Eurocopa 2024

Pupilo de técnico brasileiro é protagonista de vitória da Suíça na estreia da Eurocopa

Suíços abrem 2 a 0 com facilidade, levam pressão no segundo tempo, mas saem com merecida vitória

Michel Aebischer, jogador do Bologna, treinado na última temporada pelo técnico Thiago Motta, foi o protagonista da Suíça na estreia da Eurocopa.

Na manhã deste sábado (15), em Colônia, o time treinado por Murat Yakin bateu a Hungria pelo placar de 3 a 1, no encerramento da primeira rodada do Grupo A.

Com um gol e uma assistência, o camisa 20 do Bologna infernizou a defesa húngara com passes, dribles, e outras jogadas de efeito no ataque suíço.

Aebischer deu passe primoroso para Duah anotar o primeiro gol da partida, aos 12 minutos da etapa inicial, e no final do primeiro tempo, acertou um lindo chute colocado para ampliar.

No segundo tempo, a Suíça recuou mais do que o esperado, chamou a Hungria para seu campo de defesa, e acabou levando um gol de Varga, aos 21 minutos.

Contudo, o gol de honra dos húngaros não passou de um esboço de reação, e no final, Embolo marcou o terceiro e último gol dos suíços.

Com a vitória, a Suíça garantiu uma importante resultado, chegando aos mesmos três pontos da Alemanha no Grupo A.

Artilheiro suíço nasceu em Londres e joga em um dos maiores campeões da Europa

O primeiro gol da Suíça na manhã deste sábado foi marcado por Kwadwo Duah. Em 11 dias, o atacante nascido em Londres, mas de descendência ganesa, disputou seus dois primeiros jogos pela seleção europeia.

Destaque do Ludogorets da Bulgária, Duah defende o clube que ostenta uma marca impressionante na Europa:  venceu os últimos 13 Campeonatos Búlgaros de forma consecutiva (Parva Liga).

Outro detalhe é que, com o gol marcado neste sábado, Duah se tornou o primeiro jogador da liga búlgara a marcar um gol em Eurocopa.

Hungria decepciona na estreia da Eurocopa

As previsões apontavam um jogo equilibrado entre Suíça e Hungria, ou mesmo um placar favorável aos húngaros tendo em vista os últimos jogos.

O time treinado por Marco Rossi vinha de uma ótima sequência, com apenas uma derrota em 16 jogos, incluindo resultados contundentes contra Inglaterra e Alemanha.

Em 2022, a Hungria goleou os ingleses por 4 a 0, e bateu os alemães por 1 a 0 em jogos válidos pela Liga das Nações da Uefa. Contudo, nada deu certo na manhã deste sábado.

Em um primeiro tempo apático, os húngaros pouco agrediram, e passaram por sérios problemas na defesa. O time melhorou na segunda etapa com o recuo da Suíça, mas a derrota foi inevitável.

Com nenhum ponto somado, assim como a Escócia, a Hungria terá a Alemanha na próxima rodada, e precisa vencer para ainda pensar em classificação.

Embolo sai do banco e define o jogo

A Suíça fez um ótimo primeiro tempo em Colônia, abriu 2 a 0 de vantagem, mas acabou recuando demais na etapa complementar.

O gol de Varga deu outra cara para o jogo, mas Embolo saiu do banco de reservas para resolver a partida. O atacante do Mônaco foi lançado aos 48 minutos do segundo tempo, brigou com os zagueiros e tocou com cobertura para marcar o terceiro da Suíça.

Um detalhe interessante da jogada é que o atacante acabou deixando uma proteção de sua perna para trás no momento em que dividiu a bola com o zagueiro húngaro.

Mesmo desprotegido, seguiu em frente e sacramentou a primeira vitória dos suíços na edição 2024 da Eurocopa.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo