Brasileirão Série A

Mano muda de lado um ano depois de confronto que foi determinante para sua saída do Internacional

Derrota por 2 a 0 para o Fluminense, em julho de 2023, foi decisiva para demissão do então treinador colorado, que estreia justamente contra o ex-clube

9 de julho de 2023. Há quase um ano, com gols de Cano e Martinelli, o Fluminense vencia o Internacional por 2 a 0, no Maracanã, pela 14ª rodada de Campeonato Brasileiro.

A partida marcou a estreia de Enner Valencia pelo Inter. Nos 45 minutos em que esteve em campo, o equatoriano foi escalado por Mano Menezes, então técnico colorado, como falso ponta direita, e teve atuação apagada.

Isso, aliado à inofensividade do Inter diante do time de Fernando Diniz, fez aumentar a pressão sobre Mano. Após empate por 0 a 0 com o Palmeiras, na rodada seguinte, o treinador gaúcho foi demitido.

Nesta quinta-feira (4), às 20h, Mano estreia no comando do Fluminense, como sucessor de Diniz, justamente contra o Inter de Eduardo Coudet, seu substituto no Colorado.

Muita coisa aconteceu de um ano para cá. Fluminense e Inter fizeram uma semifinal de Libertadores — melhor para o Tricolor Carioca –, e Mano teve passagem turbulenta pelo Corinthians.

Mano demonstrou mágoa e alfinetou o Inter após demissão

Logo em sua chegada no Timão, Mano revelou mágoa com a saída do Inter, após um mês e quatro meses de trabalho. O argumento era de que não lhe deram tempo para usufruir das badaladas contratações da metade de 2023: Rochet, Aránguiz e Enner Valencia.

— Passamos um primeiro semestre esperando a janela, para você poder não contratar quantidade, contratar qualidade. Me expus, deixei meu nome lá, sendo desgastado, tomando pancada para caramba no primeiro semestre. Na janela do meio do ano chegaram três jogadores de seleção, indiscutíveis, e isso se reflete no trabalho. Para quem saiu, é ruim — disparou.

Posteriormente, quando o Corinthians ultrapassou, momentaneamente, o Inter na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, Mano voltou a alfinetar o ex-clube.

— Tinha gente olhando para cima, falando em Libertadores, e já está abaixo da gente. Então tem que se cuidar, o futebol ensina muito a gente — cutucou.

Porém, o Corinthians de Mano terminou o Brasileirão abaixo do Inter de Coudet, e perdeu o confronto direto, na penúltima rodada, por 2 a 1, na Neo Química Arena, em São Paulo.

Mano tem o desafio de recuperar o Fluminense e a própria carreira

Mano foi demitido do Corinthians em fevereiro deste ano, após quatro derrotas consecutivas no Campeonato Paulista. Agora, busca retomada na carreira no Fluminense.

Porém, não será tarefa fácil. O Fluminense é lanterna do Campeonato Brasileiro, com seis pontos em 13 jogos. Além disso, o peculiar estilo de jogo de Fernando Diniz está impregnado no elenco, e Mano, que tem filosofia completamente distinta, deve tentar desfazê-lo.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo