Brasil

Como estão as situações de Nino e André, que devem ter destino longe do Fluminense?

Já certos de que serão negociados pelo Fluminense, André e Nino ainda não tem acertos com outros clubes

Desde antes de saber que iria conquistar a Copa Libertadores, o Fluminense já sabia que perderia a dupla Nino e André, também da Seleção Brasileira. O Tricolor chegou a um acordo com a dupla para que eles terminassem o ano no clube, disputando assim o Mundial de Clubes, negociando eles na sequência. Com a janela europeia aberta no dia 1° de janeiro, o momento de se despedir dos dois está cada vez mais perto, apesar de ainda não haver acerto com outros clubes.

O volante André é um dos maiores destaques não só do Fluminense como do futebol brasileiro em 2023, não à toa chegou na Seleção Brasileira. O Flu precisou convencê-lo a ficar até o final da temporada, já que ele atraiu interesse dos europeus no meio do último ano. O resultado foi uma valorização enorme para ele e para o clube, com ambos saindo ganhando. Agora, ele aguarda um acerto, e a Premier League parece o destino.

Apesar da imprensa inglesa ter noticiado um acerto verbal entre André e o Fulham, a Trivela apurou que ainda não há nada certo entre as partes. Além do alvinegro londrino, o volante também atrai interesse de West Ham e Manchester United. O Liverpool, que fez proposta por ele na metade do último ano, contratou outros meias e esfriou o interesse no jogador. Em resumo, apesar dos muito interessados, não há ainda nada de concreto para a saída do atleta de Xerém, mas esse cenário não deve demorar a mudar.

Nino é outro que deve se despedir do Flu

Outro jogador de enorme destaque no Fluminense e no futebol brasileiro é o zagueiro Nino. O defensor de 26 anos tem um acordo com o Flu para sair com algum time europeu pagando sua multa rescisória, de 7 milhões de euros (R$ 37,6 milhões na cotação atual). O Nottingham Forest sinalizou que faria o pagamento. Outro clube que demonstrou interesse em contar com o defensor foi o Eintracht Frankfurt, da Alemanha. O Zenit, da Rússia, também tem interesse no zagueiro, que negou sondagens do leste europeu no passado e prefere as principais ligas do velho continente.

Capitão que levantou a taça da Libertadores, Nino tem sua saída mais próxima do que André no momento, mas também não há nenhum acerto encaminhado com nenhum dos clubes citados, mesmo com a preferência dele pelo Forest, já que sempre sonhou em jogar a Premier League.

Fluminense já se movimenta para repor saídas

Ciente das saídas, o Fluminense já iniciou seus movimentos no mercado. Na defesa, o clube já anunciou a contratação de Antônio Carlos, que estava no Orlando City, da MLS. Para o meio, Renato Augusto está acertado, apesar de ainda não anunciado, e o time também já trabalha com reposições para André direto de Xerém. Mas o clube não vai parar por aí e mais negócios serão feitos ao longo dessa primeira janela de transferências. O objetivo do Flu é contratar ao menos mais um zagueiro, dois jogadores para o meio-campo e um atacante versátil para o elenco. Esses serão os focos da equipe no mercado da bola, mas o Fluminense estará de olho em oportunidades.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo