Eurocopa 2024

Sem sua maior estrela, Áustria apronta no Grupo D e complica vida da Holanda na Eurocopa

Com muitos méritos, a Áustria, sem Alaba, venceu a Holanda e se classificou às oitavas de final na liderança do Grupo D

Nesta terça-feira (25), a Áustria venceu a Holanda por 3 a 2, no Olympiastadion, em Berlim, pela última rodada do Grupo D da Eurocopa. Com isso, o Wunderteam complicou a vida da Oranje no torneio.

Apesar do favoritismo de França e Holanda, quem ficou com a liderança da chave foi a Áustria, que (até aqui) é a grande zebra da Euro 2024. E se engana quem pensa que os resultados não foram merecedores.

O Wunderteam, mesmo sem Alaba – o principal jogador de sua geração – joga um futebol envolvente sob o comando de Ralf Rangnick. A Laranja Mecânica, por sua vez, foi mais uma vítima.

Para ter uma ideia do tamanho do feito, a Áustria só chegou à fase mata-mata da Eurocopa apenas uma vez em sua história. Em 2021, o Wunderteam caiu nas oitavas de final.

Agora, a Áustria espera ir ainda mais longe, já que sua 1ª colocação no Grupo D pode garantir um adversário mais acessível. Por outro lado, Holanda e França não terão vida fácil no mata-mata logo de cara.

Como foi Holanda x Áustria pela Eurocopa

O 1º tempo só teve um dono: a Áustria, que controlou as principais ações do jogo e dominou a Holanda graças a uma postura ofensiva baseada na posse de bola.

Com muita facilidade para avançar pelas laterais, o Wunderteam não demorou muito para abrir o placar, porém, contou com uma ajuda fundamental da Laranja Mecânica para isso.

Em bola cruzada a meia altura da esquerda, Malen voltou para a defesa na tentativa de afastar o perigo da área da seleção holandesa. Contudo, ele acabou chutando para o próprio gol, dando a vantagem para a seleção austríaca.

Dali para frente, o Wunderteam continuou em cima da Oranje, que parecia não ter entrado em campo. A Holanda não conseguia criar nada de qualidade, convidando a Áustria para seu próprio campo.

Apesar da pressão do Wunderteam, a Laranja Mecânica foi para o intervalo com a desvantagem mínima. Contudo, a seleção neerlandesa sabia que tinha muito o que melhorar para reagir contra a seleção austríaca.

Toma lá dá cá

Para o 2º tempo, a Holanda mudou sua postura, tentando dar uma resposta à altura da Áustria. Tanto que, logo nos primeiros minutos, a Laranja Mecânica empatou com o Wunderteam.

Após uma roubada de bola em seu campo de defesa, a seleção holandesa saiu em contra-ataque. Xavi Simons serviu Gakpo, que entrou na área e bateu colocado, sem chances para o goleiro da seleção austríaca.

A Oranje continuou insistindo, porém, quem balançou as redes foi o Wunderteam. De novo pelas pontas, Grillitsch cruzou para Schmid, que cabeceou para colocar a Áustria em vantagem em cima da Holanda mais uma vez.

Só que o toma lá dá cá era inevitável. A Laranja Mecânica fez outro gol após Weghorst ajeitar de cabeça para Depay, que dominou bonito e bateu com classe para o fundo da rede do Wunderteam.

Sem deixar a peteca cair, a seleção austríaca fez uma bela triangulação na entrada da área, confundindo a marcação da seleção holandesa. Baumgartner serviu Sabitzer, que fuzilou para o gol.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo