Brasil

Edenilson no Grêmio é uma contratação com muitas nuances

Marcado por insucessos no Internacional, Edenilson está próximo de ser contratado pelo Grêmio

O Grêmio está próximo de sacramentar a contratação de Edenilson. A informação da negociação, inicialmente divulgada pelo jornalista João Batista Filho, foi confirmada pela Trivela. Trata-se de uma transferência com muitas nuances, tanto pela longa e acidentada trajetória que o meio-campista de 34 anos teve no Internacional, maior rival do Tricolor Gaúcho, quanto pelo contexto no qual ele se somaria ao elenco comandado por Renato Portaluppi.

Edenilson foi peça importante no processo de reconstrução de um Internacional que, rebaixado em 2016, voltou a ser competitivo no cenário nacional no ano seguinte. Titular absoluto, o meio-campista foi um dos principais jogadores do Colorado nas campanhas de terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 2018 e dos vice-campeonatos da Copa do Brasil de 2019 e do Brasileirão de 2020. O bom desempenho, inclusive, rendeu uma convocação para a Seleção Brasileira em 2021.

Porém, Edenilson ficou marcado justamente pelos insucessos em momentos decisivos para o Internacional. Na final da Copa do Brasil de 2019, levou caneta de Marcelo Cirino no lance que rendeu o gol que sacramentou a conquista inédita do Athletico-PR, em pleno Beira-Rio. No Brasileirão de 2020, tinha tudo para se tornar ídolo do clube ao marcar o gol do título que não vinha há 41 anos, mas o impedimento, por centímetros, contra o Corinthians, virou folclórico. Mais tarde, o meio-campista desperdiçou pênaltis em eliminações em casa para Olímpia, pela Libertadores de 2021, e Melgar, pela Copa Sul-Americana, de 2022.

A reta final da passagem de seis temporadas de Edenilson pelo Internacional foi melancólica. Marcado pela torcida, que o enxergava como personificação dos fracassos que afligia o Colorado ano após ano, ele deixou o clube no início de 2023, rumo ao Atlético-MG, que o contratou a partir de indicação de Eduardo Coudet, seu treinador no Inter em 2020. No Galo, com exceção de um bom momento na reta final da temporada passada, sob o comando de Felipão, o rendimento do meio-campista não foi dos melhores.

Onde Edenilson pode se encaixar no time do Grêmio?

Por conta disso, a provável contratação já gera críticas de parte da torcida do Grêmio. São traçados paralelos com outros jogadores experientes, em fase decadente da carreira, que vieram sob a batuta de Renato Portaluppi no passado e não deram certo. Foram os casos, por exemplo, de André ‘Balada’, Thiago Neves e Diego Tardelli, ainda na passagem anterior do treinador.

A partir da configuração atual do elenco do Grêmio, a iminente contratação pode ter dois sentidos. Na linha dos volantes, o Tricolor Gaúcho conta com Villasanti — que desfalcará a equipe durante a Copa América — e Pepê como titulares. Os reservas, Dodi e Du Queiroz, ainda não mostraram a que vieram, enquanto Carballo segue em recuperação de lesão no púbis e ainda não tem previsão de retorno. Edenilson, assim como Du Queiroz, serviria como segundo homem de meio de campo que trabalha de área à cara.

Mas Edenilson também pode atuar como meia pela direita, em função consagrada por Ramiro na passagem anterior de Renato pelo Grêmio. Seria uma opção para ter mais um homem no meio de campo, partindo do lado. Atualmente, para a beirada direita, o Tricolor conta com Pavón, um ponta agudo, e Galdino, meia-ponta canhoto, como principais alternativas.

Edenilson no Internacional (2017-2022)

  • 306 jogos
  • 48 gols
  • 32 assistências

Edenilson no Atlético-MG (2023-2024)

  • 60 jogos
  • 3 gols
  • 2 assistências
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo