Sul-Americana

Botafogo: volta de Gabriel Pires foi boa notícia e meia vira opção para Bruno Lage

Bruno Lage voltará a ter Gabriel Pires disponível e Botafogo terá mais alternativas em momento decisivo da temporada

Em uma noite decepcionante no Nilton Santos, o Botafogo teve ao menos uma boa notícia no empate em 1 a 1 com o Defensa y Justicia, na última quarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Depois de três meses afastado por lesão, o meio-campista Gabriel Pires voltou a jogar pelo Glorioso, teve boa atuação, fez o gol do time e pode virar uma opção importante para Bruno Lage no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Com uma lesão na panturrilha direita, Gabriel Pires não atuava pelo Botafogo desde o dia 20 de maio, quando atuou na vitória sobre o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro. Ele já vinha treinando com o elenco desde a última semana e ficou fora do jogo com o São Paulo, no último sábado, para intensificar a preparação física de olho na sequência da temporada.

E deu certo. Contra o Defensa y Justicia, mesmo com uma atuação abaixo do esperado do time, Gabriel Pires foi um dos melhores em campo. O meia participou bastante do jogo, tanto ofensivamente como no setor defensivo. Foram 65 minutos em campo, dando dinâmica ao time e sendo o principal armador de jogadas da equipe.

Entre os reservas que participaram da partida na noite da última quarta-feira, além do lateral-esquerdo Hugo, que já atua com frequência e também foi bem contra o Defensa y Justicia, Gabriel Pires foi quem melhor aproveitou a oportunidade para se destacar e mostrar que pode virar uma boa opção para Bruno Lage.

Gabriel Pires viveu bom momento com Bruno Lage

É verdade que Gabriel Pires ainda está devendo nesta sua passagem pelo Botafogo. Há um ano no clube, o meia tem 34 partidas e apenas quatro gols e quatro assistências com a camisa botafoguense. No entanto, também é importante ressaltar que o meia chegou no clube, em 2022, vindo de um longo período sem jogar e demorou a entrar no ritmo do time do então técnico Luís Castro.

Mas a boa relação com Bruno Lage pode ser um diferencial neste momento. Os dois trabalharam juntos no Benfica, na temporada 2018/19. Juntos, os dois foram campeões portugueses e o meia viveu um de seus melhores momentos na carreira. O técnico, inclusive, falou sobre Gabriel Pires depois da partida da última quarta-feira.

– O Gabriel é um jogador com muita qualidade, vinha de uma lesão prolongada. Às vezes, o jogador já quer atuar muito. Nós perdemos o jogo contra o Tiquinho contra o Internacional, no jogo seguinte só demos 45 minutos para ele, contra o Guaraní. Nós estamos em um corrida para algo muito importante. Eu enquanto treinador tenho que gerir isso. A euforia de fora e toda a gente aqui dentro – afirmou Bruno Lage.

Confira os números de Gabriel Pires contra o Defensa y Justicia

  • Minutos em campo: 65
  • Gols: 1
  • Toques: 65 (71% de acerto)
  • Passes chaves: 4
  • Lançamentos (certos): 6 (4)
  • Duelos (vencidos): 9 (6)
  • Interceptações: 1
  • Desarmes: 1
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo