Eurocopa 2024

No dia em que igualou Buffon, Neuer foi essencial para 2ª vitória da Alemanha na Euro

Aos 38 anos, Manuel Neuer teve mais uma atuação de gala na carreira e ajudou a Alemanha a vencer a Hungria com algumas belíssimas defesas

Nesta quarta-feira (19), a Alemanha venceu a Hungria por 2 a 0, na MHP Arena, pela 2ª rodada do Grupo A da Eurocopa. E um dos principais personagens da partida foi Manuel Neuer.

O goleiro da Nationalelf igualou um recorde de Gianluigi Buffon na competição. Ao lado do italiano, Neuer é o jogador com mais jogos disputados na história da Euro, com 17 – e contando.

Só que não dá para resumir a importância do arqueiro a esse mero feito. Aos 38 anos, Manuel Neuer continua provando porque é o titular absoluto da seleção alemã – mesmo que Ter Stegen não concorde com isso.

Contra a seleção húngara, o goleiro facilitou a vida da Alemanha ao transmitir segurança lá atrás, enquanto os jogadores de linha podiam ser mais ousados para buscar o ataque.

Com uma rápida intervenção para evitar a pressão dos Magiares na saída de bola, Neuer também fez uma defesa espetacular ao buscar uma cobrança de falta que parecia indefensável.

Gündoğan também merece aplausos

Manuel Neuer à parte, İlkay Gündoğan também merece aplausos. O capitão da Alemanha apresentou um futebol de gala, sendo outro grande responsável pelo triunfo sobre a Hungria.

O meia da Nationalelf participou dos dois gols contra os Magiares com uma assistência e uma finalização certeira. Aos 33 anos, Gündoğan prova que é peça fundamental da seleção alemã de Julian Nagelsmann.

Como foi Alemanha x Hungria pela Eurocopa

No 1º tempo, a Hungria mostrou para a Alemanha que não iria estacionar o ônibus lá atrás e abdicar do jogo. Na verdade, os Magiares chegaram a incomodar a defesa da Nationalelf, que também não quis dar brecha para a zebra.

Com mais posse de bola, a seleção alemã dominou as principais ações do jogo, mas teve dificuldades em transformar essa superioridade em chances claras de gol. A seleção húngara também montou uma forte marcação.

A Alemanha conseguiu abrir o placar de forma polêmica. Após uma rápida troca de passes na frente da grande área da Hungria, a bola sobrou viva dentro da grande área.

Gündoğan deu um jogo de corpo nas costas de Orban, e Musiala aproveitou o bate-rebate para mandar a bola para o fundo da rede. Logo na sequência, os húngaros quase empataram a partida.

Uma cobrança de falta frontal de Szoboszlai mandou a bola praticamente no ângulo, mas Neuer operou um milagre. E isso foi tudo entre seleção alemã e seleção húngara até a ida para o intervalo.

Olho neles

Para o 2º tempo, a Alemanha voltou bem melhor do que a Hungria, que foi incapaz de ser assertiva para buscar o gol. Na verdade, a Nationalelf engoliu os Magiares.

Insatisfeita com a vantagem mínima, a seleção alemã foi para cima da seleção húngara, que não apresentou a mesmo força da etapa inicial. E após tanto insistir, a Nationalelf castigou finalmente os Magiares.

Em ótima jogada trabalhada na frente da grande área da Hungria, a Alemanha desestabilizou as linhas adversários. Na esquerda, Mittelstädt cruzou rasteiro para Gündoğan, que completou para o gol.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus CristianiniRedator

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo