Espanha

Anunciado pela CBF, Carlo Ancelotti avisa que prioridade é o Real Madrid

Italiano tem mantido comunicação ativa com a direção espanhola em relação a seu futuro

Diferentemente do que afirmou Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, a vinda do técnico Carlo Ancelotti para a seleção brasileira não está tão certa quanto parece, segundo informações desta quinta-feira do jornal Marca.

Animado com a volta aos trabalhos para a próxima temporada, o treinador chamou a CBF para deixar claro seu compromisso com o Real Madrid, seu atual clube, e que a confederação brasileira baixe o tom, informou o diário espanhol.

A fala de Rodrigues de que Ancelotti assumiria o Brasil a partir da Copa América de 2024 – e que até lá Fernando Diniz seria o interino –, pegou de surpresa o comandante italiano. Isto porque o conflito de interesses é algo que se choca com a mentalidade do treinador do Real, aponta o jornal.

E foi por esta razão que ele entrou em contato com a CBF e Ednaldo para deixar claro a “prioridade absoluta” ao Real Madrid, tanto no presente como até no futuro. O entendimento é de que, caso de fato se despeça do clube espanhol, Ancelotti poderá avançar com a seleção brasileira. Por enquanto, não mais que isso.

LEIA: CBF criará um problema ao ter Fernando Diniz na Seleção e no Fluminense ao mesmo tempo

Carlo Ancelotti tem mantido a comunicação ativa com o Real Madrid em relação a seu futuro, e o pedido para a CBF é que a confederação baixe o tom em relação às declarações e a pressão sobre sua vinda para a seleção.

A afirmação de Ednaldo Rodrigues sobre a chegada de Ancelotti em 2024 não foi bem recebida pelos dirigentes do Real. Porém, o clima já voltou à normalidade com o retorno das atividades para o início da temporada.

Desta forma, já está claro para os dirigentes da CBF que a seleção brasileira deverá esperar até meados de 2024.

Reunião entre Real Madrid e CBF

Por conta da indefinição sobre Carlo Ancelotti – e também pela declaração de Ednaldo Rodrigues –, Real Madrid e CBF tiveram uma reunião na segunda-feira (10).

O intuito do encontro entre Rodrigues e Florentino Pérez, presidente merengue, foi debater justamente o futuro do técnico italiano, e outros temas, como o planejamento para a próxima temporada e transferências.

Foi necessário que Ancelotti deixasse clara a prioridade ao Real, e que, nesta reunião, CBF e Real pudessem expor os planos e prioridades.

Segundo informou o jornal As, o clube tem a intenção de renovar com o italiano, que, por sua vez, também gostaria de permanecer, caso receba a proposta.

CBF confirmou Diniz como interino e Ancelotti em 2024

A CBF anunciou, na semana passada, que Fernando Diniz vai dirigir a seleção brasileira de maneira interina até o ano que vem. O treinador vai conciliar o comando do time do Brasil com o trabalho que realiza no Fluminense durante seu contrato com a seleção.

Os primeiros jogos de Diniz devem ser em setembro, contra as seleções da Bolívia e do Peru.

Durante o anúncio, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, afirmou que, em junho de 2024, Carlo Ancelotti assumiria o comando já para a disputa da Copa América.

Foto de Guilherme Padin

Guilherme Padin

Nascido em São Paulo (SP) e formado em Jornalismo pela Anhembi Morumbi, em 2017, Guilherme Padin escreveu para Footstats, FOX Sports, EL PAÍS Brasil e Portal R7. Participou da cobertura da Olimpíada de 2016, da Copa do Mundo de 2018 e cobriu os Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, in loco.
Botão Voltar ao topo