Copa da Inglaterra

Ten Hag coloca Guardiola no bolso e Manchester United é campeão da Copa da Inglaterra

Com muitos méritos, o Manchester United venceu o Manchester City na final da FA Cup e encerrou um jejum no torneio

Neste sábado (25), o Manchester United foi campeão da Copa da Inglaterra ao vencer a final contra o Manchester City por 2 a 1, em Wembley. O título foi uma revanche da última decisão do torneio, quando os Citizens venceram os Red Devils. Erik ten Hag também deu fim a um jejum na FA Cup que durava desde 2015/16.

Aliás, o técnico neerlandês deu uma resposta aos críticos, pois, antes da final da Copa da Inglaterra, a imprensa local noticiou que ele seria demitido independentemente do resultado contra o Manchester City.

Agora, resta saber se o Manchester United não vai mudar de ideia. Fato é que os Citizens pagaram o preço pelos seus erros na etapa inicial. Os Red Devils foram recompensados por sua eficiência.

Foto: (IconSport) - Manchester United comemora gol sobre o Manchester City na decisão da FA Cupa
Foto: (IconSport) – Manchester United comemora gol sobre o Manchester City na decisão da FA Cupa

Cadê o Casemiro?

Antes da bola rolar, uma polêmica movimentou a Copa da Inglaterra. Casemiro foi relacionado pelo Manchester United para a final contra o Manchester City.

Devido a um problema físico, o volante seria reserva. Entretanto, na divulgação da escalação dos Red Devils, o brasileiro sequer apareceu no banco de suplentes.

A assessoria de Casemiro confirmou o corte inesperado devido a uma pequena lesão muscular, segundo as informações da Premier League Brasil.

Como foi Manchester City x Manchester United pela Copa da Inglaterra

Como esperado, o Manchester United apostou na estratégia de uma marcação em seu próprio campo de defesa para dificultar a vida do Manchester City no ataque.

Enquanto os Citizens tinham a bola e tentavam furar a retranca do rival, os Red Devils mostraram muito foco para não abrir o ferrolho e, quando possível, partir em contra-ataque para buscar um golzinho.

O Manchester City dominou a posse de bola, mas não conseguiu transformar isso em chances claras de gol. Já o Manchester United se mostrou extremamente mortal.

Em um raro erro de passe de Rodri no meio-campo, os Red Devils fizeram uma rápida transição com uma bola aérea. A bola parecia que iria fácil nas mãos de Ortega, mas os Citizens bobearam.

Gvardiol não percebeu a saída do goleiro do Manchester City e cabeceou por cima dele. A sobra ficou com Garnacho, que só teve o trabalho para colocar no fundo da rede para dar a vantagem ao Manchester United.

O lance foi um baque para os Citizens, que chegaram a levar outro gol dos Red Devils, que foi anulado pela arbitragem por impedimento. O problema é que, no minuto seguinte, Mainoo estava em posição legal.

Rashford fez uma linda virada de jogo da esquerda para a direita. A bola foi cruzada rasteira para Bruno Fernandes, na entrada da área. Ele percebeu o volante do Manchester United desmarcado e fez o passe.

Mainoo não perdoou outro vacilo do Manchester City. E foi assim que Erik ten Hag foi para o intervalo com a vitória parcial, obrigando Pep Guardiola a se arriscar mais para ser campeão da Copa da Inglaterra.

Clássico é clássico, em final então…

Para o 2º tempo, os Red Devils não mudaram sua filosofia: linhas bem fechadas e à espera de contra-ataques. Os Citizens voltaram mais agressivos, arriscando mais chutes a gol.

E foi nessa pegada que o Manchester City bombardeou o gol do Manchester United. Primeiro, Haaland acertou o travessão em um arremate dentro da grande área.

Depois, Walker mandou uma bomba de fora da área no ângulo, mas Onana se esticou todo para fazer um milagre. Cara a cara com o goleiro, Julian Álvarez acabou finalizando para fora.

Apesar da insistência dos Citizens, os Red Devils não baixaram a guarda em nenhum momento. Contudo, a decisão da FA Cup ganhou ares de emoção graças a um frango de Onana.

Doku recebeu a bola na esquerda e cortou para o meio para arriscar um forte chute por baixo. Mesmo limpo na jogada, o goleiro do Manchester United acabou aceitando o gol do Manchester City.

Até o apito final, os Citizens partiram para o tudo ou nada. Entretanto, não havia tempo para mais nada. Os Red Devils são campeão da Copa da Inglaterra 2023/24.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo