Brasil

Mesmo pouco aproveitado, jovem volante tem contrato renovado pelo Grêmio até 2027

Tricolor Gaúcho renovou contrato de Ronald até 2027, mesmo que o volante formado nas categorias de base do clube some menos de 200 minutos em campo nesta temporada

O Grêmio anunciou na manhã desta quarta-feira (22) a renovação de contrato de Ronald. Com toda formação nas categorias de base do Tricolor Gaúcho, o volante teve seu vínculo, que terminaria em 2025, ampliado até o final de 2027.

A renovação de contrato acontece mesmo com baixo aproveitamento de Ronald desde sua ascensão ao elenco profissional do Grêmio, em 2023. Ao todo, o volante soma apenas 14 jogos, com um gol marcado nos 590 minutos em que esteve em campo. Na atual temporada, ele atuou somente quatro vezes, sendo duas como titular, por 174 minutos.

Ronald se destaca pela trajetória nas categorias de base do Grêmio

Ronald tem a seu favor o histórico pelas categorias de base da Seleção Brasileira. Em 2023, ele foi campeão do Sul-Americano Sub-20, disputou o Mundial Sub-20, em que o Brasil foi eliminado nas quartas de final, para Israel, e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, com direito a gol na final, contra os donos da casa do Chile.

No início deste ano, Ronald também participou do Pré-Olímpico, em que o time de Ramon Menezes não conseguiu a classificação para Paris. Ao mesmo tempo em que essas competições internacionais deram experiência para Ronald, elas prejudicaram seu aproveitamento no Grêmio, já que em vários períodos o jovem volante não esteve à disposição do técnico Renato Portaluppi.

No profissional do Grêmio, Ronald pouco mostrou

Ronald até teve início promissor no profissional do Grêmio. Em sua estreia, marcou o gol da vitória sobre o Atlético-MG, por 1 a 0, no Campeonato Brasileiro do ano passado, em sua especialidade: jogo aéreo. Na reta final daquele Brasileirão, também teve boa atuação na vitória épica do Tricolor Gaúcho, de virada, por 4 a 3, sobre o Botafogo, em São Januário.

Porém, nos minutos em que esteve em campo até aqui em 2024, Ronald pouco mostrou. Embora seja verdade que o contexto não colaborou. Ele foi escalado no time reserva que empatou com o Ypiranga, em 0 a 0, pelo Campeonato Gaúcho, e que perdeu por 2 a 0, para o São Luiz, pela Recopa Gaúcha, em jogos muito pobres tecnicamente por parte do Grêmio.

Concorrência forte oferecem pouca perspectiva de aproveitamento para Ronald

Além disso, a concorrência no meio de campo do Grêmio é pesada. Villasanti e Pepê são os titulares desde a temporada passada, e no início deste ano a direção gremista contratou Dodi e Du Queiroz como reposições. Há também Edenílson, que chegou recentemente, e Carballo, que está recuperado de lesão no púbis e voltou a relacionado nos jogos anteriores às enchentes no Rio Grande do Sul. A direção gremista ainda teria sondado a contratação de Paulinho, do Corinthians, conforme a central de notícias Meu Timão.

O que dá alguma perspectiva de minutagem para Ronald no curto prazo é a convocação de Villasanti para defender a Seleção Paraguaia na Copa América. Por ter características de primeiro volante, o jovem jogador é uma das opções de substituto para o paraguaio. Mas Dodi, que fez bom jogo principalmente na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro, está à frente na hierarquia.

Mais do que eventual importância de Ronald no elenco, a renovação de contrato soa como precaução do Grêmio, e um argumento para futura negociação. Afinal, pela trajetória nas seleções brasileiras de base, muito mais do que pelo próprio Tricolor Gaúcho, Ronald é um potencial ativo do clube.

Ronald pelo profissional do Grêmio

  • 14 jogos (7 como titular)
  • 590 minutos
  • 1 gol
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo