Brasileirão Série A

Internacional se apoia no ‘costume de ganhar’ para jogo que vale pouco contra o Botafogo

Fala de Coudet após vitória sobre o Corinthians vira mantra do Internacional para último jogo da temporada, contra o Botafogo

O jogo que marca a despedida da temporada, nesta quarta-feira (6), às 21h30min, contra o Botafogo, no Beira-Rio, vale pouco desportivamente para o Internacional. Com classificação já garantida para a Copa Sul-Americana de 2024, a 38ª rodada do Campeonato Brasileiro apenas definirá a colocação final do Colorado, que pode variar do atual 9º lugar para a 11ª posição.

Até por isso, parte da torcida do Inter quer que o time perca propositalmente para prejudicar o Grêmio na briga pelo G-4 com o Botafogo. Na 4ª colocação, com 65 pontos, o Tricolor Gaúcho será ultrapassado se empatar ou perder para o Fluminense, e o Fogão vencer o Colorado. Mas, em caso de igualdade no Maracanã, o Grêmio ainda conseguiria vaga direta para a fase de grupos da Libertadores se Atlético-MG ou Flamengo perderem para Bahia e São Paulo, respectivamente.

Coudet: ‘acostumar-se a ganhar'

Financeiramente, R$ 8,1 milhões estão em jogo para o Inter contra o Botafogo. O 9º colocado do Brasileirão ganhará R$ 28,5 milhões, o 10º, R$ 26,1 milhões, e o 11º, R$ 20,4 milhões. Mas a principal motivação, ao menos internamente, vem do ‘costume de ganhar'. A fala foi proferida no vestiário pelo técnico Eduardo Coudet após a inédita vitória na NeoQuímica Arena, por 2 a 1, sobre o Corinthians, no último sábado (2), e viralizou nas redes sociais.

 

— Acostumar-se a ganhar. A gente se acostuma. Somos animais de costume. Nos acostumamos a ganhar. Isso é muito importante. […] Quarta é fazer um grande jogo, e mostrar tudo que viemos trabalhando. O jeito que vai jogar, como queremos jogar, e que queremos ganhar — bradou Coudet.

Internacional busca quarta vitória consecutiva para igualar melhor marca do ano

Como já havia vencido RB Bragantino e Cuiabá anteriormente, o Inter buscará a quarta vitória consecutiva contra o Botafogo. Se conseguir, igualará, nos últimos jogos de 2023, a melhor sequência da temporada. Foi no mês de junho, ainda sob o comando de Mano Menezes, em que o Colorado superou consecutivamente Vasco, Coritiba e América-MG, pelo Campeonato Brasileiro, e Independiente Medellín, pela Libertadores.

A atual sequência de jogos já é a melhor desta segunda passagem de Coudet pelo clube. E comprova o crescimento da equipe no Brasileirão desde a eliminação na semifinal da Libertadores, no início de outubro, para o Fluminense. Neste período, foram 12 jogos, com sete vitórias, dois empates e três derrotas. O aproveitamento de 63,8% é superior ao do lider Palmeiras no campeonato todo.

Coudet poderá escalar time próximo do ideal

Para encarar o Botafogo, Coudet poderá escalar time muito próximo daquele que considera ideal. O desfalque, mais uma vez, ficará por conta do zagueiro Vitão, que se recupera de lesão muscular, mas vem sendo muito bem substituído por Igor Gomes.

Por outro lado, o volante Johnny retorna após ter sofrido entorse no tornozelo direito contra o Cuiabá e desfalcado a equipe diante do Corinthians. Com isso, Bruno Henrique sai do time e Aránguiz, que foi primeiro volante em São Paulo, volta a ser meia central. A provável escalação colorada tem Rochet; Bustos, Igor Gomes, Mercado e Renê; Johnny; Maurício, Aránguiz e Wanderson; Alan Patrick e Enner Valencia.

Jogo também será o último da atual gestão do presidente Alessandro Barcellos

Deixar última impressão positiva também é importante para o presidente Alessandro Barcellos. No próximo sábado (9), o mandatário tentará reeleição para o triênio 2024-2026 contra Roberto Melo, candidato de oposição, em votação dos sócios colorados.

O pleito será decisivo para a permanência de Coudet para 2024. Por mais que Melo tenha manifestado o desejo de continuar com o argentino para a próxima temporada, inclusive ligando para o treinador, ‘Chacho' tem relação muito mais próxima, e de amizade, com Barcellos. A renovação de contrato com a oposição é uma incógnita.

Questionado frequentemente sobre o assunto, Coudet tem se esquivado. Revelou que, conforme combinado com Barcellos, não se manifestaria sobre o tema, mantendo o foco na reta final do Campeonato Brasileiro, e esperando o resultado da eleição. Resta saber se, com o findar da competição nesta noite, o treinador dirá algo a mais.

Internacional no Campeonato Brasileiro 2023

  • 9ª colocação com 52 pontos
  • 37 jogos, 14 vitórias, 10 empates e 13 derrotas
  • 46% de aproveitamento
  • 43 gols feitos e 44 gols sofridos
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo