Brasileirão Série A

Corinthians terá 12 finais pós data-Fifa no Brasileirão para se afastar de vez da zona de rebaixamento

Corinthians segue na mesma situação que há um mês atrás, ultima vez em que o Brasileirão foi paralisado para uma data-Fifa

Essa foi a segunda data Fifa da temporada de 2023, mas a primeira do Corinthians sob o comando de Mano Menezes, e apesar da mudança de treinador, a situação do Timão no Campeonato Brasileiro, porém, segue a mesma. Em setembro, o time ocupava a 14ª colocação na tabela, e somava 26 pontos, quatro atrás do primeiro colocado da zona de rebaixamento. Um mês depois, nada mudou. O alvinegro segue na mesma colocação, na distância da zona de perigo, agora encabeçada pelo Vasco.

Entre uma parada e outra, o Corinthians teve quatro jogos, duas derrotas, um empate e apenas uma vitória, ou seja, quatro pontos conquistados. O foco principal do time era a Copa Sul-Americana, onde buscava uma vaga na final da competição. Agora eliminado, o Corinthians não só vai ter apenas uma final, mas 12, já que os últimos jogos do Campeonato Brasileiro são mais que decisivos e o clube precisa de uma reação. 

Há duas semanas no comando do Corinthians, Mano chegou sabendo das dificuldades e da situação do time principalmente dentro do Brasileirão. Acostumado a ‘apagar incêndios' no Parque São Jorge, ele avaliou o nível do desafio na reta final do torneio. 

— Falamos que íamos trabalhar bastante e que era necessário fazer isso. Vamos estar mais preparados para competir no que acredito que seja a necessidade no Brasileirão. Não se pode deixar de competir nunca, jogos muito parelhos, detalhezinhos pra lá e pra cá.

Os 12 desafios do Corinthians pós-data Fifa

A sequência de jogos pós-data Fifa não é tão complicada quanto a de outubro, quando o Corinthians, enfrentou São Paulo, Botafogo, Flamengo, e o Fortaleza duas vezes. Agora o Timão tem pela frente partidas que vão decidir como será a próxima temporada do clube. São seis jogos fora de casa, e seis na Neo Química Arena, diante da torcida, que pode ser o gatilho que falta para a reação.

O primeiro, e mais complicado jogo do retorno ao Brasileirão, será contra o Fluminense, na quinta-feira (19), às 21h30, no Maracanã. Essa vai ser a oportunidade do torcedor conferir se, de fato, os dias livres fizeram diferença para o novo Corinthians de Mano Menezes. Na sequência, o time encara o América-MG, na Neo Química Arena, no domingo (22). Apesar das dificuldades, os principais jogos do Timão serão jogados em casa, veja a sequência:

  • Fluminense (19/10) – Maracanã
  • América-MG (22/10) – Neo Química Arena
  • Cuiabá (25/10) – Arena Pantanal
  • Santos (29/10) – Neo Química Arena
  • Athletico-PR (01/11) – Neo Química Arena
  • Red Bull Bragantino (05/11) – Nabi Abi Chedid
  • Atlético-MG (08/11) – Neo Química Arena

Depois desses sete jogos, o Campeonato Brasileiro para mais uma vez, de 13 a 21 de novembro, para última data Fifa do ano, e ao término dela, o Corinthians fecha sua participação no Brasileirão com os cinco adversários abaixo. Vale lembrar que a data dos jogos ainda não foi marcada.

  • Grêmio – Arena do Grêmio
  • Bahia – Neo Química Arena
  • Vasco – São Januário
  • Internacional – Neo Química Arena
  • Coritiba – Couto Pereira

Como foram os treinamentos do Corinthians na pausa do Brasileirão

São quase 11 dias livres de compromissos, tempo precioso para Mano Menezes para testar novas peças e focar somente nos treinamentos e ajustes necessários dentro do time. E apesar do pouco tempo de trabalho, pequenas mudanças, ainda que tímidas, já puderam ser vistas na partida diante do Flamengo, Apesar da derrota, a equipe agradou o treinador. 

– Não saio satisfeito com o resultado, mas com o comportamento da equipe. Estivemos bem melhor posicionados na defesa, contra uma equipe com muita qualidade, com movimentações boas. Minha equipe se comportou melhor e ofereceu menos oportunidades, a partir dai você vai sofrendo menos. É uma série de coisas para melhorar, mas o caminho é esse – disse Mano.

E foi em cima do posicionamento tático, tanto defensivo, quanto ofensivo que Mano trabalhou nos últimos dias, cobrando uma postura diferenciada de alguns atletas e dando oportunidade para alguns que estavam escanteados dentro do elenco, mas que podem ser a virada de chave que o treinador busca para as partidas de agora em diante.

– Colocamos algumas prioridades para esse grupo, porque não pode fazer tudo de uma vez. E o que fizemos especificamente nessa semana até agora foi passar para os jogadores, padrão de comportamento, movimentos importantes da parte ofensiva e defensiva. O que fizemos agora foi dar condicionamento técnico e tático para essa equipe dentro do que queremos fazer.”

 

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância, paixão que se tornou profissão. Além do futebol me mantenho por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhei como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo