Brasileirão Série A

Zubeldía persegue recorde de Dorival no São Paulo e pode afundar Corinthians de vez

Técnico estreia no Majestoso em partida que pode fazê-lo igualar marca de Dorival em 2023

Em janeiro, o São Paulo foi a Itaquera para fazer história ao quebrar o tabu de nunca ter vencido o Corinthians em sua nova casa.

Cinco meses mais tarde, o Tricolor retorna à Neo Química Arena neste domingo (16), às 16h (horário de Brasília), para o seu primeiro Majestoso sob o comando de Luis Zubeldía.

À beira do campo, o argentino também tem a chance de escrever história à parte pelo clube. O treinador pode igualar um recorde que pertence a Dorival Júnior no comando do São Paulo.

Um São Paulo consciente do que precisava fazer quebrou o tabu ao vencer o Corinthians em Itaquera – Foto: Iconsport

Em 2023, o hoje técnico da seleção brasileira iniciou sua trajetória pelo Tricolor com uma arrancada de 12 jogos de invencibilidade. Trata-se do melhor início de trabalho de um treinador pelo clube no século 21, quando o assunto é a sequência de partidas invictas.

Luis Zubeldía pelo São Paulo

  • 11 jogos
  • 8 vitórias
  • 3 empates
  • 19 gols feitos
  • 4 gols sofridos
  • 81,8% de aproveitamento

Zubeldía pode repetir esta marca neste domingo (16) e com números idênticos ou ainda melhores. O argentino soma 81,8% de aproveitamento em 11 jogos. Dorival fez um total de 73,3% de aproveitamento, com oito vitórias e quatro empates.

Vale lembrar, aliás, que o São Paulo já vive uma sequência de 12 partidas de invencibilidade — a maior do país. Mas o primeiro desses jogos, a vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, foi sob o comando interino de Milton Cruz.

Zubeldía minimiza crise severa no Corinthians

O São Paulo invicto com Zubeldía terá pela frente um Corinthians que enfrenta uma severa crise institucional. O clube, por exemplo, acaba de perder a sua patrocinadora máster, a Vai de Bet, por conta de denúncias de envolvimento de um suposto laranja na negociação, feitas pelo jornalista Juca Kfouri.

E todo esse ambiente conturbado se reflete no campo e não apenas pela saída iminente de Carlos Miguel para o futebol inglês, fruto de uma má gestão de contratos da diretoria. O Corinthians hoje se vê nas cercanias do Z4, a um ponto da zona de rebaixamento.

Com uma vitória em Itaquera, o São Paulo pode empurrar o rival para as quatro últimas posições da tabela. Todo este contexto, porém, é minimizado por Zubeldía.

— Clássicos não dependem de como vem cada um, assim eu imagino que o Corinthians tem bons jogadores e vão tratar de fazer o melhor como locais. Mas nós temos que seguir o caminho de ser uma equipe séria, que cria oportunidades de gol e que cuide de diferentes situações da partida — afirma Zubeldía.

Zubeldía já alcançou marca de quase 40 anos

Enquanto persegue o recorde de Dorival, Zubeldía já pode se orgulhar de uma marca emblemática pelo clube. Na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, o argentino se tornou o técnico com o melhor início de trabalho pelo São Paulo desde Pepe, em 1986, que conseguiu nove vitórias e um empate em seus dez primeiros jogos

Os próximos três jogos do São Paulo

  • Corinthians x São Paulo — Brasileirão — domingo, 16 de junho, às 16h (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Premiere (TV por assinatura);
  • São Paulo x Cuiabá — Brasileirão — quarta-feira, 19 de junho, às 20h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura);
  • Vasco x São Paulo — Brasileirão — sábado, 22 de junho, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: SporTV (TV fechada) e Premiere (TV por assinatura).
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo