Brasil

Lesão de André Henrique é mais um sintoma de um problema crônico no Grêmio

Nos últimos anos, vários jogadores gremistas sofreram com sucessivas lesões

Perto de voltar a jogar após se recuperar de uma lesão que atingiu os ligamentos no tornozelo direito, sofrida há três meses, André Henrique novamente é baixa no Grêmio.

No treinamento de quinta-feira (27), o atacante de 22 anos relatou desconforto na coxa esquerda. Após passar por ressonância magnética, teve diagnosticada lesão grau 3-C no músculo reto-femoral.

Diego Costa e Soteldo vítimas do mesmo problema

Curiosamente, este tipo de lesão multiligamentar é mesma sofrida por Soteldo, na vitória por 1 a 0 sobre o Juventude, pelo Campeonato Gaúcho, no final de janeiro, e Diego Costa, no empate em 1 a 1 com o Estudiantes, no último dia 8, pela Libertadores.

Mais do que isso, a situação de André Henrique escancara um problema crônico do Grêmio, de jogadores que sofrem sucessivas lesões, sejam elas recidivas (quanto é no mesmo local) ou não.

Essa ‘maldição' no Grêmio iniciou com o famoso caso do zagueiro Gabriel, que teve a carreira interrompida devido a erro médico em cirurgia no joelho, em 2013.

Zagueiro Gabriel, do Grêmio, com a taça da Copa do Brasil de 2016
Gabriel foi homenageado pelos companheiros na conquista do título da Copa do Brasil, em 2016. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Mais recentemente, em menor escala, outros atletas gremistas sofreram com dificuldades parecidas. Por isso, a Trivela relembra alguns deles.

Leonardo Gomes

Depois de romper ligamentos do joelho na semifinal da Copa do Brasil de 2019, contra o Athletico-PR, no gramado sintético da Arena da Baixada, em Curitiba, Leonardo Gomes passou por duas cirurgias no local. Posteriormente, sofreu duas lesões musculares.

Leonardo Gomes comemora gol pelo Grêmio
Leonardo Gomes comemora gol pelo Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O lateral direito voltou a atuar pelo time principal do Grêmio após mais de três anos, no final de setembro de 2022, mas não teve o contrato renovado para a temporada seguinte. Depois de curta passagem pelo Atlético-GO, em 2023, atualmente se encontra sem clube.

Jhonata Robert

Em três anos, Jhonata Robert passou por quatro procedimentos cirúrgicos no joelho esquerdo. Em 2022 e 2024, voltou a se lesionar logo no segundo jogo pelo time profissional após o retorno.

Jhonata Robert é consolado pelos companheiros do Grêmio após sofrer mais uma lesão. Foto: Maxi Franzoi/Grêmio FBPA

O meia-atacante voltou a treinar com o elenco do Grêmio nesta sexta-feira (28). Entretanto, o técnico Renato Portaluppi deve ter muita cautela para voltar a utilizá-lo, justamente pelo histórico.

Kannemann

Com a raça que lhe é peculiar, Kannemann jogou a reta final do Campeonato Brasileiro de 2021, em que o Grêmio foi rebaixado, com dores no quadril. Depois de passar por cirurgia, o zagueiro argentino voltou a atuar em junho de 2022.

Kannemann em treinamento do Grêmio. Foto: Luis Eduardo Muniz/Grêmio FBPA

Porém, depois de quatro partidas na Série B daquele ano, Kannemann voltou a sentir desconforto na região, e ficou três meses e meio sem jogar. À época, isso gerou discussão sobre o custo-benefício de uma renovação de contrato.

Geromel

Eterno parceiro de zaga de Kannemann, Geromel também viveu um drama em 2023. A recuperação de uma lesão no menisco do joelho esquerdo, sofrida ainda na pré-temporada, durou muito mais do que os três meses inicialmente previstos após a descoberta de um edema ósseo.

Geromel jogou apenas sete vezes em 2023. Foto: IconSport

O experiente zagueiro estreou na temporada apenas em agosto, na vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Mas atuou por apenas 45 minutos, quando sofreu lesão de grau 1 no músculo bíceps-femoral da coxa esquerda.

Cuiabano

Formado nas categorias de base do Grêmio, Cuiabano teve a trajetória no profissional do clube prejudicada por lesões muscular. No início de 2024, por exemplo, ele sofreu duas lesões no músculo posterior da coxa esquerda — a segunda justamente no jogo em que retornou da primeira, na vitória por 1 a 0 sobre o Avenida, pelo Campeonato Gaúcho, no dia 3 de fevereiro.

Cuiabano em campo pelo Grêmio
Cuiabano sofreu com lesões musculares no Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Vendido para o Botafogo em abril, atualmente o lateral esquerdo vive bom momento. Inclusive, marcou gol contra o próprio Grêmio, na vitória por 2 a 1 do Alvinegro Carioca, no último dia 16, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo