Brasil

Defesa repete falhas que foram rotina em toda a Copinha, e São Paulo é eliminado pelo Novorizontino

Com dez gols sofridos em seis jogos, São Paulo cai para o Novorizontino após derrota de virada por 3 a 2

O São Paulo sofreu gols em todos os jogos da Copinha. Aliás: sofreu mais gols do que teve jogos a disputar – foram dez, em seis partidas. Mais cedo ou mais tarde, uma eliminação por erros da defensivos não seria surpresa alguma. E ela veio nesta terça-feira (16), na Fonte Luminosa em Araraquara. O Tricolor até saiu na frente, mas sofreu (e como sofreu) com a fragilidade de seu sistema defensivo. O Novorizontino construiu uma virada por 3 a 2, eliminou um dos gigantes do estado e avançou às quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Lucas Loss abriu o placar para o São Paulo. Kauê Canela – alô, lei do ex! –empatou a partida. E aí, o  nome do jogo entrou em ação. Lucas Café marcou duas vezes e assinou a virada do Novorizontino. Negrucci ainda descontou já após os 40 do segundo tempo apenas para dar uma pitada de emoção à classificação do Trigre.

São Paulo sai na frente…

Favorito da noite, o São Paulo tratou de transformar este favoritismo em superioridade. O Tricolor tomou a iniciativa da partida e se impôs diante de um Novorizontino que se propôs a um estilo mais combativo e de força para sair em contra-ataques. Os garotos de Cotia, porém, tinham dificuldades de entrar na área do Tigre. Tanto que a primeira chance veio aos 11 minutos, em chute de longa distância de Henrique que mal deu trabalho ao goleiro adversário.

Bastou, porém, a primeira jogada em que conseguiu entrar na área para o São Paulo abrir o placar. Aos 23, William Gomes acionou Iba dentro da área pela esquerda. O volante cruzou na medida para o zagueiro Lucas Loss aparecer como um centroavante para finalizar de primeira e marcar um gol ao melhor estilo camisa 9.

…Mas sofre virada que escancara problemas defensivos

O problema é que o São Paulo pareceu se contentar com o gol. A equipe que pressionava a linha de defesa adversária obrigava o rival a sair na base da ligação direta reduziu o ritmo e deu até certa amostra de relaxamento em campo. Um sintoma que costuma significar maus bocados em duelos eliminatórios e foi justamente o que aconteceu.

De tão apático, o São Paulo “saiu” do jogo, e isso estourou justamente naquela que é o grande problema da equipe na Copinha: a fragilidade de seu sistema defensivo. A equipe que sofreu gols em todas as partidas anteriores voltou a vazar, e em dose dupla. O Novorizontino, que nada tem a ver com isso, foi cirúrgico para aproveitar os espaços e construir a virada.

Primeiro, com Lucas Café. Aos 31, ele recebeu com liberdade na intermediária ofensiva e entrou na área como se estivesse caminhando. Com muita liberdade, o camisa 10 chutou forte, sem chance para Leandro. O gol acordou o São Paulo, que até botou uma bola na trave com Negrucci. Mas o Tigre prevaleceu e aproveitou nova desatenção da defesa são-paulina para ampliar com direito a lei do ex. Aos 44, Lucas Café recebeu lançamento, limpou a marcação de Kauê e tocou na medida para Kauê Canela – que defendeu o Tricolor em 2021 – tocar para as redes.

São Paulo tenta reagir, mas Café castiga (de novo)

As coisas tanto não funcionaram para o São Paulo, que o técnico Menta resolveu tirar justamente aquele que é a grande promessa de Cotia para a segunda etapa. Ryan Francisco, de 17 anos, saiu para a entrada de Caio Matheus, jogador que já tem até gol marcado pela equipe profissional. E o atacante quase marcou logo em seu primeiro lance. Mas ficou apenas no quase.

E para piorar, a defesa voltou a apresentar os problemas que a acompanham desde a primeira partida da Copinha. Na noite desta quarta, Lucas Café foi o nome do jogo e o grande algoz do sistema defensivo são-paulino. Logo aos 7 minutos, o goleiro Leandro afastou (bem) mal um cruzamento da direita. A bola sobrou para os jogadores do Novorizontino. E na risca da pequena área estava Café, que recebeu e chutou de primeira. Para ampliar o placar e praticamente decretar a eliminação do São Paulo na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Negrucci até descontou já aos 42 do segundo tempo, em rebote após cobrança de escanteio. Em vão.

Classificado, Novorizontino espera Grêmio ou Athletico-PR

Classificado às quartas de final pela primeira vez em sua história, o Novorizontino aguarda a definição do duelo entre Grêmio e Athletico-PR para conhecer seu adversário na próxima fase. A Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda não divulgou a data e o horário da partida.

A campanha do São Paulo na Copinha

> Campanha em números

  • 6 jogos
  • 3 vitórias
  • 1 empate
  • 2 derrotas
  • 13 gols feitos
  • 10 gols sofridos
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo