Brasil

Mercado da bola: quem o Atlético-MG contratou?

Veja neste artigo quais jogadores o Atlético-MG já contratou

Neste artigo você vai ver quais jogadores o Atlético-MG contratou ou pretende contratar para reforçar seu elenco para a temporada 2024 do futebol brasileiro. Os reforços do Atlético-MG para 2024 são concentrados para a disputa do Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro.

Quem o Atlético-MG contratou para 2024?

Os alvos do Atlético-MG no mercado da bola

Como foi a temporada do Atlético-MG em 2023?

A temporada de 2023 do Atlético-MG foi de altos e baixos. A equipe começou o ano disputando quatro competições: Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro. Apesar do título do estadual e ter sido o 3° colocado no nacional, o ano não foi dos melhores.

No início, nas mãos de Eduardo Coudet, havia muita esperança de disputa por títulos. E o time conseguiu, ao vencer o Campeonato Mineiro pelo quarto ano seguido. Além disso, com o treinador, o Galo avançou das fases preliminares da Libertadores e chegou a fase de grupos da competição que era a principal ambição do ano. No entanto, também com o argentino, o Atlético acabou eliminado da Copa do Brasil nas oitavas de final para o Corinthians, em um jogo polêmico por Chacho ter escalado um time misto, com Hulk no banco, por exemplo.

Pouco tempo depois, mesmo com um bom desempenho no Brasileirão e a classificação para as oitavas encaminhada na Libertadores, Coudet deixou o time de forma surpreendente, alegando que não tinha material suficiente para ser campeão, e que os dirigentes não cumpriram com o que haviam prometido. Para a vaga dele, um anúncio também surpreendente, de Felipão, que estava aposentado e era diretor do Athletico-PR.

Scolari, no entanto, teve um péssimo início de trabalho, ficando nove jogos sem vencer, despencando na tabela do Brasileirão e sendo eliminado nas oitavas da Libertadores – pelo terceiro ano seguido, o Galo caiu para o Palmeiras. Depois dessa fase, o Atlético foi se recuperando aos poucos e “galgando posições”, como o próprio Felipão falou. Inicialmente, voltou a sonhar com G6, mas a evolução nos jogos finais foi tanta que entrou no G4 e teve até um pequeno sonho com o título, que não aconteceu. No fim, terminou em 3° lugar, algo celebrado depois do início ruim do experiente treinador brasileiro, que não passava muita esperança na época.

O Atlético conseguiu o mínimo esperado em 2023, que era ser campeão Mineiro, avançar para a fase de grupos da Libertadores e terminar no G4 do Brasileiro. No entanto, quando tentou sonhar um pouco mais alto, foi derrotado, primeiro nas escolhas de Coudet na Copa do Brasil, depois nas péssimas atuações nas oitavas da Libertadores e, por fim, na punição pelo momento ruim vivido no Brasileirão. No fim, o time terminou tendo quatro grandes atuações, mas deixou uma marca final muito feia com a derrota por 4 a 1 para o Bahia na última rodada. Felipão seguirá em 2024, terá a oportunidade de deixar o time do seu jeito e melhorar as atuações, para fazer um time mais constante.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander HeinrickSetorista

Jornalista pela PUC-MG, passou por Esporte News Mundo e Hoje em Dia, antes de chegar a Trivela. Cobriu Copa do Mundo e está na cobertura do Atlético-MG desde 2020.
Foto de Maic Costa

Maic CostaSetorista

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo