Brasileirão Série A

Cruzeiro e Fluminense fazem clássico dos desfalques pelo Brasileirão

Mineiros contam com retornos, mas terão cinco desfalques para enfrentar os cariocas, que somam nove ausências e ainda podem perder Fábio

O Mineirão será palco do clássico interestadual entre Cruzeiro e Fluminense. Ao menos o que sobrou dos dois times, que se enfrentam às 21h30 (de Brasília), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, com muitos desfalques de lado a lado.

O time celeste ocupa a oitava colocação na competição, com 14 pontos em oito jogos, uma partida a menos que todos os clubes à sua frente na tabela. Mas não terá vários jogadores para a partida, assim como o Tricolor, atual campeão da Copa Libertadores, mas que vive momento muito ruim, na 19ª colocação do Brasileirão, com apenas seis pontos em nove jogos.

O Fluminense tem apenas uma vitória no Brasileirão, conquistada no dia 20 de abril, há quase dois meses, quando venceu o rival Vasco, adversário que empatou com o Cruzeiro na última rodada.

Cruzeiro perde dupla, mas terá volta de Matheus Pereira e trio

Além dos desfalques já conhecidos — Juan Dinenno, Mateus Vital e Álvaro Barreal —, o Cruzeiro perdeu mais dois titulares para a partida contra o Fluminense.

Um deles, o atacante Rafa Silva, sofreu lesão muscular na coxa direita e irá perder alguns jogos. O tratamento será conservador, ou seja, sem a necessidade de cirurgia. Já Lucas Romero, por sua vez, vinha jogando no sacrifício. O camisa 29 apresentou desgaste muscular na panturrilha esquerda e por isso precisará de mais dias para recuperação completa antes de retornar às partidas.

Mas se deve sofrer com desfalques por um lado, por outro, Fernando Seabra receberá reforços. Matheus Pereira, suspenso contra o Vasco, volta ao time titular. O retorno do camisa 10 é uma grande notícia para o Cruzeiro. Matheus é o grande destaque do clube no ano e acertou sua permanência na Raposa até 2026 nessa segunda-feira (17).

Os pontas Arthur Gomes — que perdeu os últimos jogos da Raposa —, Rafael Bilu — que não joga há mais de um ano —, e o jovem volante Jhosefer, recuperado de lesão, foram relacionados e serão opções.

Fluminense chega muito desfalcado e com Diniz pressionado

A péssima campanha do Fluminense no Campeonato Brasileiro gera muitos questionamentos ao trabalho do treinador Fernando Diniz e uma eventual derrota para o Cruzeiro o fará balançar no cargo. Mas para melhorar a situação do clube no Brasileirão, o treinador terá que superar o momento ruim e uma série de desfalques.

Fernando Diniz não poderá contar com Guga, Felipe Melo e Ganso, suspensos, e André, ainda se recuperando de lesão. Manoel, que sentiu problema físico, é outra baixa, assim como Marcelo, Isaac e Samuel Xavier. Jhon Árias, na Seleção Colombiana, também está fora.

Sem praticamente toda a espinha dorsal do time que conquistou a Libertadores em 2023, o Flu não terá vida fácil no Mineirão. O retrospecto recente, entretanto, é bom. O Tricolor não perde para o Cruzeiro desde 2018. São cinco vitórias e três empates nas oito partidas do período. Até como visitante o histórico é positivo, com 17 vitórias para cada lado e nove empates.

Fábio é dúvida para reencontro com a torcida celeste

Mas como se não bastassem todos os problemas do Fluminense, um dos pilares do time se tornou dúvida para o jogo contra o Cruzeiro: o goleiro Fábio. Conforme apurou a Trivela, Fábio, ídolo dos dois clubes envolvidos na partida, sentiu um mal-estar durante treino no CT Carlos Castilho e não viajou com o elenco para Belo Horizonte.

No Rio de Janeiro, ele passou por exames para descartar doenças como dengue, coronavírus e gripe. Sem mais sintomas, o veterano é dúvida para a partida. A importância de Fábio para o Fluminense é enorme. Tanto que o clube deixou membros do departamento médico avisados e monitora os sintomas do goleiro. Caso evolua o quadro, ele pode viajar para Belo Horizonte nesta quarta-feira (19), pela manhã.

Fábio pegou pênalti em último confronto com o Cruzeiro em Belo Horizonte - Foto: Icon sport
Fábio pegou pênalti em último confronto com o Cruzeiro em Belo Horizonte – Foto: Icon sport

Fernando Diniz prometeu uma reformulação, e deve mesmo mexer no Fluminense que enfrenta o Cruzeiro. O técnico está insatisfeito com as atuações da equipe e promoverá mudanças em todos os setores.

Alguns jogadores que vinham atuando podem ser cortados da relação.

Escalação do Cruzeiro

Pensando nos desfalques e reforços do Cruzeiro, Fernando Seabra deve manter o criticado Ramiro no time titular, desta vez, substituindo Lucas Romero. Sem nenhum outro centroavante disponível, o garoto Arthur Viana, de 20 anos, tem grandes chances de comandar o ataque.

Gabriel Veron, que vive mau momento, briga com Robert por uma vaga no time titular, caso Arthur Gomes tenha condições de iniciar jogando. Caso o camisa 11 seja opção apenas para o segundo tempo, a dupla de pontas deve se manter.

 

Ainda há a possibilidade de um esquema com três volantes, o que tiraria um dos extremos do jogo. Garotos como Japa e Vitinho correm por fora na briga por uma vaga no time que inicia a partida. João Pedro não foi relacionado.

O Cruzeiro deve entrar em campo com:

  • Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Ramiro e Lucas Silva; Gabriel Veron, Matheus Pereira e Robert (Arthur Gomes); Arthur Viana.

Escalação do Fluminense

Com nove desfalques e em má fase, o técnico Fernando Diniz promoverá muitas mudanças no Fluminense. Alguns dos problemas foram de última hora, e por isso, o Tricolor entrará em campo com uma escalação que treinou pouco na última semana.

Martinelli, que retorna de suspensão, volta ao meio-campo, que também terá Renato Augusto, substituto de Ganso, fora pelo terceiro cartão amarelo. Na defesa, a ideia era preservar Marlon, que falhou contra o Atlético-GO. Sem Felipe Melo e Manoel, entretanto, ele vai para o jogo e terá Thiago Santos como parceiro de zaga.

Não chega a ser uma novidade, mas Marquinhos atuará como lateral-direito mais uma vez. Na esquerda, Diogo Barbosa substitui Marcelo, que sofre com dores na panturrilha.

Se Fábio não tiver condições de jogo, Diniz escalará Felipe Alves no gol. Os dois reservas viajaram, e Vitor Eudes é a outra opção.

No ataque, Douglas Costa, Keno e John Kennedy brigam por duas vagas ao lado de Germán Cano.

O Fluminense deve entrar em campo com:

  • Fábio (Felipe Alves), Marquinhos, Marlon, Thiago Santos e Diogo Barbosa; Martinelli, Lima e Renato Augusto; Douglas Costa (Keno), John Kennedy e Cano.
Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo