Brasil

Grêmio: renovação com Geromel é reflexo de ao menos 5 tentativas frustradas de substituir o ídolo

Zagueiro de 38 anos teve o contrato ampliado por seis meses, até o final de 2024

O Grêmio confirmou nesta terça-feira (25) a renovação de contrato de Pedro Geromel até o final do ano. A extensão do vínculo, com alteração salarial, foi publicada no BID da CBF ainda antes do anúncio do Tricolor Gaúcho.

A ampliação do contrato, que encerraria no próximo dia 30, é, acima de tudo, a prova de que o Grêmio ainda não conseguiu encontrar sucessores para o zagueiro de 38 anos, que é um dos maiores da história do clube.

Geromel sofre com lesões, e sua ausência costuma ser sentida

O problema é que, além da idade avançada, Geromel sofre com sucessivas lesões. Em 2023, o joelho esquerdo o atormentou. Em abril recente, foi o braço esquerdo, fraturado na vitória por 1 a 0 sobre o Estudiantes, em La Plata, pela Libertadores.

Ainda assim, Geromel é necessário para o time do Grêmio. Na temporada passada, em que o ídolo atuou apenas sete vezes, o Tricolor Gaúcho teve a quarta pior defesa do Campeonato Brasileiro, apesar de terminar vice-campeão.

As tentativas de substituir Geromel

Sejam os experientes Rodrigo Ely, Bruno Alves e Bruno Uvini — os dois últimos já deixaram o clube — ou os jovens Gustavo Martins e Natã, ninguém conseguiu se firmar e passar a confiança necessária para suceder Geromel e formar dupla de zaga com Kannemann.

Ciente do problema crônico, a direção gremista foi ao mercado nas últimas semanas e contratou Jemerson e Rodrigo Caio, que ainda não estrearam.

Mas o ex-jogador do Flamengo, principalmente, precisará subverter a lógica para se comprovar um bom reforço. Afinal, sofreu demais com lesões no joelho ao longo da carreira e estava sem clube desde a saída do Rubro-Negro Carioca, no final do ano passado.

Grêmio corre risco de expor Geromel no final de sua carreira

De qualquer modo, Jemerson e Rodrigo Caio são as esperanças para que Geromel possa se aposentar, no final do ano, com a tranquilidade de saber que o Grêmio está em boas mãos. Caso isso não aconteça, o Tricolor Gaúcho corre o risco de expor ainda mais seu ídolo, que nitidamente não é o mesmo de outrora.

Exemplo disso foi o gol da vitória por 1 a 0 do Internacional no clássico Gre-Nal do último sábado (22), no Couto Pereira, em Curitiba, em que Vitão ganha de Geromel na bola aérea. A bola ainda desvia em Gustavo Martins antes de passar por Marchesín e balançar as redes.

Geromel pelo Grêmio

  • 10 anos e dois meses desde a estreia (22/04/2014)
  • 398 jogos
  • 15 gols
  • 14 títulos: Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa do Brasil, Campeonato Gaúcho (7x) e Recopa Gaúcha (4x)
  • 4x Bola de Prata da Placar
  • 3x Melhor zagueiro do Campeonato Brasileiro
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo