Champions League Feminina

Lyon acaba com o Benfica e Chelsea passa pelo Ajax na Champions League Feminina

Sem surpresas nas quartas de final da Champions League feminina: Lyon e Chelsea estão classificados para a próxima fase

Nesta quarta-feira (27), a Champions League Feminina teve seus primeiros duelos de volta das quartas de final. E, como esperado, não tivemos surpresa, já que Lyon e Chelsea garantiram uma classificação tranquila à próxima fase do torneio. Aliás, Fenottes e Blues se aproveitaram da vantagem que construíram na ida para eliminar Benfica e Ajax, respectivamente.

Enquanto o Lyon voltou a golear, desta vez por 4 a 1, no Stade Municipal de Gerland, o Chelsea ficou apenas no empate por 1 a 1, no Wheatsheaf Park. Vale lembrar que as Fenottes ganharam das Águias por 2 a 1, em Portugal, enquanto as Blues passaram por cima das Godendochters na Holanda, por 3 a 0. Agora, as favoritas ao título da Champions League feminina aguardam suas próximas adversárias na semifinal.

De um lado, o Lyon encara o Häcken ou PSG, que fazem a volta nesta quinta-feira (28), na França. Na ida, as Parisienses venceram as suecas por 2 a 1, fora de casa. Já o Chelsea espera a decisão entre Barcelona e Brann. No primeiro confronto, as Blaugranas também venceram por 2 a 1, na Noruega. Em meio a esse cenário, saiba tudo o que aconteceu no primeiro dia da volta das quartas de final da Champions League feminina.

Champions League Feminina consolida favoritas ao título nas quartas de final

Lyon x Benfica

Assim como aconteceu na fase de grupos da temporada 2021/22, o Lyon aplicou duas goleadas no Benfica na Champions League Feminina. Apesar de estarem mordidas com as Fenottes, as Águias não tiveram capacidade de conseguir algo diferente nesta quartas de final. Assim como aconteceu na ida, as francesas controlaram as ações de jogo e engoliram as portuguesas.

Apesar de ter menos posse de bola, o Lyon foi uma máquina de atacar, tanto que terminou com praticamente o triplo de finalizações em relação ao Benfica. O destaque da decisão por uma vaga na semifinal da Champions League feminina ficou por conta de Diani, que marcou dois gols na partida e assumiu a artilharia da competição com sete bolas na rede.

Com plano de construírem seu próprio estádio, as Fenottes nadam de braçada em busca do nono título da Liga dos Campeões Feminina. Sob o comando de Michele Kang, que se tornou sócia majoritária do Lyon, as francesas não tomaram conhecimento do Benfica e desejam aumentar sua hegemonia no futebol feminino.

Chelsea x Ajax

O Chelsea foi superior no 1º tempo e conseguiu um golzinho para ampliar sua vantagem com Mayra Martínez, a contratação mais cara da história do futebol feminino. Em sua primeira partida pelos Blues na Champions League Feminina, a atacante não passou em branco e provou porque valeu o investimento junto ao Levante. Mesmo assim, o Ajax não se entregou sem lutar.

Com o ritmo mais lento das mandantes, as Godendochters partiram para o tudo ou nada e levaram o jogo para seu sistema ofensivo. Mesmo com mais chutes a gol, o Ajax não conseguiu fazer mais de um gol no Chelsea, que tem um motivo especial para sonhar com a taça da Liga dos Campeões Feminina em 2023/24. As Blues querem ser campeãs para se despedir com estilo de Emma Hayes, que vai assumir a seleção dos Estados Unidos em junho.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo