Eurocopa 2024

Southgate sabe o que precisa fazer na Eurocopa para evitar demissão

Técnico teme pelo fim de seu ciclo a frente da seleção inglesa caso não tenha bom resultado na competição

A derrota para a Islândia, na última sexta-feira (7), abriu uma ferida dolorosa nos torcedores da seleção da Inglaterra, e gerou muitos questionamentos acerca do trabalho de Gareth Southgate a frente da equipe.

Por que uma geração tão talentosa, com nomes de peso como Foden, Bellingham, Cole Palmer e Harry Kane, não está conseguindo render como deveria?

Estas e outras perguntas feitas pelos torcedores nas redes sociais, e mesmo entre os veículos de imprensa, colocou uma pressão extra no trabalho do técnico do English Team.

A situação chegou em um nível no qual, caso a Inglaterra não consiga o título da Eurocopa, é bem provável que Southgate não chegue até a Copa do Mundo de 2026, e encerre seu ciclo no comando da Inglaterra após a competição continental.

O tema gerou preocupação no treinador inglês, que entende que somente o título europeu pode salvar o seu cargo no comando da seleção.

Southgate concedeu entrevista ao portal alemão Bild falando sobre seu futuro como treinador após a Eurocopa.

“Se não ganharmos, provavelmente não estarei mais aqui. Pode ser a última chance. Penso que cerca de metade dos treinadores de seleções saem depois de um torneio. Essa é a natureza do futebol mundial” disse Southgate.

Southgate entende momento mais frágil de seu trabalho na Inglaterra

Quarto colocado na Copa do Mundo de 2018, vice-campeão da Eurocopa em 2020, e eliminado ainda nas quartas de final para a França no último Mundial, Southgate sabe que o torcedor não tem mais paciência para fracassos.

Portanto, o treinador entende que, com o passar do tempo, sua mensagem enfraqueceu com a falta de títulos.

O rebaixamento na Liga das Nações também pesou contra Southgate, que terá na Eurocopa, uma última chance para mostrar seu valor, e se manter como técnico da Inglaterra.

“Estou aqui há quase oito anos e nos aproximamos (de títulos), então sei que você não pode ficar na frente do público e dizer ‘por favor, espere um pouco mais’, porque em algum momento as pessoas vão perder a fé na sua mensagem”, afirmou o técnico inglês.

Southgate
Ciclo de Southgate pode chegar ao fim em caso de novo fracasso na Eurocopa. Foto> Icon Sport

Números de Southgate no comando da Inglaterra

  • 90 jogos disputados;
  • 60 vitórias;
  • 18 empates;
  • 17 derrotas;
  • 217 gols marcados, e 77 gols sofridos;
  • Principais feitos: 3º colocado na Copa do Mundo de 2018, vice-campeão da Euro 2020, eliminado nas quartas de final do Mundial do Catar em 2022.

Equipe mais experiente, e forte ofensivamente

Apesar de temer a demissão, Southgate entende que a equipe da Inglaterra evoluiu desde a disputa da última Copa do Mundo, está mais experiente, e virá mais forte para brigar pelo título da Eurocopa.

— Temos grande profundidade na equipe, especialmente ofensivamente. A equipe evoluiu desde a última Copa do Mundo e ganhou mais experiência — afirmou Southgate.

Além da habilidade com a bola nos pés, a Inglaterra precisará ser eficiente para chegar longe, e convencer seu torcedor e imprensa de que está no caminho certo para conquistar títulos e encerrar seu ciclo de decepções internacionais.

A Inglaterra está no Grupo C da Eurocopa, ao lado da Eslovênia, Sérvia e Dinamarca. A estreia da equipe está marcada para o dia 16 de junho, às 16h (horário de Brasília), contra a Sérvia na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo