Eurocopa 2024

Holanda destrói conto de fadas da Turquia e se classifica na Eurocopa pelos detalhes

De virada e no sufoco, a Holanda venceu a Turquia e garantiu sua merecida vaga na semifinal da Eurocopa 2024

Neste sábado (6), a Holanda venceu a Turquia por 2 a 1, no Olympiastadion, em Berlim, pelas quartas de final da Eurocopa 2024, e se classificou para a próxima fase.

Com isso, a Laranja Mecânica destruiu o conto de fadas da seleção das Estrelas Crescentes, que fizeram uma partida valente e quase ficaram com a vaga na semifinal do torneio.

Contudo, os holandeses ficaram com a vaga na semi da Euro por casa dos detalhes. Em quase todo o jogo, os turcos deram uma aula de comprometimento e eficiência defensiva.

De tanto insistir, a Holanda achou aquilo que mais procurou: as falhas da Turquia. Em duas bobeadas lá atrás, as Estrelas Crescentes pagaram o preço amargo e testemunharam a virada da Oranje.

Cabe destacar também a resiliência dos holandeses, que não desistiram em nenhum momento de bater de frente com os turcos. No final, quem ganhou foi a Eurocopa, que proporcionou um verdadeiro jogão.

Como foi Holanda x Turquia pela Eurocopa

No início do primeiro tempo, a Holanda tentou ditar seu ritmo de jogo perante a Turquia, dominando a posse de bola e trocando passes perto da grande área adversária.

Entretanto, o time das Estrelas Crescentes montou duas linhas de cinco defensores e amarrou a Laranja Mecânica, que não tinha criatividade (ou velocidade) para criar jogadas perigosas de gol.

Mais do que isso, os turcos passaram a gostar mais da partida e buscaram o ataque. E no momento que a seleção holandesa sofria com a pressão do rival, o que parecia inevitável finalmente aconteceu.

Em sobra de escanteio na direita, Arda Güler cruzou no segundo pau e encontrou Akaydin, que testou firme para o fundo do gol. E isso foi tudo até o intervalo entre Holanda x Turquia nas quartas de final da Euro.

Os detalhes fazem a diferença

Para o segundo tempo, a Oranje partiu para o tudo ou nada na esperança de conseguir uma reação frente às Estrelas Crescentes. O jogo se transformou em um verdadeira ataque x defesa.

A princípio, a Turquia seguia com uma marcação impecável, enquanto a Holanda tinha dificuldades de progredir as jogadas – apesar de um ritmo levemente mais acelerado.

Só que o gol de empate dos holandeses saiu de um raro vacilo da seleção turca. Memphis Depay cruzou da direita e encontrou De Vrij, completamente livre, para cabecear para o fundo da rede.

Esse detalhe foi crucial para a sequência da partida, pois a Laranja Mecânica enfraqueceu o psicológico da seleção das Estrelas Crescentes e virou o placar praticamente no lance seguinte.

Em toques rápidos perto da área, Dumfries cruzou uma bola rasteira venenosa. A defesa da Turquia não afastou, e Müldür acabou empurrando para o próprio gol – para a alegria da Holanda.

No apagar das luzes, os turcos se atiraram no ataque para tentar o empate. Na base do sufoco, os holandeses sobreviveram ao bombardeio e puderam sorrir com o apito final.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo