Brasil

Cruzeiro enfrenta Santos, maior desafio da Copinha 2024, em busca das quartas de final

O Cruzeiro terá os Meninos da Vila do Santos pela frente nas oitavas de final da Copinha 2024; partida acontece nesta quarta-feira (17), às 19h30

O Cruzeiro segue vivo na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha, mas terá que superar uma pedreira para manter acesa a chama da esperança da conquista do bicampeonato da principal competição sub-20 do país. O time celeste enfrenta o Santos, sim, os Meninos da Vila, nesta quarta-feira (17), às 19h30, na Arena Barueri, em Barueri (SP). A partida valerá pelas oitavas de final do campeonato.

O vencedor de Santos x Cruzeiro irá enfrentar, nas quartas de final, o ganhador do confronto entre Ibrachina e Coritiba. Apesar da grande tradição reveladora, o Peixe, um dos principais celeiros de craques da história do futebol brasileiro, tem “apenas” três títulos da Copinha, bem menos que os dez do Corinthians, o maior campeão da competição.

Santos é adversário duro

Se no futebol profissional o Santos vive momento conturbado, tendo sido rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história e com graves problemas financeiros, na base a situação é diferente e, como de costume, os paulistas fazem grande campanha na Copinha. Até o momento, os Meninos da Vila têm 100% de aproveitamento na competição, com cinco vitórias em cinco jogos. São incríveis 20 gols marcados, uma média de quatro por partida, e apenas três sofridos, média de menos de um por confronto.

Para chegar nas oitavas de final, o Santos bateu o Água Santa, também de São Paulo, por 4 a 2. Enzo Monteiro, Thiago, Miguelito e Gabriel Bontempo fizeram os gols do Peixe, enquanto Davi e Luiz Eduardo marcaram para o time de Diadema, que jogou em casa.

Por falar em fator casa, o Santos deve se aproveitar de jogar em seu estado, mesmo que longe do litoral, para encher as arquibancadas e criar um ambiente mais hostil para o time do Cruzeiro. E toda a ajuda será válida pois, apesar de fazer uma grande Copinha até o momento, a equipe celeste também será o maior desafio para o alvinegro praiano até aqui, visto que os adversários dos paulistas foram de menor expressão.

Além disso, o Cruzeiro também faz boa Copinha e está invicto no torneio. Foram quatro vitórias e um empate no campeonato, com 13 gols marcados e apenas um sofrido. O time celeste tem a melhor defesa da competição.

A grande esperança do Santos no confronto está nos pés do atacante boliviano Enzo Monteiro, de 19 anos, artilheiro do Santos na Copinha com sete gols em quatro jogos, quase todos muito importantes: os dois da estreia na virada sobre o Remo, um na goleada sobre o Nova Venécia, mais dois na goleada sobre o São Bernardo e o gols nos dois jogos contra o Água Santa.

O treinador Orlando Ribeiro deve escalar o Santos assim: Diego Borges; Thiago Balieiro, Souza, JP Chermon e Kevin Malthus; Hyan, Balão e Miguelito; Enzo Monteiro, Gabriel Bomtempo e Felipe Laurindo (Rodrigo Cezar).

Cruzeiro também tem suas armas

Apesar do Cruzeiro não ter empilhado placares elásticos como o Santos — com exceção do 9 a 0 sobre o União Mogi, ainda na fase de grupos —, o time vem jogando bem e com solidez, demonstrando padrão de jogo e sendo superior aos difíceis adversários, mesmo que de menor expressão, que enfrentou até aqui.

Para chegar às oitavas de final, o Cruzeiro bateu o Madureira, nessa segunda-feira (15), por 1 a 0, com gol do atacante Arthur, que contou com falha do goleiro Ronaldo para marcar o solitário gol da partida. Apesar do placar modesto, o time celeste foi a melhor equipe em campo.

Dentre os destaques da Raposa, podemos destacar todo o setor defensivo, vazado apenas uma vez, o meio-campista Jhosefer, que é um dos melhores jogadores da Copinha, o meia Vitinho, que tem jogado bem, inclusive como lateral-esquerdo em alguns momentos, e o atacante Fernando, artilheiro da equipe, que tem mostrado ótimo futebol para além dos gols, criando muitas chances e incomodando as defesas adversárias.

Apesar de jovem, o time celeste se conhece bem e vem se soltando cada vez mais na Copinha. Uma qualidade do Cruzeiro sub-20 é a força do elenco, que tem ótimos jogadores em diversas posições, o que possibilita que não haja queda de ritmo mesmo após as substituições e nos momentos finais das partidas.

Além dos atletas citados, nomes como os de Gui Meira, Tevis, Arthur, Ruan Índio e outros se destacam, fazendo com que o ótimo treinador Fernando Seabra tenha opções de sobra para surpreender o Santos. O único desfalque confirmado é o do volante Henrique Silva, o Seninha, suspenso.

A tendência é que Seabra mantenha o time base que vem jogando, mandando a campo algo parecido com: Otávio; Dorival, Pedrão, Kelvin (Bruno Alves); Xavier, Jhosefer, Vitinho e Gui Meira; Fernando, Tevis e Arthur Viana.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo