Campeonato Brasileiro Feminino

Corinthians estreia com vitória sobre o Grêmio no Brasileirão Feminino, mas desempenho preocupa Piccinato

Mesmo com triunfo por 3x0 sobre o Grêmio, Lucas Piccinato aponta falhas técnicas do Corinthians

Quase um mês após faturar o tri da Supercopa Feminina, o Corinthians estreou com vitória por 3 a 0 sobre o Grêmio, fora de casa, e deu o pontapé na busca pelo penta consecutivo do Brasileirão Feminino. No entanto, o técnico Lucas Piccinato, que assumiu o comando das Brabas nesta temporada, não ficou totalmente satisfeito com o desempenho da equipe no Rio Grande do Sul.

– Estou muito feliz pelos três pontos e pelo placar, obviamente, mas sabendo, muito consciente, que a gente tem que evoluir muito. Tecnicamente, a gente fez um jogo abaixo do que pode. Sabemos que no Campeonato Brasileiro, os jogos são muito em cima um do outro e cada um deles é muito complicado. Então, a gente tem que trabalhar, botar os pezinhos no chão e já começar a pensar no América Mineiro – afirmou o treinador após a partida.

As Brabas do Timão tiveram vantagem numérica durante todo o segundo tempo, após Mónica Ramos ser expulsa por botar a mão na bola na pequena área. Na visão do treinador, esse fato fez com que seus atletas fossem pouco exigidas pelas adversárias.

Aos 39 minutos da primeira etapa, a zagueira fez basicamente uma defesa com o braço direito para impedir o gol do Corinthians. A jogadora foi expulsa, e a árbitra marcou pênalti. Millene converteu a cobrança.

– Na questão física, é difícil avaliar, porque o Grêmio ficou com uma a menos durante quase 50 minutos. Então, é obvio que elas correram muito mais. Isso desgastou muito mais (as adversárias) e fez com que a gente estivesse um pouco mais inteiro na parte final do jogo. Eu não consegui fazer uma avaliação tão forte em relação à parte física, mas nosso time correu bem, isso que importa — acrescentou o técnico.

Corinthians e Fluminense venceram pelo mesmo placar na rodada e dividem a liderança do Brasileirão Feminino, com três pontos. O Palmeiras vem logo em seguida, com a mesma pontuação, mas com saldo inferior.

Preparação para enfrentar América-MG

Na próxima quinta-feira (21), o Corinthians já volta a campo pela segunda rodada do campeonato, diante do América-MG. A partida está marcada para às 21h (horário de Brasília), no Parque São Jorge. As jogadoras terão apenas três dias de descanso.

— O Campeonato Brasileiro é uma escada muito longa, e a gente tem que subir degrauzinho por degrauzinho com bastante foco. O que aconteceu na Supercopa já foi, e a gente tem que botar o pezinho no chão. A primeira rodada já mostrou muitos empates, equipes favoritas perdendo pontos e a gente não pode de jeito nenhum perder a concentração. A gente tem que manter o nível de foco mental para galgar o que a gente quer dentro da competição — analisou Piccinato.

Ataque goleador em 2024

Por mais que haja a insatisfação de Piccinato com alguns pontos técnicos do time, o setor ofensivo continua em alta. Contando com as primeira três partidas das Brabas nesta temporada, pela Supercopa Feminina, foram 10 gols marcados em apenas quatro jogos. Nesta segunda-feira (18), Millene balançou as redes duas vezes, enquanto Jheniffer fechou o placar no Estádio Airton Ferreira da Silva, no Rio Grande do Sul.

— Vitória importante, fora de casa, num jogo muito difícil. O Grêmio é uma equipe muito qualificada. Acho que a gente tem muito a melhorar, mas o resultado muito positivo. Vitória, isso é muito importante. E muito feliz começar fazendo gols. Estou trabalhando bastante, espero que eu possa continuar assim, mas ajudar a equipe da melhor maneira é o mais importante — analisou a atacante Millene na saída do gramado.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo