Eurocopa 2024

Inspirado por Guardiola, zagueiro conduziu Holanda à virada em estreia na Eurocopa

Holandeses levam susto, mas garantem importante vitória diante da Polônia, que não teve Lewandowski

Nathan Aké, craque do Manchester City, foi o grande nome da virada da Holanda sobre a Polônia em sua estreia na Eurocopa. Jogando praticamente como um homem ofensivo, ele construiu a jogada dos dois gols holandeses.

O lateral esquerdo titular de Guardiola na Inglaterra participou dos dois gols dos holandeses, que venceram em sua estreia na Euro pelo placar de 2 a 1, na manhã deste domingo (16). No primeiro, ele se antecipou, ganhou a disputa no campo de ataque e acionou Cody Gakpo, que empatou o duelo.

Já no final da partida, quando restavam menos de 10 minutos, Aké novamente atuou como um homem de frente e achou Weghorst, que havia acabo de entrar e precisou de poucos toques na bola para mudar a história do jogo.

Jogando no Volksparksadion, em Hamburgo, os comandados de Ronald Koeman levaram um susto quando Buksa abriu o placar em favor dos poloneses.

Apesar do gol, o time holandês manteve o foco, e ao seu melhor estilo, manteve o controle do jogo.

Mantendo a posse de bola, e aproveitando os apoios dos meias, a Laranja Mecânica dominou as ações na etapa inicial.

Foram 14 finalizações do time holandês nos primeiros 45 minutos, com duas grandes chances criadas.

De tanto insistir, a Holanda conseguiu empatar o jogo ainda no primeiro tempo, e contou com a participação de Aké para deixar marcar seu primeiro gol na Euro 2024.

Holanda e Polônia fazem jogo mais equilibrado no segundo tempo

Após um primeiro tempo dominante do time holandês, a Polônia resolveu subir mais as suas linhas e jogar mais ofensivamente.

O time treinado por Michael Probiarz chutou mais do que a Holanda no segundo tempo (oito finalizações contra sete), contudo, não teve a eficiência para concretizar suas chances.

A Holanda mantinha a posse de bola, terminou o segundo tempo com 65% , mas sofreu mais com os ataques do time polonês. Zalewski, Zielinski e Buksa deram trabalho á defesa holandesa, comandada pela dupla De Vrij e Van Dijk.

O jogo se aproximava do seu final quando Weghorst, verdadeiro talismã deste time holandês, entrou na partida.

Foram necessários apenas dois minutos em campo para o centroavante, em mais uma assistência de Aké, nome do jogo, vencer a defesa da Polônia, virar o jogo em Hamburgo, e sacramentar o primeiro triunfo holandês na Euro 2024.

E agora?

Com a vitória, a Holanda assume provisoriamente a liderança do Grupo D da competição europeia, e aguarda pelo confronto entre França e Áustria para saber se mantém ou não a ponta da chave.

Enquanto isso, a Polônia lamenta as chances desperdiçadas contra os holandeses, principalmente no segundo tempo, e planeja seu segundo e próximo encontro no torneio.

Na segunda rodada, os comandados de Michael Probiarz enfrentam a Áustria, em jogo que será disputado em Berlin, no próximo dia 21, sexta-feira, às 13h (horário de Brasília).

Já a Holanda, fará o grande clássico do Grupo D, e jogo mais aguardado desta chave contra a França, jogo que também ocorre na próxima sexta, mas às 16h, no gramado da Red Bull Arena, em Leipzig.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo