Eurocopa 2024

Se futebol fosse justo, Inglaterra não deveria passar nem da fase de grupos da Eurocopa

A toda poderosa Inglaterra dá aulas do que uma favorita não deve fazer na Eurocopa - e empate contra Eslovênia comprova isso

Nesta terça-feira (25), a Inglaterra empatou com a Eslovênia por 0 a 0, no RheinEnergieStadion, em Colônia, pela última rodada do Grupo C da Eurocopa 2024. E quem perdeu foi o futebol.

Antes da bola rolar na Alemanha, todos colocavam o English Team como um dos principais favoritos ao título do torneio. Contudo, no quesito atuação, a seleção inglesa não deveria nem passar da fase de grupos.

Sob o comando de Gareth Southgate, os Three Lions não parecem um time. Contra as Águias Verdes Europeias, a desorganização da Inglaterra foi muito clara.

O English Team não sabe atacar como equipe, apostando (quase sempre) nos chuveirinhos dentro da área. A seleção eslovena, que nada tem a ver com isso, ainda ganhou de presente uma vaga nas oitavas de final da Euro.

A seleção inglesa tem sido pavorosa nesta competição. É claro que os Three Lions podem até ser campeões da Eurocopa, porque isso é futebol. Contudo, Southgate e companhia não fazem nada para atingir esse objetivo.

Como foi Inglaterra x Eslovênia pela Eurocopa

Como tem sido comum nesta Eurocopa, a Inglaterra fez um 1º tempo morno – para não dizer completamente frio. Já a Eslovênia fez uma partida segura, seguindo sua estratégia.

O principal problema dos Three Lions (mais uma vez) foi a falta de criatividade para construir jogadas de perigo. Sem muita inspiração, o jogo contra as Águias Verdes Europeias ficou fadado ao marasmo.

Para ser justo, a seleção eslovena até tentou chegar ao ataque, mesmo sem ter a maior posse de bola. Contudo, nem eles, tampouco a seleção inglesa, foram capazes de abrir o placar.

O English Team até chegou a marcar um gol numa rara troca de passes na lateral. O cruzamento de Foden encontrou um desmarcado Saka, que empurrou para o fundo da rede dentro da grande área.

Entretanto, a Inglaterra estava em posição de impedimento na origem da jogada, para o alívio das Águias Verdes Europeias. Dali para frente, a Eslovênia continuou se defendendo bem.

Os Three Lions até fizeram uma pressão antes do intervalo, mas não o suficiente para incomodar as Águias Verdes Europeias. Uma pena, pois parece que a seleção inglesa sequer viajou para a Alemanha para disputar a Euro.

O impossível aconteceu

Para o 2º tempo, aquilo que parecia impossível, aconteceu. E não, não estamos falando de uma melhora da Inglaterra, ou até mesmo de uma baita surpresa por parte da Eslovênia.

Na verdade, o jogo, que já era ruim, ficou ainda pior. As Águias Verdes Europeias abdicaram de vez da partida, apostando na retranca total sem qualquer tipo de possibilidade de contra-atacar.

Já o English Team mostrou que praticamente não tem repertório algum. Gareth Southgate foi incapaz de montar qualquer tipo de jogada trabalhada em equipe para buscar a vitória.

Sem o coletivo, a parte individual da seleção inglesa também viveu um dia de cão, facilitando a vida da seleção eslovena. Em linhas gerais, os Three Lions e as Águias Verdes Europeias não fizeram nada digno de nota.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo