La Liga

Messi chega a 14 gols em 14 jogos em 2021 e decide vitória do Barcelona sobre o Sevilla

Em um ano que o Barcelona parece mais uma vez sofrer com inconsistência de atuações, há algo que sempre é confiável: o seu capitão. Lionel Messi tem feito um grande 2021, com 14 gols em 14 jogos desde a virada do ano, o que faz com que os catalães estejam na disputa pelo título de La Liga. Neste sábado, o camisa 10 foi o grande nome da vitória por 2 a 0 sobre o Sevilla com uma assistência e um gol na reta final, quando o jogo estava complicado.

O jogo contra o Sevilla tinha mais do que três pontos em jogo. Jogar no estádio Ramón Sánchez PIzjuan significava um adversário difícil e que briga por vaga na Champions League, como tem sido comum, mas também significava enfrentar o time que venceu o Barcelona por 2 a 0, nesse mesmo estádio, pela Copa do Rei, no dia 10 de fevereiro. Os dois times voltarão a se enfrentar na quarta-feira, dia 3, pelo jogo de volta no Camp Nou. Tudo isso e ainda em jogo a enorme distância do Atlético de Madrid na ponta da tabela de La Liga, que precisa ser reduzida e, portanto, é preciso ganhar pontos.

O técnico Ronald Koeman levou a campo uma formação com três zagueiros, Oscar Mingueza, Gerard Piqué e Clément Lenglet, liberando seus dois laterais muito ofensivos, Sergiño Dest e Jordi Alba. Além disso, formou um trio de meio-campo com Sergio Busquets mais atrás, Frenkie De Jong e Pedri formando a base alta do triângulo. No ataque, Ousmane Dembélé e Lionel Messi.

LEIA TAMBÉM:
Suárez sobre provar no Atleti que não estava ultrapassado: “Era uma questão de amor próprio”
O Elche impunha outro jogo duro ao Barcelona, mas Messi liderou a vitória no segundo tempo
Mbappé tirou o Barcelona para dançar e comandou o baile dentro do Camp Nou: goleada do PSG por 4 a 1

O Sevilla tinha em campo dois ex-Barcelona: o atacante Munir El Haddadi, revelado pela base do clube, e Ivan Rakitic, que veste a 10 do Sevilla e estava na equipe catalã até a última temporada. Foi um dos que deixou o clube depois da humilhação sofrida diante do Bayern de Munique, na fase final da Champions League.

Com todos esses elementos em campo, o que se viu foi um bom jogo do Barcelona. Um time que não se vê frequentemente nesta temporada: consistente ao longo do jogo, defensivamente seguro e que foi melhor que o adversário o jogo todo. Não foi nenhum massacre, claro, mas os blaugranas mostraram um bom futebol e domínio do jogo ao longo dos 90 minutos. Sem sustos, algo que também se tornou habitual para este time do Barcelona.

Depois de algumas chegadas ao ataque sem levar tanto perigo, mas sempre rondando, o time visitante chegou finalmente de forma efetiva. A bola saiu dos pés de Lionel Messi, que colocou em profundidade para Ousmane Dembélé avançar em velocidade, nas costas de defesa, e chutar de pé esquerdo para marcar 1 a 0, aos 28 minutos.

O domínio do Barcelona seguiu, com o time tentando ampliar. Dest cruzou uma bola com perigo que acabou ficando alta demais para Frenkie De Jong e foi afastada pela defesa. O Sevilla terminou o primeiro tempo sem finalizar uma vez sequer ao gol. Não passou nem perto de ameaçar o gol de Marc-André Ter Stegen.

No segundo tempo, o técnico Julen Lopetegui mudou o Sevilla. Já no intervalo, fez três mudanças, com as entradas de Youssef Em-Nesyri, Suso e Karim Rekik nos lugares de Munir, Alejandro Gómez, em partida apagada, e Diego Carlos. Apesar de todas as mudanças e a melhora que de fato aconteceu, o que se viu em campo foi o Barcelona ainda tendo as melhores chances do jogo.

No fim da partida, Messi recebeu de Ilaix Moriba, passou pela marcação e, de frente parta o gol, chutou, mas Bono defendeu. O próprio argentino pegou o rebote e, já sem goleiro, tocou para marcar 2 a 0 e fechar a conta da partida, já que o relógio marcava 40 minutos.

O Barcelona sobe a 53 pontos, dois a menos que o Atlético de Madrid, mas com dois jogos a mais. Já são 15 jogos de invencibilidade em La Liga, com a última derrota justamente para o Atlético de Madrid, no dia 5 de dezembro. São três empates e 12 vitórias nesse período. Depois do péssimo início de temporada na liga espanhola, o Barcelona se coloca na briga pelo título.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.