França

Pochettino achou que contratação de Messi era piada: “Podemos ir pegá-lo? Tenho que dirigir a van?”

O PSG contratou Messi, algo que Pochettino achou que era brincadeira quando Leonardo perguntou se ele queria o argentino

Já pensou poder contratar Lionel Messi para o seu time? Se no FIFA 22 isso já é um sonho, imagina então na vida real. Quando Mauricio Pochettino, técnico do Paris Saint-Germain, ouviu do diretor Leonardo se ele queria ter Messi no elenco, o treinador achou que era uma brincadeira do dirigente. Só que não era. De fato o jogador saiu do Barcelona e assinou com os parisienses por dois anos.

“Leonardo me ligou e disse: ‘A possibilidade está aí. Você quer ou não? ’A coisa boa foi que ele me ligou para perguntar. Eu disse a mim mesmo: ‘Isso é uma questão?’ Eu pensei que era uma brincadeira. É claro”, comentou Pochettino. “Eu disse a ele: ‘Nós podemos ir e pegá-lo? Eu tenho que dirigir a van?’ E foi assim que a negociação começou. Dali, Leonardo iria me ligar toda noite para dizer qual era a situação”.

A surpresa era natural. Depois de querer deixar o Barcelona em 2020, o argentino queria permanecer em 2021 e já tinha tudo acertado. Um novo contrato já tinha sido acordado e só faltava mesmo assinar. Para surpresa de todos, inclusive dele mesmo, o Barcelona não podia cumprir a sua parte e ele se despediu dos culés. E olha que ele tinha aceitado ganhar metade do salário que recebia no ano anterior. O presidente do Barcelona tinha esperanças que o craque oferecesse jogar de graça.

Isso obviamente não aconteceu. Até porque o PSG estava prontinho para levar o argentino com pompa e circunstância para Paris. Aos 34 anos, acertou um contrato monumental com os franceses, com dois anos de duração. Passou a fazer parte de um elenco recheado de craques no clube parisiense, junto ao amigo Neymar e com Kylian Mbappé, que permaneceu.

“Todo mundo assumiu que Messi continuaria no Barcelona”, contou Pochettino. “Muitos clubes, se não todos, sonharam em ter Messi com ele livre no mercado. Do momento que o PSG mostrou interesse, Leo queria vir para cá. Tudo aconteceu muito rápido. Temos que ressaltar o trabalho feito por Leonardo, nosso presidente e todos os executivos do clube que em dois ou três dias foram capazes de contratar o melhor jogador do mundo”.

Messi chegou, mas Mbappé continua parecendo que quer sair. O jogador deu uma entrevista dizendo que pediu de fato para sair no fim de julho e só deixaria o PSG se fosse para se transferir ao Real Madrid. Os merengues estão confiantes que poderão contratar o craque já em janeiro.

O PSG, porém, continua confiante que poderá convencer Mbappé a assinar um novo contrato. “Quem não pensaria que o PSG não iria querer que ele continua aqui por muitos anos mais?”, disse Pochettino. “O clube tentará convencê-lo e seduzi-lo para continuar aqui”. Segundo a ESPN britânica, a mãe de Mbappé, Fayza Lamari, disse que o filho está negociando uma renovação de contrato com o PSG, apesar do interesse declarado do Real Madrid.

“Ele é claro sobre as coisas e ama futebol. Ele tem só 22 anos, mas é muito maduro para gerenciar esse tipo de situação em relação ao seu futuro. Não tenho dúvidas na minha mente que Kylian pode encarar qualquer desafio que o futuro traga para ele”, disse Pochettino.

“Você não pode subestimar os jogadores de futebol. Eles têm o seu entorno, seus conselheiros, mas são eles que controlam suas próprias decisões. Kylian tomará as decisões que precisarem tomar e o clube fará todo o possível para manter Kylian porque estamos falando sobre um dos melhores jogadores do mundo. Ele tem 22 anos e um grande potencial”.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo