Van Dijk faz dura cobrança à seleção holandesa

Virgil van Dijk cobrou mais empenho dos jogadores e de si mesmo depois da derrota contra a Áustria que poderia ter custado a eliminação holandesa.

O fraco desempenho da Holanda nesta Eurocopa tem deixado o técnico Ronald Koeman de cabelo em pé buscando uma solução para os muitos problemas da equipe.

A derrota por 3×2 no último jogo da fase de grupos contra a Áustria complicou os holandeses que terminaram a Grupo D da Eurocopa na terceira colocação e quase viram a classificação para a fase eliminatória escapar pelas mãos. Líder do time, o zagueiro Liverpool e capitão Virgil van Dijk também ficou na bronca depois das péssimas atuações, principalmente na derrota para os austríacos.

Apesar dos pesares, o time é um dos 16 classificados para as oitavas de final e enfrenta a Romênia, na próxima terça-feira, a partir das 13h (de Brasília), na Allianz Arena, em Munique.

Van Dijk mostra insatisfação

O gol contra do Donyell Malen logo aos seis minutos do primeiro tempo contra a Áustria foi como um banho água fria nos planos holandeses. O empate só aconteceu no segundo tempo, com o Gakpo. Mas não demorou muito para a Holanda levar o segundo.

Depay até voltou a empatar na metade do segundo período, mas os holandeses não conseguiram segurar a pressão austríaca e cedeu o terceiro gol, que custou a liderança do Grupo D e poderia ter custado também a eliminação.

Esse desempenho fraco fez o capitão Virgil van Dijk falar poucas e boas da sua seleção. O defensor não mediu palavras para criticar, inclusive, as próprias atuações em entrevista coletiva antes da decisão.

‘Se a gente não melhorar, não temos mais nada o que fazer aqui', afirmou o capitão.

– Compreendo perfeitamente as críticas. Não sou estúpido, também sei que posso fazer melhor. Eu deveria estar melhor e é nisso que estou trabalhando. Não joguei meu melhor jogo contra a Áustria — completou Van Dijk

A Holanda chegou para essa Eurocopa como uma das favoritas. Com um time que mescla juventude, talento e experiência com Matthijs de Ligt, Frenkie de Jong, Memphis Depay e Virgil van Dijk, estrelas em seus respectivos clubes.

Mas, na prática, essa qualidade foi poucas vezes vistas nos gramados alemães, mesmo na vitória contra a Polônia na primeira rodada. Apesar do aparente domínio da Laranja, o time sofreu para vencer os polacos sem Lewandowski, sua principal estrela.

Depois disso, empate em 0x0 contra a França e a derrota na última rodada esgotaram de vez a paciência do zagueiro.

— Talvez tenhamos nos superestimado. Havia muito a dizer e analisar. Contra a Áustria as coisas deram completamente errado. Foi um jogo muito ruim. Se a gente não melhorar, não temos mais nada o que fazer aqui. Temos que mudar rápido, caso contrário assistiremos a Euro no sofá de casa — disparou van Dijk.

Holanda teve ‘sorte' na definição do próximo adversário

Os resultados ruins nos dois últimos jogos da primeira fase da Euro poderiam ter eliminado a Holanda de força precoce, mas acabaram deixando a seleção laranja com um pouco de “sorte”.

Caso tivesse vencido o seu jogo, teria terminado a fase de grupos na liderança e precisando encarar uma Bélgica cheia de vontade de se provar na parte final do seu ciclo. Ou, até mesmo, poderia ter dado a azar de enfrentar a Inglaterra nas oitavas.

Porém, o chaveamento garantiu para a Holanda um adversário, em teoria, mais acessível, mesmo a Romênia, considerada uma das surpresas desta Euro, liderando o Grupo E. Mas, a possibilidade de enfrentar uma Inglaterra logo as oitavas poderia ser pior – ou melhor, considerando o mau momento da seleção de Southgate.

— Não vamos subestimar ninguém, na terça-feira temos que estar totalmente concentrados no trabalho que temos em mãos — finalizou.

Foto de Márcio Júnior

Márcio JúniorRedator de esportes

Baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Passou pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Quinto Quarto antes de se tornar repórter na Trivela.
Botão Voltar ao topo