Brasileirão Série A

Como Zubeldía foi da treta com Muricy a contratado pelo São Paulo em três meses

Técnico argentino tem acerto com o São Paulo e assinará contrato até o final de 2025

Era janeiro de 2024, e Dorival Júnior acabava de deixar o São Paulo para assumir a seleção brasileira. A diretoria trabalhava com urgência para buscar um substituto para o técnico campeão da Copa do Brasil, quando surgiu o nome de Luis Zubeldía. À época, o clube conduzia um longo processo de entrevistas com candidatos para assumir o cargo e queria conhecer melhor o trabalho do então treinador da LDU.

A resposta do argentino foi lacônica: só aceitaria conversar após ouvir primeiro o que o Tricolor estaria disposto a oferecer. O São Paulo seguiu sua vida e fechou a contratação de Thiago Carpini. Mas foi difícil de esquecer a postura de Zubeldía, especialmente para o coordenador técnico Muricy Ramalho. Revoltado, o ídolo chegou a expor o episódio em uma entrevista dias mais tarde.

— Esse não entrevistamos, ele marcou, depois não queria conversar, foi muito rápido. Muita pose, pode ser daqui a dois dias, daqui a três dias, e a gente louco no mercado para trazer um treinador… Você vai desculpar, aqui é São Paulo, meu filho. Não, “vou conversar com você amanhã”. Mas pelo menos conversar, não é aceitar ou não, a gente queria saber como o cara é. “Hoje não vai dar, amanhã não vai dar”. E a gente louco no mercado. Ele todo dia isso — disse Muricy à época, em entrevista à CNN.

Apenas três meses mais tarde, Thiago Carpini foi demitido pelo São Paulo, e Luis Zubeldía voltou à pauta da diretoria. Dessa vez, com um desfecho bem diferente do anterior. O clube chegou a um acordo com o argentino na noite da última quinta-feira (18) — mesmo dia da oficialização da saída de seu antecessor.

Mas o que mudou em três meses?

A receptividade do treinador, desta vez, foi diferente. Zubeldía aceitou seguir os trâmites do clube. Livre no mercado, o técnico topou passar pelo processo de entrevista antes de ouvir a proposta, como de fato ocorreu. A diretoria gostou do que ouviu do comandante e apresentou uma proposta ao final da conversa realizada por videoconferência na última quinta-feira (18). O acordo foi praticamente imediato.

O técnico é esperado no Brasil até este sábado (20) para assinar contrato com o Tricolor até o final de 2025. O auxiliar Milton Cruz deve ser o responsável por comandar a equipe contra o Atlético-GO neste domingo (21), às 18h30 (horário de Brasília), no Antônio Accioly.

Zubeldía comandou a LDU para eliminar o São Paulo em 2023 (Divulgação/LDU)

Zubeldía já foi algoz do São Paulo

O argentino desembarca no Brasil com status de algoz do São Paulo. E em mais de uma oportunidade. Apesar de ser jovem, com apenas 43 anos, Zubeldía já tem 16 anos de carreira. Comandou seu primeiro trabalho aos 27 anos. E neste meio-tempo, eliminou o Tricolor duas vezes em disputas na Copa Sul-Americana.

A primeira delas foi em 2020, pelo Lanús, da Argentina. As duas equipes se cruzaram na segunda fase da competição, e os argentinos saíram com uma classificação épica no MorumBIS. Após vencer o jogo de ida por 3 a 2 em La Fortaleza, os hermanos arrancaram uma derrota por 4 a 3 em São Paulo e avançaram pelo critério do gol marcado fora de casa.

A segunda vez é bem mais recente, pela LDU no ano passado. A equipe equatoriana eliminou o Tricolor nas quartas de final da Copa Sul-Americana, com uma vitória nos pênaltis no MorumBIS — James Rodríguez, inclusive, desperdiçou sua cobrança. O time avançou até a final e foi campeã ao bater o Fortaleza na grande decisão.

Os próximos jogos do São Paulo

  • Atlético-GO x São Paulo — Brasileirão — domingo, 21 de abril, às 18h30 (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)
  • Barcelona-EQU x São Paulo — Libertadores — quinta-feira, 25 de abril, às 21h (horário de Brasília) — Transmissão: ESPN (TV fechada)
  • São Paulo x Palmeiras — Brasileirão — segunda-feira, 29 de abril, às 20h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo