La Liga

Ancelotti mostra que prioriza o Real Madrid e novela envolvendo a Seleção Brasileira continua

Em entrevista coletiva, o técnico Carlo Ancelotti disse estar orgulhoso pelo interesse da Seleção Brasileira, mas confirmou que aguardará até o fim pela renovação com o Real Madrid

A novela envolvendo Carlo Ancelotti e a Seleção Brasileira continua e ganhou um novo capítulo neste sábado (25). Em entrevista coletiva na véspera do duelo fora de casa contra o Cádiz, pela 14ª rodada de La Liga, o treinador do Real Madrid voltou a ser perguntado sobre a seleção pentacampeã mundial, mas despistou, e mostrou mais uma vez que sua prioridade é o clube merengue.

Por mais que já tenha sido confirmado por Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, como próximo técnico do Brasil, Ancelotti ainda dá indícios de que pode (e provavelmente vai) continuar em Madri. O italiano disse estar “orgulhoso” por ter seu nome vinculado à Seleção Brasileira, mas não comentou sobre a possibilidade de assumir a seleção pentacampeã mundial ao fim de seu contrato com o Real Madrid, válido até o fim da temporada 2023/24.

— Me dá orgulho que uma seleção, uma das maiores do mundo como é a seleção do Brasil, fale de mim. Isso me dá muito orgulho e nada mais. Está tudo muito claro, eu tenho contrato até 30 de junho e até essa data eu não vou responder sobre o meu futuro — declarou.

A frase de mais impacto de Ancelotti, no entanto, foi outra bem mais curta. Com um simples “claro que sim”, ele confirmou que esperará uma proposta de renovação do clube merengue até o último dia do vigente vínculo, deixando evidente mais uma vez que não tem nada acertado com a CBF e que sua permanência na Espanha depende somente de Florentino Pérez.

Vale lembrar que o jornal Marca noticiou em julho que Carlo Ancelotti foi pego de surpresa com a fala de Ednaldo assegurando que assumiria o Brasil a partir da Copa América de 2024. Por esta razão, ele entrou em contato com o presidente da CBF para deixar claro a “prioridade absoluta” ao Real Madrid, tanto no presente como até no futuro.

Negociações com o Real e conselho de Mourinho

As negociações com o Real Madrid sobre uma renovação contratual, por outro lado, não vão de vento em popa. De acordo com notícias recentes da mídia espanhola, as últimas proposta para extensão de vínculo feitas pelo clube merengue não agradaram Ancelotti.

Por mais que coloque o maior campeão da Champions League como prioridade, o treinador italiano não estaria convencido de prolongar seu contrato por mais uma temporada com as mesmas condições do atual acordo. O comandante ainda temeria ser demitido em caso de uma sequência ruim de resultados nos próximos meses.

Em meio a tudo isso, não é só Ancelotti que é abordado sobre sua novela com o Brasil. Nesta semana, José Mourinho foi quem afirmou que seria uma loucura deixar o Real Madrid. O atual técnico da Roma também já foi especulado na Seleção Brasileira e poderia ser o substituto do italiano no comando merengue.

— Se eu posso ir para o Real Madrid? Quando você tem um super técnico, por que você iria querer outra pessoa? Conhecendo Don Florentino Pérez, e eu o conheço muito bem, ele é um homem super inteligente. Se você ler os jornais, verá que ele tem algumas ideias muito claras — disse Mourinho.

— Como Madridista, um homem que tem os Blancos nas costelas, e como um fã de Ancelotti, eu espero que a temporada vá fantasticamente bem e que na próxima temporada Carlo ainda esteja lá, porque ele é o técnico perfeito para o Real Madrid — opinou o português.

Mourinho foi além, afirmou que apenas um maluco deixaria o Real Madrid, relembrou sua saída do clube em 2013 e disse acreditar na permanência de Ancelotti.

— Acho que só um maluco deixaria o Real Madrid quando ainda é querido. E esse maluco fui eu, o único que depois de três anos, com um presidente que ainda me queria, e José Sánchez também, decidi sair. Eu estou certo que no primeiro sinal de Florentino, Carlo irá permanecer, porque ele é perfeito para o Real Madrid e o Real Madrid é perfeito para ele — concluiu.

Foto de Felipe Novis

Felipe Novis

Felipe Novis nasceu em São Paulo (SP) e cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Antes de escrever para a Trivela, passou pela Gazeta Esportiva.
Botão Voltar ao topo