Bundesliga

O perdedor de Leipzig x Dortmund pode dar adeus a qualquer sonho de título da Bundesliga

Se houver um perdedor entre RB Leipzig x Borussia Dortmund neste sábado (9), a equipe derrotada poderá ver o líder abrir vantagem praticamente irreversível

A partir das 14h30 (horário de Brasília), deste sábado (9), acontece um decisivo Borussia Dortmund contra RB Leipzig no Signal Iduna Park. Válido pela 14ª rodada da Bundesliga, o duelo coloca o quinto colocado, no caso o mandante, contra o quarto. Sabendo que os três primeiros, Stuttgart, Bayern de Munique e Bayer Leverkusen, tem mantido uma regularidade impressionante, os dois sabem que uma derrota despacha o perdedor da luta pelo título nacional e, ainda, afasta de uma vaga na próxima Champions League.

No último final de semana, o Dortmund teve a chance de tentar diminuir a vantagem do líder Leverkusen, mas adotou uma postura de muito respeito ao adversário e teve que se contentar com o empate. O resultado manteve uma distância de 10 pontos da equipe de Edin Terzic da ponta da tabela. Com 25 de pontuação, o Borussia, se cair frente ao clube da Red Bull, pode ficar 13 atrás do líder e 10 vice (Bayern) caso a dupla vença, além de ver o rival direto pela quarta vaga na Europa abrir quatro de vantagem. Ao menos, na rodada terá um confronto direto entre Stuttgart e Leverkusen, o que pode evitar um maior distanciamento do terceiro ou do primeiro.

A equipe de Leipzig sofre exatamente do mesmo problema. Tem 26 pontos e pode ver Leverkusen e Bayern abrirem uma vantagem quase irreversível. Ainda os Bávaros tem um jogo a menos, então, se vencer, podem roubar a liderança (pelo atual saldo de gols) e abrir a mesma lacuna do Bayer entre o restante dos adversários.

Nós vimos no Brasil que 13 pontos podem ser revertidos, mas estamos falando do Bayern de Munique na Alemanha, além do ótimo Bayer Leverkusen do técnico espanhol Xabi Alonso, a tendência é, se Borussia e Leipzig permitirem, que a dupla de distancie ainda mais.

Bundesliga
# Seleção J V E D +/- Pontos
1 Bayer Leverkusen

Bayer Leverkusen

29 25 4 0 55 79
2 Bayern Munich

Bayern Munich

29 20 3 6 46 63
3 VfB Stuttgart

VfB Stuttgart

29 20 3 6 33 63
4 RB Leipzig

RB Leipzig

29 17 5 7 34 56
5 Borussia Dortmund

Borussia Dortmund

29 16 8 5 23 56
6 Eintracht Frankfurt

Eintracht Frankfurt

30 11 12 7 6 45
7 Augsburg

Augsburg

30 10 9 11 -1 39
8 SC Freiburg

SC Freiburg

29 11 6 12 -11 39
9 TSG Hoffenheim

TSG Hoffenheim

29 10 6 13 -8 36
10 Heidenheim

Heidenheim

29 8 10 11 -8 34
11 Borussia M'gladbach

Borussia M'gladbach

29 7 10 12 -6 31
12 Werder Bremen

Werder Bremen

29 8 7 14 -13 31
13 Union Berlin

Union Berlin

29 8 5 16 -20 29
14 Wolfsburg

Wolfsburg

29 7 7 15 -16 28
15 Bochum

Bochum

29 5 12 12 -25 27
16 Mainz

Mainz

29 5 11 13 -17 26
17 Cologne

Cologne

29 4 10 15 -28 22
18 Darmstadt

Darmstadt

29 2 8 19 -44 14

Ótimo na Champions, irregular na Bundesliga: Dortmund precisa de estabilidade

Mostrando (de novo) ser um clube azarado, o Dortmund foi cair logo no grupo F, o da morte na Champions League com Paris Saint-Germain, Newcastle e Milan. No fim, quem morreu na chave foram os adversários: os alemães venceram três dos cinco confrontos e já estão nas oitavas de final, jogando na última rodada por um empate para garantir a primeira colocação.

Esse Borussia absoluto da Champions, que passou mais da metade dos jogos sem sofrer gols, patinou na Bundesliga – justamente por sua defesa. Das 13 rodadas, o clube aurinegro só não foi vazado em três delas. São 20 gols sofridos, média de quase dois por jogo, e alguns placares bailarinos, como três vitórias por 4 x 2, um empate em 3 x 3 e, óbvio, o 4 a 0 sofrido para o Bayern.

A equipe de Terzic até perde pouco (além do Der Klassiker, foi superado apenas pelo Stuttgart), mas a defesa entregou alguns empates desnecessários.

Ao menos, o ataque tem tentado compensar. Sem alguém monopolizando os gols, os homens de frente se dividem na artilharia (Julian Brandt, Niclas Fullkug e Donyell Malen marcaram quatro cada) e a equipe soma 26 bolas nas redes na Bundesliga (média de dois a cada rodada).

Leipzig começou temporada aniquilando o Bayern, faltou manter o ritmo

Um 3 a 0 em cima do Bayern de Munique, valendo o título da Supercopa Alemã, é uma forma perfeita de ser iniciar uma temporada. Foi isso que o RB Leipzig de Marco Rose (ex-Dortmund) começou sua trajetória em 2023/24. Só faltou manter a mesma excelência vista na Allianz Arena na Bundesliga, mas patinou em jogos menores.

Sem citar o empate com os Bávaros – resultado, novamente, acima do esperado – e a derrota para o Leverkusen, o Leipzig não poderia perder para Mainz e Wolfsburg (este, inclusive, duas vezes e caindo na Copa da Alemanha) e empatar com o modesto Bochum. Os pontos perdidos nessas partidas poderiam ter colocado o clube do Leste da Alemanha na luta pelo título da Bundesliga.

Pela Champions, o time de Rose confirmou a classificação em segundo, atrás do todo poderoso Manchester City, que venceu os alemães duas vezes, incluindo uma virada após estar dois gols atrás no placar.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo