Brasil

Cano cai de rendimento no Fluminense e faz seu pior semestre no Brasil

Atacante argentino vive pior fase desde que chegou ao país em 2020 e vê média de gols despencar pelo Tricolor

Germán Cano está em seu pior primeiro semestre desde que chegou ao Brasil, em 2020. E com o Fluminense em má fase, fica difícil saber se os números são causa ou consequência. Fato é que o argentino só fez menos do que os cinco gols que tem em 2024, a essa altura da temporada, quando atuou no México ou ainda nem era escalado como centroavante, no início da carreira.

Aos 36 anos, Cano já colocou seu nome na história do Flu pelo que fez até aqui. São 89 gols em 151 jogos com a camisa tricolor, mas apenas cinco nos últimos 20 desde que a folhinha do calendário deixou 2023 para trás.

A fase nem de longe lembra a que faz do argentino o atual Rei da América. Artilheiro de todas as competições que já disputou pelo Fluminense desde que chegou ao clube, o centroavante colocou menos bolas na rede que Lelê e Jhon Arias nesta temporada.

Confira os números da carreira de Cano no 1º semestre

  • 2008 — Lanús-ARG — 2 gols/15 jogos;
  • 2009 — Lanús-ARG — 0 gols/8 jogos;
  • 2010 — Chacarita Juniors-ARG — 0 gols/7 jogos;
  • 2011 — Colón-ARG — 0 gols/6 jogos;

Passou a atuar como centroavante, sua posição original, em 2012, após subir aos profissionais e acumular empréstimos como meia.

  • 2012 — Nacional-PAR — 4 gols/18 jogos;
  • 2013 — Independiente Medellín-COL — 8 gols/14 jogos;
  • 2014 — Independiente Medellín-COL — 11 gols/18 jogos;
  • 2015 — Pachuca-MEX — 5 gols/16 jogos;
  • 2016 — León-MEX — 4 gols/14 jogos;
  • 2017 — León-MEX — 2 gols/13 jogos;
  • 2018 — Independiente Medellín-COL — 13 gols/23 jogos;
  • 2019 — Independiente Medellín-COL — 22 gols/22 jogos;

Chegou ao Brasil em 2020 após grandes temporadas na Colômbia.

  • 2020 — Vasco da Gama — 5 gols/11 jogos;
  • 2021 — Vasco da Gama — 9 gols/15 jogos;
  • 2022 — Fluminense — 21 gols/37 jogos;
  • 2023 — Fluminense — 25 gols/31 jogos;
  • 2024 — Fluminense — 5 gols/20 jogos.

Fluminense joga mal, e Cano tem mapa de calor de volante

A desorganização do Fluminense é flagrante, e o técnico Fernando Diniz admite que a equipe está devendo em 2024. Retrato disso é que, artilheiro da equipe nos últimos dois anos, Germán Cano, agora, tem o mapa de calor de um volante.

Uma imagem do posicionamento médio do centroavante no clássico contra o Botafogo já havia viralizado nas redes sociais.

Mas ao analisar toda a temporada, fica claro que o camisa 14 está bem mais distante do gol, o que dificulta sua vida. O Flu, claro, sente falta dos gols do argentino, e amarga apenas a 16ª posição do Campeonato Brasileiro, com nove gols marcados em oito jogos. Só dois deles são de Cano.

Como está o Fluminense em 2024

Próximos jogos do Fluminense

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Fluminense x Atlético-GO — Campeonato Brasileiro — sábado, 15 de junho — 21h (de Brasília);
  • Cruzeiro x Fluminense — Campeonato Brasileiro — quarta, 19 de junho — 21h30 (de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio BloisSetorista

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo