Brasil

Quarteto do Cruzeiro é premiado em eleição de melhores jogadores do futebol mineiro

O lateral William, o zagueiro Luciano Castán e o volante Lucas Silva foram os atletas do Cruzeiro no Troféu Guará, enquanto Japa ganhou o prêmio de revelação

Apesar da temporada ruim do Cruzeiro em 2023, alguns jogadores do clube se destacaram individualmente e isso fez com que um quarteto aparecesse na lista de vencedores do Troféu Guará, eleição da imprensa local que premia os melhores nomes do esporte mineiro no ano. O lateral-direito William, o zagueiro Luciano Castán e o volante Lucas Silva foram os escolhidos do time celeste para a seleção da premiação, enquanto o garoto Japa, de 19 anos, foi eleito a revelação da temporada. A Trivela participou da votação.

Além de ver seu quarteto levantar alguns troféus, o Cruzeiro também foi premiado de forma coletiva em pelos seguintes títulos conquistados na temporada: Campeão Mineiro Feminino, Campeão da Superliga Masculina de Vôlei, Campeão Mineiro Sub-20 e Campeão da Copa do Brasil Sub-20.

O Cruzeiro utilizou suas redes sociais para parabenizar os premiados. “Nossos atletas receberam o Troféu Guará, prêmio tradicional da imprensa mineira. Japa venceu como revelação do ano, William como melhor lateral direito, Lucas Silva como melhor meia e Luciano Castán como melhor zagueiro. Parabéns pela temporada!”, escreveu o clube sobre os vencedores presentes no elenco principal.

Além disso, o Cruzeiro também exaltou as conquistas do sub-20: “Os #CriasDaToca também venceram dois troféus Guarás nesta noite, nas categorias Campeão Mineiro Sub-20 e Campeão da Copa do Brasil Sub-20. Uma grande temporada para a base celeste!”, publicou, na sequência.

O perfil do Cruzeiro Feminino também não ficou de fora e celebrou a grande temporada do clube: “#AsCabulosas venceram o Troféu Guará, prêmio tradicional da imprensa mineira, na categoria Campeão Mineiro Feminino 2023. Parabéns pela temporada, time. Vamos por mais!”.

Os premiados do Cruzeiro

William

Vindo de quase dois anos sem jogar por causa de recorrentes lesões, William, de 28 anos, foi contratado pelo Cruzeiro de forma gratuita, já que estava sem clube e, após receber cuidados especiais do Departamento de Saúde do clube, retornou aos seus melhores dias e foi um dos grandes nomes do time no ano. Foram 40 jogos na temporada, com um gol marcado e quatro assistências dadas. Mas além de números, o camisa 12 entregou consistência, liderança e mostrou ser um dos melhores da posição no futebol brasileiro. Teve seu contrato renovado com a Raposa.

Luciano Castán

Diferentemente de William, que tem passagens por Seleção Brasileira Olímpica e no futebol europeu, Luciano Castán chegou com pouco status ao Cruzeiro, desconhecido da maior parte da torcida. Com uma carreira modesta, esperava-se que o defensor fosse mais uma opção para compor elenco, mas ele tomou conta da posição e foi titular absoluto durante a temporada.

O rendimento do zagueiro caiu na reta final da competição, mas o saldo foi positivo. Apesar de ser uma grata surpresa no ano, o camisa 4, de 34 anos, deixou o clube para defender o Sport, que disputará a Série B do Brasileirão em 2024. Luciano Castán disputou 40 jogos pelo Cruzeiro e marcou um gol.

Lucas Silva

Ídolo da torcida do Cruzeiro, Lucas Silva voltou ao clube que o revelou para sua terceira passagem, após ficar três anos e meio no Grêmio. O camisa 16 chegou em momento difícil da temporada e conseguiu, com ótimas atuações, melhorar o time celeste, que vinha sofrendo com os maus resultados. No fim da temporada, o rendimento do volante caiu, mas sua participação foi importantíssima na luta contra o rebaixamento. Em 2023, Lucas disputou 20 jogos pela Raposa, dando duas assistências.

Japa

Não foi por acaso que o meio-campista Japa levou o prêmio de revelação do futebol mineiro em 2023. O jogador de 19 anos subiu ao profissional do Cruzeiro em outubro, após o título celeste na Copa do Brasil sub-20, e rapidamente caiu nas graças do torcedor. Já na sua estreia no profissional, no clássico contra o Atlético-MG, o camisa 77 teve grande atuação e foi bastante elogiado.

Aos poucos, o garoto foi ganhando seu espaço e terminou a temporada como titular e destaque da equipe. Foram sete partidas disputadas, sem participação direta em gols. Espera-se que no ano de 2024, o Japa ganhe ainda mais oportunidades e se firme no time principal.

Seleção Troféu Guará 2023

  • Goleiro: Everson (Atlético);
  • Lateral-direito: William (Cruzeiro);
  • Zagueiros: Maurício Lemos (Atlético) e Luciano Castán (Cruzeiro);
  • Lateral-esquerdo: Guilherme Arana (Atlético);
  • Meio-campistas: Battaglia (Atlético), Lucas Silva (Cruzeiro), Benítez (América) e Zaracho (Atlético);
  • Atacantes: Paulinho (Atlético) e Hulk (Atlético);
  • Técnico: Luiz Felipe Scolari (Atlético).

Outras premiações

  • Artilheiro: Paulinho (Atlético): 31 gols;
  • Revelação: Japa (Cruzeiro);
  • Craque do ano: Paulinho (Atlético);
  • Dirigente do ano: Rodrigo Caetano (Atlético);
  • Árbitro do ano: Paulo Cesar Zanovelli da Silva;
  • Campeão Mineiro 2023: Atlético;
  • Campeão Mineiro Feminino 2023: Cruzeiro;
  • Campeão da Superliga Masculina de Vôlei: Cruzeiro;
  • Campeão da Superliga Feminina de Vôlei: Praia Clube;
  • Campeão Mineiro Sub-20: Cruzeiro;
  • Campeão da Copa do Brasil Sub-20: Cruzeiro.
Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo